César (família)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

César (em latim: Caesar) foi, na República Romana, uma família patrícia do gens Júlia, um dos mais antigos de Roma, traçando sua descendência de Iulo, filho de Eneas;[1] seu membro mais notável foi o ditador Júlio César e, por adoção, o primeiro imperador romano, Augusto.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Não se sabe qual foi o primeiro membro do gens Julia que obteve o cognome César, sendo o mais antigo registrado pela história Sexto Júlio César, que foi tribuno em 208 a.C..[1]

A origem do cognome também é incerta. Espartiano, em seu livro sobre a vida de Aélio Vero, menciona quatro diferentes opiniões:[1]

  1. que o nome significa elefante na linguagem dos mouros, dado como sobrenome a um dos Júlios após este ter matado um elefante;
  2. o nome foi dado a um dos Júlios que nasceu através de um corte (caesus) feito na barriga de sua mãe após a morte desta;[Nota 1]
  3. porque um dos membros da família havia nascido com grande quantidade de cabelo (caesaries) na cabeça;
  4. porque ele tinha olhos azuis (caesii) de uma natureza quase sobrenatural

De acordo com William Smith, a mais provável é a terceira, que é atribuída também a Festo; as palavras caesar e caesaries estariam relacionadas ao sânscrito kêsa, cabelo, e estaria de acordo com o costume romano de dar nomes a indivíduos com base em alguma característica peculiar de sua aparência.[1]

A segunda opinião, do nascimento através do corte na barriga da mãe, era a mais popular entre os autores antigos (Servílio, Plínio, o Velho, Solino, Zonaras) teve origem através de uma falsa etimologia.[1]

A primeira, de que César deriva da palavra moura para elefante, que é a adotada por Espartiano, não tem como ser confirmada ou descartada, por causa do desconhecimento da língua moura, porém Espartiano afirma que foi o avô do ditador que recebeu este nome, o que é errado, pois o nome antecede por várias gerações.[1]

Título[editar | editar código-fonte]

O nome foi usado por Augusto, quando este foi adotado por Júlio César, e depois passou a ser usado pelos imperadores romanos, até mesmo, depois da morte de Nero, quando a família foi extinta. Na época do imperador Adriano, este deu César como título para seu filho adotivo Aélio Vero, quando o imperador passou a ser Augusto e o herdeiro passou a ter o título de César.[1]

Família[editar | editar código-fonte]

A reconstrução da família César é, em parte, conjectural. De acordo com William Smith, que cita Drumann, Geschichte Rome, vol.iii. p.113, os membros da família são:[1]

1. Sexto Júlio César (pretor 208 a.C.)
2. Lúcio Júlio César, filho do anterior
3. Lúcio Júlio César (pretor 183 a.C.), filho do anterior
4. Sexto Júlio César (tribuno 181 a.C.), filho de 2. Lúcio Júlio César
5. Lúcio Júlio César (pretor 166 a.C.), filho de 3. Lúcio Júlio César
6. Sexto Júlio César (cônsul 157 a.C.), filho de 4. Sexto Júlio César
7. Sexto Júlio César (pretor 123 a.C.),filho do anterior
8. Lúcio Júlio César, irmão do anterior e casado com Popília
9. Lúcio Júlio César (cônsul 90 a.C.) e censor em 89 a.C., filho do anterior, casado ocm Fúlvia
10. Caio Júlio César Estrabão Vopisco, edil curul em 90 a.C., irmão do anterior
11. Lúcio Júlio César (cônsul 64 a.C.), filho de 9. Lúcio Júlio César
12. Júlia, irmã do anterior, casada com Marco Antônio (pai do triúnviro) e com P. Lêntulo
13. Lúcio Júlio César (morto em 46 a.C.), filho de 11. Lúcio Júlio César

William Smith não inclui os antepassados imediatos do ditador Júlio César nesta árvore, tratando-os separadamente:[1]

14. Caio Júlio César, casado com Márcia
15. Caio Júlio César, filho do anterior, pretor, casado com Aurélia
16. Júlia, irmã do anterior, casada com Mário
17. Sexto Júlio César (cônsul 91 a.C.), irmão dos anteriores
18. Caio Júlio César, o ditador, filho de 15. Caio Júlio César, vários casamentos
19. Júlia, a Velha, irmã do anterior, casada com L. Pinário e Q. Pédio
20. Júlia, a Jovem, irmã dos anteriores, casada com M. Átio Balbo
21. Júlia, filha do ditador, casada com Cneu Pompeio
22. Cesarião, filho de César e Cleópatra
23. Sexto Júlio César (flâmine quirinal), filho de 17. Sexto Júlio César
24. Sexto Júlio César (morto em 46 a.C.), filho do anterior

Notas e referências

Notas

  1. Esta cirurgia, atualmente, recebe a designação de cesariana.

Referências

  1. a b c d e f g h i William Smith, Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, Caesar