Davi Alves Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Davi Alves Silva (Vitorino Freire, 25 de julho de 1951Imperatriz, 23 de setembro de 1998) foi um político e empresário brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Davi Alves Silva concluiu os estudos depois de mudar para Imperatriz, onde posteriormente, se elegeu como deputado estadual em 1982, assumindo em 1983.

Em 1986, candidatou-se a deputado federal, quando se elegeu e após renunciar a concorrer ao cargo de deputado estadual.

Em 1988, candidatou-se à prefeitura de Imperatriz, elegendo-se no mesmo ano, e renunciou ao mandato de Deputado Federal, para assumir a Prefeitura de Imperatriz, em 1º de janeiro de 1989 até 1993.

Em 1994, se candidatou novamente ao deputado federal e se elegeu, assumindo em 1º de fevereiro de 1995.

Assassinato[editar | editar código-fonte]

No dia 23 de setembro de 1998, mais de uma semana antes das eleições de outubro, Davi Alves Silva estava abastecendo em um posto de gasolina nas proximidades de Imperatriz, na Vila Davi (hoje Davinópolis), quando um grupo de homens armados mataram a tiros o deputado federal, que era candidato favorito a reeleição.

Os criminosos foram presos dias depois, quando se constatou que foi morto pelo crime organizado atuante no Maranhão, que seria desmantelado em 1999.

Mesmo depois de ter sido assassinado dias antes das eleições, alcançou votação suficiente para eleger-se pela terceira vez como deputado Federal.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

  • Deputado Estadual, 1983-1987
  • Deputado Federal, 1987-1989
  • Prefeito de Imperatriz, 1989-1993
  • Deputado Federal, 1995-1998

Homenagens[editar | editar código-fonte]

  • Em 2001, a Vila Davi, um distrito da cidade de Imperatriz com aproximadamente 20 mil habitantes, torna-se um município e recebe o nome de Davinópolis, em sua homenagem.
  • Em 23 de setembro de 2009 seu filho, Davi Alves Silva Júnior, publicou em seu site pessoal uma saudosa homenagem ao seu pai[1] .

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Homenagem a Davi Alves Silva. Visitado em 27 de julho de 2010.