Capitão Leônidas Marques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Capitão Leônidas Marques
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 28 de abril de 1964
Gentílico marquesiense
Prefeito(a) Ivar Barea ( PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Capitão Leônidas Marques
Localização de Capitão Leônidas Marques no Paraná
Capitão Leônidas Marques está localizado em: Brasil
Capitão Leônidas Marques
Localização de Capitão Leônidas Marques no Brasil
25° 28' 44" S 53° 36' 50" O25° 28' 44" S 53° 36' 50" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Oeste Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Cascavel IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Cascavel
Municípios limítrofes Santa Lúcia, Céu Azul, Capanema, Nova Prata do Iguaçu, Realeza, Lindoeste e Boa Vista da Aparecida
Distância até a capital 460 km
Características geográficas
Área 275,748 km² [2]
População 15,659 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 0,06 hab./km²
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,751 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 592 985,620 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 42 572,02 IBGE/2008[5]
Página oficial

Capitão Leônidas Marques é um município brasileiro do estado do Paraná com uma população de 15.659 habitantes e fica a 65 km de Cascavel, principal cidade da região.

História[editar | editar código-fonte]

A origem remete a um projeto de colonização conhecido como Gleba Andrada, habitada por aventureiros que tiravam da caça, da pesca e da extração do palmito a sua sobrevivência. O registro mais preciso do início do vilarejo é de 1957, quando 30 famílias lideradas por João Ruth Schmidt chegaram à região. A primeira denominação foi Aparecida d´Oeste, substituída por Capitão Leônidas Marques em 28 de abril de 1964, data da emancipação político-administrativa do município. Essa faixa de terra até então pertencia a Cascavel, assim como Boa Vista da Aparecida (22 de Dezembro de 1981) e Santa Lúcia (1 de Setembro de 1991) que emanciparam-se da cidade de Leônidas.

O nome é uma homenagem a Leônidas Marques Betim Rigo, militar morto em combate na cidade de Catanduvas, na Revolta de 1924. Leônidas é pai do deputado estadual Basílio Betim, que ao lado de lideranças como Arnaldo Busatto, contribuíram com o processo de criação do município. O primeiro prefeito foi Otto Francisco dos Passos, responsável pela gestão do município no período de 1964 a 1968. Ele e o vice João Ruth Schmidt foram empossados em 14 de dezembro de 1964, data de instalação do município.

O IBGE divulgou em julho de 2010 um relatório dando a Capitão Leônidas Marques uma população de 15.659 habitantes [6] , sendo 68% no perímetro urbano e apenas 32% na área rural do município e a geração de riquezas do município é representado pelos setores secundário e terciário, além da agricultura.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui como distrito a localidade do "Alto Alegre do Iguaçu".

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2014 Censo Populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2014). Visitado em 11 de dezembro de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=410460
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.