Década de Nanquim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O termo Década de Nanquim designa um período na História da República da China durante o qual o Kuomintang reforça seu controle sobre a "Primeira República" e teve de enfrentar o início da guerra civil contra os comunistas. A "década" começou em abril de 1927, quando Nanquim foi declarada a capital do Kuomintang. Começou quando o Generalíssimo Nacionalista Chiang Kai-shek tomou a cidade da camarilha de Zhili do senhor da guerra Sun Chuanfang através da Expedição do Norte em 1927. Tendo declarado ser a capital do país, apesar de outros os nacionalistas já terem feito a Wuhan como capital. A facção cedeu Wuhan e a expedição continuou até que o rival governo de Beiyang em Pequim foi derrotado em 1928.

O local era de importância simbólica e estratégica. Foi ali que a república foi estabelecida e onde o governo provisório sob Sun Yat-sen se instalou. O corpo de Sun foi trazido e colocado em um grande mausoléu para cimentar o nascente culto da personalidade de Chiang. Chiang nasceu na província vizinha e o general teve forte apoio popular na área.

Termina com a Segunda Guerra Sino-Japonesa, quando o governo chinês foi temporariamente transferido para Chongqing, a tomada de Nanquim pelos japoneses em dezembro de 1937 e o massacre de sua população, marca o fim simbólico.

Embora a década de Nanjing foi muito mais estável do que a anterior, a Era dos senhores da guerra, ainda era cercada por violência.

Referências

  • Peter Zarrow. China in War and Revolution, 1895-1949. Includes Chapter 13: "The Nanjing decade, 1928-1937: The Guomindang era" (pp. 248–270). Routledge, 2005. ISBN 0415364485.