Baba ganoush

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prato sírio com baba ganoush

Baba ghanoush (árabe بابا غنوج bābā ghanūj, baba ganush, baba ghannouj, baba ghannoug[1] ) é uma salada feita de purê de berinjela assada ou grelhada, tahine (pasta de gergelim) e suco de limão.[2]

Um método de preparação popular é assar a beringela diretamente sobre a chama antes de descascar, de modo que a polpa fique macia e com um sabor defumado, por vezes até a pele ficar quase queimada; a polpa é separada da pele e, por vezes comprimida ou salgada, para tirar o excesso de líquido.[3]

Muitas vezes, é comido com khubz ou pão pita, e pode ser usado no preparo de outros pratos, sendo popular na área do Levante (área que cobre Líbano, Síria, Jordânia, Egito e Israel).[1]

No Líbano, o baba ghanoush é consumido como uma entrada ou como um aperitivo; no Egito, é servido principalmente como um acompanhamento de outros pratos, como se fosse uma salada. Para além dos ingredientes principais, o puré de beringela pode ser misturado com cebola, tomate e outros vegetais finamente cortados; como condimentos, são muitas vezes usados alho, cominho, pimenta moída, salsa e hortelã. Por vezes, é servido com um molho feito com azeite e concentrado de romã.[4]

Referências

  1. a b Egyptian Cuisine and Recipes
  2. Gil Marks. Encyclopedia of Jewish Food. Houghton Mifflin Harcourt; ISBN 978-0-544-18631-6. p. 138.
  3. Khayat, Marie Karam; Keatinge, Margaret Clark. Food from the Arab World, Khayats, Beirut, Lebanon.
  4. The Cooking of the Middle-East, Foods of the World, Time-Life Books, 1969.