Chernigov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chernihiv
Чернігів
Vista panorâmica de Chernihiv
Vista panorâmica da cidade.
Brasão de Chernihiv
Brasão
Localização
Localização de Chernihiv
Mapa da Ucrânia com a localização de Chernihiv.
Dados
País
Óblast
Ucrânia Ucrânia
Chernihiv
Fundação 907
Prefeito Oleksandr Sokolov
Características geográficas
Área
 - Cidade

79 km²
População
 - Cidade (2006)
   - Densidade

299.609 hab.
3.792,52/km²
Coordenadas Lat:    51° 30' N
Long: 31° 18' E
Outras informações
Código postal 14000-
Código de área +380 3785
Cidades-irmãs Rússia Briansk
Rússia Perm
Rússia Mytischi
Bielorrússia Homyel
Alemanha Memmingen
Polónia Tarnobrzeg
Website: www.chernigiv-rada.gov.ua

Chernihiv (ucraniano: Чернігів, russo: Чернигов, polonês: Czernihów), também transliterado por Chernigov é uma histórica cidade do norte da Ucrânia. É o centro administrativo da óblast de Chernihiv (província), assim como do distrito (raion) de Chernihivskyi dentro da óblast. A população estimada da cidade, em janeiro de 2006, era de cerca de 299 609 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

A Catedral Jesus Cristo, Salvador de Chernihiv (década de 1030) é a mais antiga da Ucrânia.

Chernihiv foi pela primeira vez mencionada no Tratado Rus'-Bizantino de 907 (como Черниговъ), mas é considerado que já existia, pelo menos desde o século IX, como comprovam os artefatos descobertos, nas escavações arqueológicas locais, originários do Caganato Cazar. Até o final do século X, provavelmente a cidade teve seus próprios governantes. Foi lá que o Túmulo Negro, um dos maiores e mais antigos túmulos reais pré-históricos da Europa Oriental, foi escavado no século XIX.

Na parte sul da Rússia Kievana a cidade foi a segunda em importância e riqueza.[1] Desde o início do século XI ela foi a sede do poderoso Principado de Chernihiv, cujos governantes, por vezes, rivalizavam em poder com os príncipes de Kiev e frequentemente os destronavam e ocupavam seus lugares. O Principado foi o maior da Rússia Kievana e incluía não apenas as cidades da Severia, mas também remotas regiões como Murom, Riazan e Tmutarakan. A era dourada de Chernihiv, foi quando sua população atingiu a marca de 25 milhares de habitantes e durou até 1239, quando a cidade foi saqueada pela horda mongol de Batu Khan e a partir daí iniciou-se um longo período de declínio econômico e político.

O rio Desna em Chernihiv, Ucrânia.

A área passou para o domínio do Grão-Ducado da Lituânia em 1353. A cidade foi novamente incendiada pelo cã da Crimeia Meñli I Giray em 1482 e em 1497. Do século XV ao XVII a cidade fez várias vezes parte dos territórios da Lituânia, da Moscóvia (14081420 e a partir de 1503) e da República das Duas Nações (16181648), quando ela recebeu os privilégios de cidade em 1623 e em 1635 tornou-se a sede da voivodia de Czernihów. A importância da área cresceu novamente no meio do século XVII durante e após a Revolta de Chmielnicki, quando a cidade se tornou sede dos regimentos cossacos.

Sob o Tratado de Andrusovo de 1667, a suserania legal da área foi concedida à Rússia Moscovita, com Chernihiv permanecendo um centro importante do autônomo Hetmanado Cossaco. Com a dissolução do Hetmanado, a cidade tornou-se um centro administrativo comum do Império Russo e capital das unidades administrativas locais. A área, em geral, foi governada pelo Governador-Geral indicado por São Petersburgo, a capital imperial, e Chernihiv foi a capital da namestnichestvo (província) local (a partir de 1782), Malorosiyskaya ou Pequena Rússia (a partir de 1797) e Chernigovskaya (a partir de 1808) guberniyas.

O centro da cidade[editar | editar código-fonte]

A igreja de São Paraskevi (ca. 1201, restaurada depois da Segunda Guerra Mundial).

Os monumentos arquitetônicos de Chernihiv representam dois momentos de maior florescimento da história da cidade - aquele da Rússia Kievana (séculos XI e XII) e o do Hetmanado Cossaco (final do século XVII e início do XVIII).

A mais antiga igreja da cidade e de toda a Ucrânia é a Catedral Jesus Cristo, Salvador, cuja construção teve início nos primeiros anos da década de 1030 por Mistislau, o Audaz e completada várias décadas mais tarde por seu irmão, Jaroslau I, o Sábio. A Catedral dos Santos Boris e Gleb, datando do meio do século XII, foi várias vezes reconstruída em diferentes períodos, antes de ser restaurada e voltar ao seu projeto original, no século XX. Construída em tijolos, ela tem um único domo e seis pilares. A principal obra dos mestres de Chernihiv foi a igreja primorosa de São Paraskeba (Pyatnitskaya), construída na mudança do século XII para o XII. A graciosa construção foi seriamente danificada na Segunda Guerra Mundial; sua original aparência medieval foi reconstruída por intermédio do projeto do arquiteto e restaurador russo Peter Baranovsky.

Os mais antigos prédios residenciais do centro da cidade datam do final do século XVII, o período da existência do regimento cossaco na cidade. As duas residências mais representativas são aquelas do Polkovnyk Lyzohub (década de 1690) e a do Polkovnyk Polubutok (década de 1700). A antiga mansão, popularmente conhecida como a Casa de Ivan Mazepa, costumava abrigar a chancelaria do regimento. Uma das estruturas cossacas mais profusamente decorada é sem dúvida o colégio eclesiástico, encimado por uma torre de sino (1702). A residência do arcebispo foi construída próxima a ela na década de 1780. A igreja de Santa Catarina (1715), com suas cinco cúpulas douradas, tradição da arquitetura ucraniana, parece ter sido planejada para comemorar as façanhas do regimento durante as campanhas de Azov em 1696.

Monastérios[editar | editar código-fonte]

Catedral e monastério da Santíssima Trindade, estilo barroco do século XVII.

Mesmo nos períodos mais difíceis de sua história, Chernihiv manteve a sua importância eclesiástica como sede de bispado ou arcebispado. Nos arredores da moderna cidade são encontrados dois monastérios construídos em cavernas, antigamente utilizados como residências de bispos.

As cavernas do Monastério de Eletsky são anteriores àquelas do Kiev Pechersk Lavra (Monastério das Cavernas de Kiev). Sua magnífica catedral de seis pilares foi erguida no fim do século XI e início do XII; algumas ruínas de suas muralhas de 750 anos ainda podem ser vistas no seu interior. Depois que suas cúpulas ruíram em 1611, elas foram aumentadas e reconstruídas no estilo barroco ucraniano. As paredes, as celas monásticas e a torre do sino são todas do século XVII. A casa da Irmã-superiora, próxima ao edifício, é considerada a construção residencial mais antiga de toda a região da margem esquerda ucraniana do rio Dniepre. O ícone mais sagrado do mosteiro é aquela da Theotokos, que fez sua epifania a Svyatoslav de Chernihiv em 6 de fevereiro de 1060. O ícone, chamado de Eletskaya pintado em madeira de pinho, foi trazido de Moscou pelos descendentes de Svyatoslav em 1579.

A caverna próxima do monastério de Santo Elijah e da Santíssima Trindade possui uma pequena igreja, que foi construída há oitocentos anos. A espaçosa catedral da Trindade, um dos mais imponentes monumentos do barroco cossaco, foi erguida entre 1679 e 1689. Seu refeitório, adjacente à igreja da Apresentação ao Templo, foi concluído em 1679. Há também os muros fortificados, celas monásticas e a torre de vigia de cinco andares da década de 1780.

Outras abadias históricas podem ser visitadas nos arredores de Chernihiv; como as de Kozelets e Hustynya que contêm magníficos exemplos da arquitetura nacional ucraniana. A região é servida pelo Aeroporto Chernihiv Shestovitsa, que durante a Guerra Fria serviu de base aérea.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Nasledie Svyatoy Rusi
  • Logvin, G.N. (Г. Н. Логвин). Chernigov, Novgorod-Seversky, Glukhov, Putivl (Чернигов, Новгород-Северский, Глухов, Путивль). [S.l.]: Moscovo, 1965.
  • Pyotr Rappoport (П. А. Раппопорт). Ancient Russian Architecture (Древнерусская архитектура). [S.l.]: São Petersburgo, 1993.
  • Martin Dimnik. The Dynasty of Chernigov, 1146-1246. [S.l.]: Campridge University Press, 2003. ISBN 0-521-82442-7
  • (1972) Icтopia мicт i ciл Укpaїнcькoї CCP - Чернiгiвськa область (History of Towns and Villages of the Ukrainian SSR - Chernihiv Oblast), Kiev.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]