Dragon Age II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dragon Age II
Desenvolvedora BioWare
Publicadora(s) Electronic Arts
Compositor(es) Inon Zur
Motor Lycium Engine[1]
Plataforma(s) Microsoft Windows
Mac OS X
PlayStation 3
Xbox 360
Data(s) de lançamento
    Gênero(s) RPG
    Modos de jogo Single Player
    Classificação Inadequado para menores de 16 anos i DEJUS (Brasil)
    Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
    Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)
    Controles Teclado, Mouse
    Hardware
    Versão 1.03

    Dragon Age II é um RPG eletrônico desenvolvido pela BioWare e publicado pela Electronic Arts. É o sucessor de Dragon Age: Origins, sendo o segundo grande jogo da franquia Dragon Age. O título foi lançado para Microsoft Windows, Xbox 360, PlayStation 3 e Mac OS X.[4]

    No jogo, que se passa no mesmo mundo de Dragon Age: Origins, o jogador assume o papel de Hawke, um personagem humano que pode ser mago, guerreiro ou ladino, que chega na cidade de Kirkwall como um fugitivo, mas se tornam um campeão lendário da cidade, e influencia nas políticas e nos conflitos da cidade.

    Enredo[editar | editar código-fonte]

    Dragon Age II se passa no mundo místico de Thedas, e conta a história de Hawke,[4] um humano que fugiu da nação de Ferelden durante os eventos de Dragon Age: Origins e chegou em uma cidade-estado vizinho, chamada Kirkwall, como um fugitivo. Durante uma década de história, Hawke se torna um cidadão poderoso e influente, conhecido como o lendário "Champion of Kirkwall"(Campeão de Kirkwall), e o centro de eventos que mudarão o curso de Thedas para sempre. O jogo foca em Hawke e seu progressivo aumento de poder e prosperidade, e é dividido em capítulos, como se fossem flashbacks, contados por um dos companheiros de Hawke, Varric, que relata a "verdadeira história do campeão" a Cassandra Pentaghast, uma Seeker religiosa da Chantry. Os personagens que acompanham Hawke em sua jornada são Fenris (um elfo e ex-escravo de Tevinter Imperium), Merril (uma elfa rejeitada pelo seu clã, o clã dos Dalish), Isabela (uma capitã pirata encalhada em Kirkwall após seu barco ter quebrado), Anders (um ex-Grey Warden e, ao mesmo tempo, um possuído), Aveline Vallen (uma fugitiva de Federelden que se torna uma guarda), Varric Tethras (um anão que administra uma rede de espiões em Kirkwall), Sebastian Vael (um ex-principe de Starkhaven, trazido pela Chantry), e ou Carver(irmão de Hawke), ou Bethany(irmã de Hawke). Alguns desses personagens contribuem significantemente para o progresso da história, como o início de uma revolta dos Qunari contra Kirkwall causada por Isabela, ou o ataque dos templários sobre os magos, causado por Anders.[5]

    Referências

    1. Hinkle, David. "Dragon Age 2 preview: A shot of adrenaline", Joystiq.com, 8 de Fevereiro 2011. Página visitada em 24 de Fevereiro 2011. “While it might appear to run on a new engine, Dragon Age 2 employs an evolved version of Origins' Eclipse engine (now called the Lycium engine internally).”
    2. Dragon Age 2 review scores roll out (em inglês) CVG (9 de Março de 2011). Visitado em 09 de Março de 2011.
    3. "IGN", IGN, IGN. Página visitada em September 5, 2010.
    4. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas BioWare2
    5. GamePro, Issue #286, January 2011. pg. 38-40

    Ligações externas[editar | editar código-fonte]