Base Aérea de Anápolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Base Aérea de Anápolis


ICAO: SBAN
Tipo Militar
Administração Ten Cel Av Alcides Teixeira BARBACOVI
Serve Anápolis
Localização Não disponível
Inauguração 23 de agosto de 1972


Altitude 1 137 m (3 730 ft)
Movimento em 2013 Não disponível
Capacidade anual Não disponível
Website oficial Não disponível
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
06L X 24R 3 300 m (10 827 ft) Asfalto
06R X 24L 2 233 m (7 326 ft) Asfalto

A Base Aérea de Anápolis - BAAN é uma base da Força Aérea Brasileira localizada na cidade do Anápolis, estado de Goiás. Sua função primordial é a defesa aérea de Brasília, capital do Brasil.

Unidades aéreas[editar | editar código-fonte]

Em 2005, operavam na Base Aérea de Anápolis (coordenadas 16º13'42S 48º57'54W) as seguintes unidades da FAB:

  • 2º Esquadrão do 6º Grupo de Aviação (2º/6º GAv), o Esquadrão Guardião, com aeronaves E-99 (Embraer EMB-145 AEW&C) de alerta antecipado e R-99 (Embraer EMB-145 RS/AGS) de sensoriamento remoto. O esquadrão possuía ainda um C-98 (Cessna 208 Caravan) Munido de um sensor HSS (hiper spectral scaner).

História da base[editar | editar código-fonte]

A Base Aérea de Anápolis foi a primeira base aérea brasileira planejada e construída especialmente para receber um tipo específico de avião, os caças de fabricação francesa, Mirage IIIE/D designados na Força Aérea Brasileira como F-103. A operação desses aviões exigia a construção de um base inteiramente nova e plenamente capacitada a operar aviões supersônicos.

Por questões estratégicas, foi decidido que a nova base seria construída nas proximidades de Brasília, e os F-103 destinados primordialmente à defesa da capital do país. Assim, após vários estudos (incluindo questões de tráfego aéreo e interferências de rádio) a escolha acabou recaindo sobre a cidade de Anápolis, situada a 160Km de Brasília.

A construção das instalações começou em 9 de fevereiro de 1970 e a base tornou-se operacional em 23 de agosto de 1972, com a conclusão da pista de pouso. Um nova unidade aérea, especialmente criada para operar os F-103, foi então ativada: a 1ª Ala de Defesa Aérea, ou 1ª ALADA. Essa unidade foi desativada em 19 de abril de 1979 transferindo sua missão para o 1º Grupo de Defesa Aérea, 1º GDA, unidade responsável pela operação dos F-103 até 2005.Quando então em 2006 passou a operar os mirages franceses Dassault Mirage 2000 com um lote de 12 aeronaves

A partir do ano 2000, a Base Aérea de Anápolis passou a abrigar também o 2º/6º GAv - Esquadrão Guardião, que opera com os avançados E-99 de alerta aéreo antecipado e R-99 de sensoriamento remoto.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • [1] - Site oficial da cidade de Anápolis.
  • [2] - Principal portal de internet da cidade.
  • [3] - Site Sobre a História de Anápolis.
  • [4] - Página da Base Aérea de Anápolis no site oficial da cidade.
  • [5] - Página da Base Aérea de Anápolis no site oficial do estado de Goiás.
  • [6] - Galeria com fotos dos F-103 do 1º Grupo de Defesa Aérea.
  • [7] - Galeria com fotos de diversas aeronaves na Base Aérea de Anápolis em julho de 2005.