Exército Anglo-Luso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exército Anglo-Luso
Anglo-Portuguese Army
A fuga do Marechal Soult da cidade do Porto
País  Portugal Reino Unido Reino Unido
Corporação Forças Armadas
Subordinação João VI de Portugal
Jorge III do Reino Unido
Missão Lutar contra o Exército Imperial Francês na Guerra Peninsular
Criação 22 de Abril de 1809
Extinção 1814
História
Guerras/batalhas Batalha de Albuera, Cerco de Almeida (1810), Cerco de Almeida (1811), Combate de Arroyo de Molinos, Batalha de Badajoz, Batalha do Bidasoa, Cerco de Burgos, Batalha do Buçaco, Combate de Campo Maior, Combate do Côa, Cerco de Ciudad Rodrigo (1812), Batalha de Fuentes de Oñoro, Batalha de Garris, Batalha de Grijó, Batalha de Majadahonda, Batalha do Nive, Batalha de Nivelle, Batalha de Orthez, Batalha de Pombal, Batalha dos Pireneus, Combate de Redinha, Combate da Roliça, Batalha de Gebora, Batalha do Sabugal, Batalha de Salamanca, Cerco de San Sebastián, Batalha do Porto (1809), Batalha de Sorauren, Batalha de Talavera, Batalha de Toulouse (1814), Batalha do Vimeiro, Batalha de Vitoria
Logística
Efetivo 53.000 Britânicos
3.000 Hanoverianos da KGL
35.000 Portugueses Regulares
[1]
Comando
Comandante em chefe Arthur Wellesley
Comandantes
notáveis
Brent Spencer, Carlos Frederico Lecor, Henry Clinton, James Leith, John Hope, Lowry Cole, Robert Craufurd, Rowland Hill, Thomas Picton, William Beresford
Sede
Quartel-general Lisboa

O Exército Anglo-Português ou Exército Anglo-Luso (em inglês: Anglo-Portuguese Army) foi a combinação dos exércitos britânico e português que participou da Guerra Peninsular, sob o comando de Arthur Wellesley.

O Exército Anglo-Luso foi criado com o exército britânico implantado para a Península Ibérica sob o comando do general Arthur Wellesley e o Exército Português reconstruído sob a liderança do general britânico William Beresford e o Secretário de Guerra Português Miguel Pereira Forjaz.

Além de já se tornar comandante-em-chefe do exército britânico, em 22 de abril de 1809, Wellesley foi nomeado, pelo Governo Português, o Comandante-em-chefe do Exército Português. Ele, então, passou a ter os dois exércitos sob seu comando, transformando-os em um único exército integrado.

O Exército foi organizada em divisões, a maioria deles, incluindo unidades britânicas-portuguesas mistos. Normalmente, cada um tinha duas brigadas britânicas e uma brigada portuguesa. Na Divisão leve de elite, as próprias brigadas foram misturadas, cada um incluindo dois batalhões britânicos de infantaria leve e um batalhão de Caçadores Português.

Batalhas[editar | editar código-fonte]

As tabelas a seguir mostram a ordem de batalha e os comandantes do Exército Anglo-Português em várias fases da Guerra Peninsular.

Julho de 1809[2] Setembro de 1810[3] Maio de 1811[4] Setembro de 1811
Comandante em chefe Lt Gen Sir Arthur Wellesley Lt Gen Visconde Wellington Lt Gen Visconde Wellington Lt Gen o Conde de Wellington
Corps Commanders - - Maj Gen Brent Spencer[5]

Marechal William Carr Beresford[6]

Maj Gen Rowland Hill[7]

Lt Gen Sir Thomas Graham[8]

Cavalaria Lt Gen William Payne -[9] Maj Gen Stapleton Cotton

Maj Gen Sir William Erskine

Lt Gen Sir Stapleton Cotton
1.ª Divisão Maj Gen John Coape Sherbrooke Maj Gen Brent Spencer Maj Gen Miles Nightingall Lt Gen Sir Thomas Graham
2.ª Divisão Maj Gen Rowland Hill Maj Gen Rowland Hill Maj Gen the Hon William Stewart Maj Gen the Hon William Stewart
3.ª Divisão Maj Gen Alexander Randoll Mackenzie Maj Gen Thomas Picton Maj Gen Thomas Picton Maj Gen Thomas Picton
4.ª Divisão Brig Gen Alexander Campbell Maj Gen the Hon Lowry Cole Maj Gen the Hon Lowry Cole Maj Gen the Hon Lowry Cole
5.ª Divisão - Maj Gen James Leith Maj Gen Sir William Erskine Maj Gen James Dunlop
6.ª Divisão - - Maj Gen Alexander Campbell Maj Gen Alexander Campbell
7.ª Divisão - - Maj Gen William Houston Maj Gen John Sontag
Divisão Leve - Brig Gen Robert Craufurd Brig Gen Robert Craufurd Brig Gen Robert Craufurd
Divisão Portuguesa - Maj Gen John Hamilton Maj Gen John Hamilton Maj Gen John Hamilton
Brigadas Independentes -
  • Brig Gen Denis Pack
  • Brig Gen Alexander Campbell
  • Brig Gen Francis John Coleman
Julho de 1812[11] Junho de 1813[12] Novembro de 1813[13] Abril de 1814[14]
Comandante em chefe Lt Gen o Conde de Wellington Lt Gen o Duque da Vitória Marechal de Campo o Duque da Vitória Marechal de Campo o Duque da Vitória
Corps Commanders Maj Gen Rowland Hill[15] Lt Gen Sir Rowland Hill[16]

Lt Gen the Conde de Dalhousie[17]

Lt Gen Sir Thomas Graham[18]

Lt Gen Sir Rowland Hill[19]

Lt Gen the Hon Sir John Hope[20]

Maj Gen Charles, Baron von Alten[21]

Marechal Sir William Carr Beresford[22]

Lt Gen Sir Rowland Hill[23]

Lt Gen the Hon Sir John Hope[24]

Marechal Sir William Carr Beresford[25]

Cavalaria Lt Gen Sir Stapleton Cotton Lt Gen Sir Stapleton Cotton Lt Gen Sir Stapleton Cotton[26] Lt Gen Sir Stapleton Cotton
1.ª Divisão Maj Gen Henry Frederick Campbell Maj Gen Kenneth Alexander Howard Maj Gen Kenneth Alexander Howard Maj Gen Kenneth Alexander Howard[27]
2.ª Divisão Maj Gen the Hon William Stewart[28] Lt Gen the Hon William Stewart Lt Gen the Hon William Stewart Lt Gen the Hon William Stewart
3.ª Divisão Col the Hon Edward Pakenham Lt Gen Sir Thomas Picton Maj Gen the Hon Charles Colville Lt Gen Sir Thomas Picton
4.ª Divisão Maj Gen the Hon Lowry Cole Lt Gen the Hon Sir Lowry Cole Lt Gen the Hon Sir Lowry Cole Lt Gen the Hon Sir Lowry Cole
5.ª Divisão Maj Gen James Leith Maj Gen John Oswald Maj Gen Andrew Hay Maj Gen Andrew Hay[29]
6.ª Divisão Maj Gen Henry Clinton Maj Gen Henry Clinton[30] Lt Gen Sir Henry Clinton Lt Gen Sir Henry Clinton
7.ª Divisão Maj Gen John Hope[31] Lt Gen o Conde de Dalhousie Maj Gen Carlos Lecor Maj Gen George Townshend Walker[32]
Divisão Leve Maj Gen Charles, Baron von Alten Maj Gen Charles, Baron von Alten Maj Gen Charles, Baron von Alten Maj Gen Charles, Baron von Alten
Divisão Portuguesa Maj Gen John Hamilton[33] Maj Gen Francisco Silveira, Conde de Amarante Lt Gen Sir John Hamilton Maj Gen Carlos Lecor
Brigadas Independentes
  • Brig Gen Denis Pack
  • Brig Gen Thomas Bradford
  • Maj Gen Lord Aylmer
  • Brig Gen John Wilson
  • Maj Gen Thomas Bradford
  • Maj Gen Lord Aylmer
  • Maj Gen Alexander Campbell
  • Maj Gen Thomas Bradford

Referências

  1. The Portuguese Army of the Napoleonic Wars, By Rene Chartrand, Bill Younghusband, pg16
  2. Batalha de Talavera de la Reina
  3. Batalha do Buçaco
  4. Batalhas de Fuentes de Oñoro e Albuera
  5. 1.ª e 3.ª Divisões.
  6. 2.ª e 4.ª Divisões e Divisão Portuguesa. O comandante habitual deste corpo, Hill, estava em licença médica na Inglaterra no momento da Albuera.
  7. 2.ª Divisão e Divisão Portuguesa.
  8. Graham era o segundo-em-comando do exército principal, não operava como um corpo distinto.
  9. Somente 2 esquadrões da 14th Light Dragoons estavam presentes (Glover, p.375)
  10. KGL Light Battalions
  11. Batalha de Salamanca
  12. Batalha de Vitória
  13. Batalhas dos Pirenéus, Nivelle e do Nive
  14. Batalha de Toulouse
  15. 2.ª Divisão e Divisão Portuguesa.
  16. 2.ª Divisão e Divisão Portuguesa.
  17. 3.ª e 7.ª Divisões.
  18. 1.ª e 5.ª Divisões.
  19. 2.ª e 6.ª Divisões e Divisão Portuguesa.
  20. 1.ª e 5.ª Divisões.
  21. Divisão Leve e espanhóis engajados.
  22. 3.ª, 4.ª e 7.ª Divisões.
  23. 2.ª Divisão e Divisão Portuguesa.
  24. 1.ª e 5.ª Divisões.
  25. 4.ª e 6.ª Divisões.
  26. A maior parte da cavalaria foi dividida na retaguarda na batalha dos Pirenéus.
  27. Ausente em Toulouse, presente em Bayonne.
  28. Ausente em Salamanca
  29. Ausente em Toulouse, presente em Bayonne.
  30. Ausente em Vitória
  31. Não confundir com o Lt Gen John Hope que comandou um corps em 1813
  32. Ausente em Toulouse, ocupando Bordeaux.
  33. Ausente em Salamanca

Bibliografia[editar | editar código-fonte]