Boraceia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Boracéia)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Município de Boraceia
Bandeira de Boraceia
Brasão de Boraceia
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 8 de fevereiro de 1959
Gentílico boraceense
Prefeito(a) Marcos Bilancieri (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Boraceia
Localização de Boraceia em São Paulo
Boraceia está localizado em: Brasil
Boraceia
Localização de Boraceia no Brasil
22° 11' 34" S 48° 46' 44" O22° 11' 34" S 48° 46' 44" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Bauru IBGE/2008[1]
Microrregião Jaú IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Pederneiras, Arealva, Bariri e Itapuí
Distância até a capital 330 km
Características geográficas
Área 120,796 km² [2]
População 4 268 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 35,33 hab./km²
Altitude 480 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,783 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 74 842,421 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 17 099,02 IBGE/2008[5]
Página oficial

Boraceia é um município do estado de São Paulo, no Brasil.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Boraceia" é um termo de origem tupi que significa "dança".[6]

História[editar | editar código-fonte]

Boraceia surgiu por iniciativa de Eugênio Burjato, italiano, de Revigo. Como todo europeu quando imigrava para o Brasil, tinha em sua mente, vir para as terras brasileiras, pois lhe informavam que eram dadivosas e sumamente produtivas, trabalhar por determinado tempo fazer fortunas e regressar para sua Pátria. Entretanto, dos que vieram, porcentagem mínima voltou. Preferiram ficar, dado o acolhimento que aqui tiveram, construíram nova pátria, tornaram-se brasileiros por adoção, seguindo essa tradição, veio Eugênio Burjato, em 1895.

Em 1916, depois de ganhar algum dinheiro na lavoura, adquiriu uma área de um alqueire e meio de terras de Joaquim Francisco de Oliveira, gleba essa pertencendo a Fazenda Floresta, onde hoje se encontra o patrimônio da cidade. A principio se dedicou a lavoura, posteriormente instalou maquina de arroz, olaria de tijolos, casa comercial, construiu uma Capela e outras atividades que iam aparecendo, criaram ambiente para que fosse constituído em distrito, pois inclusive já havia sido feito loteamento com abertura de ruas e praças.

Nesse trabalho e pelo fato de o povoado já estar em ritmo respeitável de progresso, Eugênio Burjato, coadjuvado por Amaro José Veríssimo e outros conseguiram a criação do distrito e depois, com luta das famílias Sgavioli, Freitas Pereira e demais elevaram o município.

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Pelo Decreto-lei 9 073, de 31 de março de 1938, foi criado o Distrito de Floresta (então Fazenda Floresta), ficando pertencendo ao município e comarca de Pederneiras.

Pelo Decreto Estadual 9 775, de 30 de Novembro de 1938, que fixou o quadro territorial vigente no quinquênio de 1939-1943, o distrito de Floresta passou a pertencer ao município de Itapuí, Comarca de Jaú, com a mudança de denominação para Boracéia.

Na divisão territorial a vigorar no período de 1959 a 1963, que foi feito pela Lei 5 285, de 18 de fevereiro de 1959, foi elevado à categoria de município, desmembrando assim, parte do território de Itapuí, continuando pertencendo a Comarca de Jaú.

Em 16 de junho de 1982, Boraceia foi transferido para o território da Comarca de Pederneiras.

Data de Emancipação Política[editar | editar código-fonte]

A emancipação política de Boraceia deu-se no dia 7 de Maio do ano de 1959.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Área do município: 121,10 km

População: 4 106 habitantes

Densidade demográfica: 36,2 habitantes por quilômetro quadrado

Número de eleitores: 3.509

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 11,50

Expectativa de vida (anos): 73,74

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,37

Taxa de Alfabetização: 88,39%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,783

  • IDH-M Renda: 0,696
  • IDH-M Longevidade: 0,812
  • IDH-M Educação: 0,841

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-261Rodovia Cesar Augusto Sgaviolli

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p.422

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Boraceia