Christopher Isherwood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christopher Isherwood e W.H. Auden em 1939. Foto de Carl van Vechten

Cristopher Isherwood (26 de Agosto de 19044 de Janeiro de 1986), de seu nome completo Christopher William Bradshaw-Isherwood nasceu perto de Stockport, Inglaterra, mas emigrou para os Estados Unidos da América em 1939 tendo-se naturalizado como cidadão norte-americano em 1946.

Foi um reputado escritor reconhecido pelas suas obras relacionadas com Berlim, para onde foi atraído na juventude devido à relativa liberdade sexual que se vivia na cidade nos anos pré-guerra, como Mr. Norris Changes Trains e um conjunto de contos com o título Adeus a Berlim (Goodbye to Berlin (em inglês)), que foram fonte de inspiração para a peça I Am a Camera (em inglês) de John Van Druten (em inglês) e posteriormente para o musical, depois passado a filme, Cabaret, Adeus Berlim.

Christopher Isherwood conheceu Don Bachardy em outubro de 1952, na praia de Will Rogers em Los Angeles, quando tinha 48 anos e Bachardy tinha apenas 18 anos. Permaneceram juntos até a morte de Isherwood em 1986, como um casal abertamente homossexual (mesmo no período difícil do Macartismo, em que foram perseguidos comunistas e homossexuais na América), que recebia em sua casa, nas colinas de Santa Monica, personagens famosos do mundo do cinema, da literatura e das artes (como Rock Hudson, Tennessee Williams, William Auden, George Platt Lynes e outros).

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.