Chongqing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chongqing
Chongqing Sunset.jpg
Apelido: "重庆"
Localização da cidade na China
Localização da cidade na China
País República Popular da China
Prefeito Wang Hongju
Área  
  Total 82.300 km²
População  
  Cidade (2006) 31.442.300
    Densidade   379/km²
  Metro 4.196.000
Fuso horário +8 (UTC)
Website: www.chongqing.gov.cn

Chongqing (chinês tradicional: ; chinês simplificado: ; pinyin: Chóngqìng; transcrição postal: Chungking; Wade-Giles: Ch'ung-ch'ing) ou Xunquim é o maior e mais populoso dos quatro municípios da República Popular da China que possuem o status de províncias, e o único deles que é localizado no interior da China, que tem uma menor densidade populacional. Até 14 de março de 1997 apenas uma cidade dentro da província de Sichuan, o município de Chongqing tem uma população registrada de 31.442.300 (2005). As fronteiras do município de Chongqing avançam bem mais em direção às zonas rurais vizinhas do que o fazem as fronteiras dos outros três municípios-província (Pequim, Xangai e Tianjin), e boa parte do município, que abrange mais de 80.000 quilômetros quadrados, é rural. A população da área urbana em si de Chongqing era de 9,1 milhões de habitantes em 2005, embora esta cifra seja contestada, devido às dificuldades de se determinar os limites exatos da área urbana de Chongqing.

A abreviação municipal, 渝 (), foi aprovada pelo Conselho de Estado em 18 de abril de 1997. Chongqing também foi um município da antiga República da China; seu nome abreviado é derivado do antigo nome dado à parte do rio Jialing que corre através da cidade e deságua no rio Yangtzé.

A cidade recebeu autonomia do governo com o propósito de desenvolver a região e a Represa das Três Gargantas.[carece de fontes?]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Lâmpadas de iluminação pública em forma de flores de magnólia, em Chongqing

Chongqing está situada numa península sobre o rio Yang-tsé, no centro do país, cercada por altas montanhas. Limita-se com as pronvíncias de Hubei, Henan, Guizhou, Shaanxi e Sichuan.

A cidade está localizada numa região com muitas colinas. Por isso, é de umas cidades chinesas com menor número de bicicletas por habitante. A cidade tem clima subtropical de monções, característico do sul da Ásia. Os invernos são moderadamente frios, com temperaturas oscilando entre 0 °C e 15 °C (não há neve) e os verões são extremamente quentes, cujas temperaturas freqüentemente ultrapassam os 40 °C, daí ser considerada um dos "fornos" da China.

Durante boa parte do ano, Chongqing é rodeada por uma densa e espessa neblina, daí também ser conhecida por "cidade das névoas".

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Chongqing foi a capital do Reino Ba, antigo povo que desapareceu há cerca de 2500 anos. Por estar longe da Rota da Seda, a cidade perdeu sua importância até o século XIX quando as potências estrangeiras com interesses na China solicitaram que a cidade fosse aberta aos estrangeiros. Em 1901, criou-se uma colônia japonesa na cidade.

Em 1938, Chongquing se transformou na capital da República Chinesa de Chiang Kai-Shek, que era reivindicada pelo Japão. Chongquing foi gravemente bombardeada pelas tropas japonesas durante esse período. A internvenção da China Nacionalista potencializou o rápido desenvolvimento da cidade que, em poucos anos, passou de 200 mil habitantes a mais de um milhão.

Economia[editar | editar código-fonte]

Chongqing é uma cidade com muitos mananciais de água mineral. Também tem grandes depósitos de carbono, gás natural, alumínio, estrôncio, mármore e mercúrio. Entre as indústrias do município, destacam-se as indústrias de maquinaria, química, petroquímica, farmacêutica e metalúrgica. Existem também várias propriedades agrícolas particulares. Os principais produtos são os cereais, a laranja, o tabaco e a seda.

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da República Popular da China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.