Base forte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Química.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde Junho de 2008.

Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde junho de 2010).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Base forte é base cuja constante de dissociação é elevada, aumentando com maior intensidade a concentração de OH- quando adicionada a uma solução aquosa.

Alguns compostos possuem reações tão completas que são facilmente classificados como ácidos fortes ou bases fortes. Os ácidos e bases fortes mais comuns são: HCl, HBr, HI, H2SO4, HNO3, HClO4; LiOH, NaOH, KOH, RbOH e CsOH.

As bases fortes são compostas por metais alcalinos e metais alcalino-terrosos, com excepção para o Hidróxido de Berílio e de Magnésio, uma vez que são pouco solúveis, formam bases fracas. As bases dos demais metais são consideradas fracas, sendo quase insolúveis.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • HARRIS, Daniel C. . Quantitative Chemical Analysis, 5ª ed.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal: