Erik Axel Karlfeldt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Erik Axel Karlfeldt Medalha Nobel
Nascimento 20 de Julho de 1864
Karlbo
Morte 8 de Abril de 1931 (66 anos)
Estocolmo
Nacionalidade Suécia Sueco

Erik Axel Karlfeldt (Karlbo, 20 de Julho de 1864Estocolmo, 8 de Abril de 1931) foi um poeta sueco simbolista, cujas poesias aparecem como regionalistas da era popular. Recebeu o Nobel de Literatura de 1931. Karlfeldt recusou o prêmio em 1919, considerando tal atribuição injusta por ser ele o secretário permanente da Academia Sueca.

Karlfeldt nasceu em uma família de agricultores em Karlbo, na província de Dalarna. Inicialmente, seu nome era Erik Axel Eriksson, mas ele assumiu seu novo nome em 1889, querendo se distanciar de seu pai, que havia sofrido a desgraça de uma condenação penal. Ele estudou na Universidade de Uppsala,[1] ao mesmo tempo apoiando-se através do ensino escolar em vários lugares, incluindo Djursholms samskola em Djursholm, subúrbio de Estocolmo, e em uma escola para adultos.[1] Após completar seus estudos, ele ocupou uma posição na Biblioteca Real da Suécia, em Estocolmo, por cinco anos.

Em 1917, Karlfeldt recebeu seu alma mater da Universidade de Uppsala, concedendo-lhe o título de Ph.D. em Honoris causa.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Vildmarks- och kärleksvisor (1895)
  • Fridolins visor och andra dikter (1898)
  • Fridolins lustgård och Dalmålningar på rim (1901)
  • Flora och Pomona (1906)
  • Flora och Bellona (1918)
  • Hösthorn (1927)

Referências

  1. a b Erik Axel Karlfeldt (em português) Porto Editora Infopédia. Visitado em 12 de fevereiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Erik Axel Karlfeldt


Precedido por
Sinclair Lewis
Nobel de Literatura
1931
Sucedido por
John Galsworthy


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.