Diederich Franz Leonhard von Schlechtendal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Diederich Franz Leonhard von Schlechtendal ( Xanten, 27 de novembro de 1794 - Halle, 12 de outubro de 1866) foi um botânico alemão [1] .

Foi professor de botânica e diretor dos jardins botânicos da Universidade Martin Luther de Halle-Wittenberg, de 1833 até sua aposentadoria em 1866; e editor da revista botãnica Linnaea.

Seu mais importante trabalho foi descrever a até então desconhecida flora do México, em conjunto com Adelbert von Chamisso, e baseado em espécimens coletados por Christian Julius Wilhelm Schiede e por Ferdinand Deppe entre 1824 e 1829.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

O gênero Schlechtendalia Less. da família Asteraceae foi nomeado em sua homenagem.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Animadversiones botanicae in Ranunculaceas. Berlim 1819–1820
  • Flora berolinensis. Berlim 1823–1824
  • Adumbrationes plantarum. 1825–1832
  • Flora von Deutschland. 24 Bände mit 2400 Tafeln, Jena 1840–1873 (em co-autoria com Christian Eduard Langethal e Ernst Schenk), 5. Auflage in 30 Bänden von Ernst Hans Hallier 1880–1887
  • Hortus halensis. Halle 1841–1853

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Robert Zander; Fritz Encke, Günther Buchheim, Siegmund Seybold (Hrsg.): Handwörterbuch der Pflanzennamen. 13. Auflage. Ulmer Verlag, Stuttgart 1984, ISBN 3-8001-5042-5.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Botânicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.