BSD Daemon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Desenho a mão livre do Daemon BSD que respeita as diretrizes da wikipédia lusófona, que proíbem o Fair Use.

O BSD daemon, apelidado Beastie (Ferinha), é um mascote genérico do sistema operacional BSD.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

O Daemon BSD é nomeado devido ao daemon dos softwares, um tipo de programa de computadores encontrado num sistema operacional tipo unix, que através de um jogo de palavras leva a forma desenhada de um demônio místico. O apelido do BSD daemon beastie é uma pronúncia assemelhada a BSD (em inglês). beastie carrega um tridente para simbolizar um forcado do processo daemonizado. O website do FreeBSD possui as anotações do Evi Nemeth's 1988 sobre daemons histórico-culturais no Livro-de-mão da Administração de Sistema Unix: "O conceito dos antigos gregos sobre um 'daemon pessoal' foi similar ao conceito moderno de um 'anjo guardião …Via de regra, sistemas UNIX parecem ser infestados de ambos daemons e demonios."[1] (em inglês)

Direito Autoral[editar | editar código-fonte]

O direito autoral do BSD daemon é mantido pelo Marshall Kirk McKusick (um desenvolvedor BSD que trabalhou com Bill Joy). E ele licenciou livremente o mascote para "uso pessoal dentro dos limites do bom gosto (um exemplo de mau gosto foi o quadro da beastie soldando um logotipo do Solaris)." Qualquer uso exige ambos, um aviso sobre o direito autoral e uma atribuição. A reprodução do daemon em quantidade, como em camisetas e cdroms exige uma permissão avançada do McKusick, que restringe o uso da beastie como relacionada ao BSD e não com empresas ou seus logotipos (embore empresas com produtos baseados no BSD como a Scotgold e a Wind River Systems conseguiram este tipo de permissão). McKusick disse no começo dos anos 1990 "Eu quase perdi o daemon para uma determinada grande empresa eu falhei em mostrar empenho para sua proteção. Eu tenho levado isto muito a sério deste então."[2] (em inglês)

História[editar | editar código-fonte]

O daemon BSD foi desenhado pela primeira em 1976 pelo desenhista de revista em quadrinhos Phil Foglio. Desenvolvedor Mike O'Brien, que estava trabalhando como um chaveiro na época, abriu um cofre de parede no apartamento de Foglio em Chicago depois que um colega de quarto "sumiu" sem deixar a combinação. Como pagamento Foglio concordou em desenhar um camiseta para O'Brien, que deu a ele algumas polaroides de um sistema PDP-11 rodando UNIX junto com algumas noções sobre símbolos relacionados a canos, demônios/daemons, forcados, uma "cesta de bits" denominada /dev/null e assim por diante.[3] (em inglês) O desenho de Foglio mostrava quadro pequenos daemonzinhos felizes carregando tridentes e subindo ou descendo de canos de água water pipes em frente a uma caricatura de um PDP-11, e foi usado para o primeiro encontrao nacional de UNIX nos Estados Unidos, que ocorreu em Urbana (Illinois)). Bell Labs Comprou dezenas de camisas mostrando esse desenho, que apareceu subseqüentemente em camisetas UNIX por uma década. Usenix comprou os direitos de produção do desenho de Foglio's artwork em 1986. Depois seu desenho original foi aparentemente extraviado e perdido logo após ter sido enviado para a Digital Equipment Corporation para ser utilizada em um comercial, todas as cópias conhecidas são de fotos das camisas remanescentes.[4] (em inglês)

Mais tarde, versões mais populares do daemon BSD foram desenhadas pelo diretor de diretor de animação John Lasseter começando com um desenho inicial em tons de cinza na capa do Manual do Gerenciador de Sistemas Unix publicado em 1984 pela USENIX para o BSD4.2.[5] (em inglês) Seu autor/editor Sam Leffler (que foi membro técnico da CSRG) e Lasseter ambos empregados da Lucasfilm na época. Quatro anos após, Lasseter desenhou seu conhecido BSD daemon para a capa do livro co-autorado de McKusick's de 1988, O Design e a Implementação do Sistema Operacional BSD4.3 .[6] (em francês) Lasseter desenhou um BSD daemon menos conhecido para a versão BSD4.4do livro em 1994.

Uso em logotipos de sistemas operacionais[editar | editar código-fonte]

De 1994 a 2004, o projeto NetBSD usou trabalhos artísticos do Shawn Mueller como logo, mostrando quatro daemons BSD em uma pose similar a famosa foto, Erguendo a Bandeira em Iwo Jima.[7] (em inglês) Este foi substituído por um desenho mais abstrato da bandeira, escolhido entre mais de 400 em uma competição.[8] (em inglês)

Versões mais novas do OpenBSD (2.3 e 2.4) usaram o BSD daemon com um Halo mas depois mudaram para o Puffy como mascote.

O projeto FreeBSD usou um desenho do John Lasseter de 1988 do daemon como ambos, logotipo e mascote por 12 anos. No entanto, chegaram questões sobre a utilidade da imagem como um logotipo. O daemon não foi único ao FreeBSD já que este foi usado historicamente por outras cariantes BSD e membros do time central do FreeBSD considerou ele inapropriado para empresas e fins comercias. Litograficamente, o desenho escaneado do Lasseter nao é um desenho feito com linhas, e no entanto o desenho não é facilmente escalável em uma grande quantidade de tamanho ou ou redesenho em uma variedade de outras três ou quarto cores. Um concurso para criar um novo logotipo do FreeBSD começou em fevereiro de 2005 e o logotipo ganhador foi escolhido no outubro que se seguiu, apesar do título "o amigo vermelho" ter sido mantido como um mascote oficial do projeto.[9] (em inglês)

Nome ultrapassado[editar | editar código-fonte]

Nos anos 1990 um propagandista do Walnut Creek CDROM chamou o mascote de Chuck, talvez numa referência a marca de calçados usados pela personagem mas este nome foi depreceado pelo dono dos direitos autorais que disse que o BSD daemon "tem muito orgulho do fato dele não ter um nome, ele é apenas o BSD daemon. Se você insiste em um nome, chame-o de beastie."[10] (em inglês)

Imagem ASCII[editar | editar código-fonte]

Esta arte ASCII do BSD daemon (que pode não ser renderizada corretamente em alguns navegadores), feita por Felix Lee[11] (em inglês) apareceu no menu de inicialização do FreeBSD versão 5.x e ainda pode ser usado como imagem de início. Também é usado no protetor de tela daemon_saver.

                ,        ,         
               /(        )`        
               \ \___   / |        
               /- _  `-/  '        
              (/\/ \ \   /\        
              / /   | `    \       
              O O   ) /    |       
              `-^--'`<     '       
             (_.)  _  )   /        
              `.___/`    /         
                `-----' /          
   ←--.     __ / __   \          
   ←--|====O)))==) \) /====      
   ←--'    `--' `.__,' \         
                |        |         
                 \       /       /\
            ______( (_  / \______/ 
          ,'  ,-----'   |          
          `--(__________)          

Referências

  1. Citado p. 403 (Unix System Administration Handbook)
  2. Direito autoral (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  3. Usenix (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  4. Saving UNIX from /dev/null (em inglês) The artwork was intended for an ad for DEC's Ultrix, acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias.
  5. The BSD Daemon (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  6. Chuck's Corner (em francês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  7. Old NetBSD logo (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  8. The NetBSD Foundation Press Release: Announcement of New Logo 2004-10-30 (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  9. Final result for the FreeBSD logo design competition 2005 (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  10. Beastie (em inglês) , acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias
  11. ascii art (1994 - 1995) (em inglês) by Felix Lee, acessado pela última vez há 298 semanas e 5 dias

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre BSD Daemon