Estação Kohnen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Estação Kohnen.

A Estação Kohnen é uma estação de pesquisa polar alemã aberta apenas no verão na Antártica, capaz de acomodar até 20 pessoas. Recebeu o nome do geofísico Heinz Kohnen (1938–1997), que foi por um longo tempo o chefe de logística no Instituto Alfred Wegener.

A estação abriu em 11 de janeiro de 2001, na Terra da Rainha Maud. A estação está localizada a 75°00'S, 00°04'E, e 2892 m acima do nível do mar. Está localizada a 757 km sudeste da Estação Neumayer III, que se situa na Plataforma de Gelo Ekstrom e provê logística e administração para a Estação Kohnen. Como a estação Halley V do Reino Unido, a base está construída sobre pernas de aço permitindo que seja erguida a medida que a altura da superfície de neve aumenta.

A estação tem uma sala de rádio, uma sala de lazer, uma cozinha, banheiros, dois quartos, um derretedor de neve, uma loja, uma oficina e uma usina de força (100 kW). É abastecida por um comboio de 6 veículos de reboque, que carregam até 20 tons cada e 17 trenós. A base é reabastecida duas vezes por ano, com até 6 trens de trenó por vez. Esta travessia leva de 9–14 dias.[1] A estação Kohnenn é a base logística para o projeto do núcleo de gelo na Terra da Rainha Maud, o Projeto Europeu para o Núcleo de Gelo na Antártica (EPICA). Um núcleo também foi perfurado na Estação Kohnen.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Drilling into the past - The Kohnen Station in the Antarctic Alfred Wegener Institute for Polar and Marine Research (AWI). Visitado em 13 de setembro de 2010.
  2. Thomas Stocker. European Project for Ice Coring in Antarctica (EPICA) European Science Foundation.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kohnen-Station

75° 0′ S 0° 4′ E


Ícone de esboço Este artigo sobre a localização da Terra da Rainha Maud é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.