Tux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tux, o mascote GNU/Linux. Trata-se de um pinguim gordo e satisfeito.

O Tux é a mascote oficial do sistema operativo GNU/Linux. O Tux, criado por Larry Ewing em 1996, é um pinguim gorducho que tem um ar satisfeito e saciado. A ideia da mascote do Linux ser um pinguim veio de Linus Torvalds, o criador do núcleo Linux.

É, por vezes, alegado que o nome deriva de Torvalds UniX, um nome sugerido por James Hughes, em vez da explicação que os pinguins aparentam vestir um smoking.

O Tux foi criado para um concurso de logotipos para Linux. O logotipo vencedor foi criado por Larry Ewing usando o GIMP (um pacote de software livre de edição gráfica) e foi lançado por ele sob as seguintes condições:

A autorização para o uso e/ou modificação desta imagem é concedida desde que me reconheça lewis@isc.tamu.edu e o GIMP, caso alguém pergunte [1]

Segundo Jeff Ayers, Linus Torvalds tinha uma "fixação por aves marinhas gordas e desprovidas da capacidade de voo!" e o Torvalds reivindica que contraiu uma "penguinite" após ter sido gentilmente mordiscado por um pinguim: "A penguinitie faz com que passemos as noites acordados só a pensar em pinguins e a sentir um grande amor por eles." A suposta doença de Torvalds é, pois claro, uma piada, mas ele foi mesmo mordido por um pequeno pinguim numa visita a Canberra.

O Tux tornou-se num ícone para a comunidade Linux e Open Source, com um grupo de utilizadores de linux britânico adaptando um pinguim no Jardim Zoológico de Bristol. Ele é muito mais famoso que o seu grande amigo, GNU, um pacífico e tímido gnu que representa o Projecto GNU.

Ele é frequentemente vestido ou retratado de maneiras diferentes, dependendo do contexto; por exemplo, quando representando o algoritmo de segurança PaX, ele usa um capacete e enverga um machado e um escudo, e os seus olhos são vermelhos.

O Tux é a estrela de um jogo para Linux chamado Tux Racer, em que o jogador guia o Tux abaixo duma variedade de montes gelados na sua barriga, tentando apanhar arenques e a bater o limite de tempo. Tux é também uma personagem do webcomics, User Friendly.

Em algumas distribuições de Linux, caso o suporte a framebuffer esteja ativado, o Tux saúda o utilizador durante o processo de boot. Em sistemas com múltiplos processadores são exibidos vários Tuxes, sendo um para cada processador.

Tux aparece também nos textos de Éder Luiz sendo um super herói nos textos Tux e a equipe fedora. Também é o nome do servidor web baseado no núcleo de Linux, que é capaz de servir páginas de web estáticas muito mais rapidamente que servidores tradicionais, tais como o servidor Apache HTTP, software esse mantido pela Red Hat.

Tributos ao Tux[editar | editar código-fonte]

Alguns programas do Tux[editar | editar código-fonte]

Imagem do game Super Tux.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tux

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

 ver·editar Portal do LinuxTux.svg