Capitão Leônidas Marques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Capitão Leônidas Marques
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 28 de abril de 1964
Gentílico marquesiense
Prefeito(a) Ivar Barea (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Capitão Leônidas Marques
Localização de Capitão Leônidas Marques no Paraná
Capitão Leônidas Marques está localizado em: Brasil
Capitão Leônidas Marques
Localização de Capitão Leônidas Marques no Brasil
25° 28' 44" S 53° 36' 50" O25° 28' 44" S 53° 36' 50" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Oeste Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Cascavel IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Santa Lúcia, Céu Azul, Capanema, Nova Prata do Iguaçu, Realeza, Lindoeste e Boa Vista da Aparecida
Distância até a capital 460 km
Características geográficas
Área 275,748 km² [2]
População 15,659 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 0,06 hab./km²
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,751 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 592 985,620 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 42 572,02 IBGE/2008[5]
Página oficial

Capitão Leônidas Marques é um município brasileiro do estado do Paraná com uma população de 15.659 habitantes e fica a 65 km de Cascavel, principal cidade da região.

História[editar | editar código-fonte]

A origem remete a um projeto de colonização conhecido como Gleba Andrada, habitada por aventureiros que tiravam da caça, da pesca e da extração do palmito a sua sobrevivência. O registro mais preciso do início do vilarejo é de 1957, quando 30 famílias lideradas por João Ruth Schmidt chegaram à região. A primeira denominação foi Aparecida d´Oeste, substituída por Capitão Leônidas Marques em 28 de abril de 1964, data da emancipação político-administrativa do município. Essa faixa de terra até então pertencia a Cascavel, assim como Boa Vista da Aparecida (22 de Dezembro de 1981) e Santa Lúcia (1 de Setembro de 1991) que emanciparam-se da cidade de Leônidas.

O nome é uma homenagem a Leônidas Marques Betim Rigo, militar morto em combate na cidade de Catanduvas, na Revolta de 1924. Leônidas é pai do deputado estadual Basílio Betim, que ao lado de lideranças como Arnaldo Busatto, contribuíram com o processo de criação do município. O primeiro prefeito foi Otto Francisco dos Passos, responsável pela gestão do município no período de 1964 a 1968. Ele e o vice João Ruth Schmidt foram empossados em 14 de dezembro de 1964, data de instalação do município.

O IBGE divulgou em julho de 2010 um relatório dando a Capitão Leônidas Marques uma população de 15.659 habitantes [6] , sendo 68% no perímetro urbano e apenas 32% na área rural do município e a geração de riquezas do município é representado pelos setores secundário e terciário, além da agricultura.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui como distrito a localidade do "Alto Alegre do Iguaçu".

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2014 Censo Populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2014). Visitado em 11 de dezembro de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=410460
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.