Aniano de Alexandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santo Aniano de Alexandria
Santo Aniano consertando a sandália de São Marcos.
Fragmento de uma peça de altar, por Arnau Bassa, na Igreja de Santa Maria em Manresa, na Catalunha.
Patriarca de Alexandria
Nascimento  ? em Alexandria, Egito
Morte ca. 82-85 d.C. em Alexandria, Egito
Veneração por toda Cristandade
Festa litúrgica 25 de abril na Igreja Ortodoxa Copta e na Igreja Católica Romana[1]
Padroeiro sapateiros[1]
Gloriole.svg Portal dos Santos

Aniano de Alexandria foi Patriarca de Alexandria entre 68 e 82 d.C. Ele foi ordenado como o sucessor de São Marcos e foi também o primeiro convertido para o Cristianismo na região.[2]

São Marcos[editar | editar código-fonte]

Marcos estava entrando em Rakotis, um subúrbio de Alexandria, após ter chegado de sua viagem de Cirene, na Pentápolis líbia, quando a tira de sua sandália se soltou. Ele encontrou um sapateiro, Aniano, disposto a consertá-la. Enquanto ele trabalhava na sandália, a furadora de sapateiro escorregou em suas mãos e acabou por machucá-la. Aniana gritou "Heis ho Theos" ("Deus é um") de dor e Marcos logo aproveitou a oportunidade para pregar-lhe o cristianismo, ao mesmo tempo que, conta a tradição, ele curou milagrosamente as mãos de Aniano.[2]

Como é que Aniano já era um monoteísta em Alexandria naqueles dias é uma conjectura. Alguns sugeriram que ele era um judeu ou, talvez, um nativo pagão que já estava sob influência da rica comunidade judaica e aprendera suas crenças monoteístas ali.[2] Outros defendem que Aniano era um nobre, embora isso pareça contradizer a documentação disponível.[2]

Qualquer que seja a resposta, Marcos foi convidado a ir à casa de Aniano, onde ele ensinou o cristianismo para a família dele e os batizou. Uma grande quantidade de pessoas foram então rapidamente convertidas por Marcus e seus seguidores, incitando os habitantes locais que não se converteram a defender seus deuses tradicionais frente à nova fé.[2]

Ordenação de Aniano[editar | editar código-fonte]

A cura de Aniano.
Por Cima da Conegliano, atualmente no Staatliche Museen, em Berlim.

Marcos, o estrangeiro, decidiu que seria melhor se ele deixasse a região por um tempo. Ele ordenou Aniano bispo em sua ausência. Ele também ordenou três presbíteros e sete diáconos na mesma ocasião, dando ao grupo a missão de vigiar a nascente Igreja de Alexandria na sua ausência.[2]

Marcos ficou fora por dois anos, durante os quais acredita-se que ele tenha ido à Roma, Aquileia e andado pela Pentápolis, pregando, realizando milagres e convertendo gente em cada lugar que passava. Na sua volta, ele viu que a Igreja tinha crescido significativamente e que eles já seria capazes de construir a primeira igreja para eles em Bucalis, na costa leste do porto de Alexandria, também conhecido como o Portus Magnus da dinastia ptolemaica.[2]

Após o martírio de Marcos no dia 30 de baramudah, Aniano se tornou o Patriarca da Igreja em Alexandria. Ele permaneceria nesta posição por dezessete anos e meio. Durante todo este tempo, o número de cristãos na área cresceu significativamente e Aniano ordenou novos padres e diáconos para a igreja crescente. A extensão da evangelização que eles realizaram é desconhecida, embora acredite-se que ela tenha ocorrido, pelo menos em alguma medida, de forma clandestina, dada a hostilidade da população local para com a nova fé. Ariano morreu na cama e foi enterrado ao lado de Marcos na igreja em Bucalis.[2]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

É assunto de disputa se Aniano foi o primeiro ou o segundo Patriarca de Alexandria. A Igreja Católica Romana defende que ele foi o primeiro. A Igreja Ortodoxa Copta de Alexandria defende que Marcos foi o primeiro, fazendo de Aniano o segundo.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Aniano de Alexandria
(68 - 82)
Precedido por: Gold Christian cross.svg
Lista dos patriarcas / papas de Alexandria
Sucedido por:
Marcos, o Evangelista 2.º Abílio

Referências

  1. a b Holweck, F. G. A Biographical Dictionary of the Saints (em inglês). St. Louis, MO: B. Herder Book Co., 1924.
  2. a b c d e f g h i Atiya, Aziz S. The Coptic Encyclopedia (em inglês). New York: Macmillan Publishing Company, 1991. ISBN 0-02-897025-X

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Anianos (62-82). Site oficial do Patriarcado Ortodoxo Grego de Alexandria e toda a África.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aniano de Alexandria