Exposição Universal de 1876

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Centennial Tower, uma torre de mais de trezentos metros de altura foi projetada para a exposição, mas nunca foi construída.

A Exposição Universal de 1876, primeira Exposição mundial nos Estados Unidos, aconteceu na Filadélfia, Pennsylvania, para comemorar o centenário da assinatura da declaração de independência do país, que também aconteceu na Filadélfia. Foi montada em Fairmount Park, ao longo do rio Schuylkill. As instalações foram projetadas por Hermann Schwarzmann. Contou com de 10 milhões de visitantes, o equivalente a 20% da população do país na época, entretanto os visitantes foram contados novamente a cada vez que entraram na mostra.

A ideia da exposição é creditada a John L. Campbell, professor de matemática, e astronomia no Wabash College, Crawfordsville, Indiana.[1] Mais de 200 prédios construídos dentro do perímetro da exposição eram circundados por uma cerca que media mais de quatro quilômetros de comprimento.[2] Vinte seis estados americanos tinham seu próprio prédio dos quais o Ohio House é o único ainda existente.[3] Onze outras nações também tinham seus próprios prédios.[4]

Projetado em estilo arte nova por Hermann J. Schwarzmann, o Memorial Hall alojou a exposição de arte. Após a exposição o Memorial Hall reabriu em 1877 como Pennsylvania Museum of Art e alojava também a escola de artes industriais da Pennsylvania. Em 1928 o museu mudou-se para Fairmount e em 1938 recebeu um novo nome, Philadelphia Museum of Art. O Memorial Hall como sede da escola de artes industriais.[5] O museu escola é agora a University of the Arts. Mais tarde o edifício foi utilizado como delegacia de polícia e estava sendo restaurado para alojar o Please Touch Museum previsto para inaugurar em 18 de outubro de 2008.[6] [7]

Memorial Hall

Para anunciar a abertura da Exposição do Centenário, sinos soaram sobre toda a Filadélfia. Estavam presentes à cerimonia o presidente dos Estados Unidos, Ulysses Grant e sua esposa e o Dom Pedro II Imperador do Brasil com sua esposa. A cerimônia terminou no pavilhão de maquinas e equipamentos com Grant e Dom Pedro dando a partida no motor a vapor Corliss Steam Engine que fornecia energia para a maioria dos outros equipamentos da Exposição.

Alguns dos produtos mostrados ao público pela primeira vez na exposição de Filadélfia foram:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Gross, Linda P.; Theresa R. Snyder. Philadelphia's 1876 Centennial Exhibition. [S.l.]: Arcadia Publishing, 2005. 7 pp. ISBN 0-7385-3888-4
  2. Philadelphia: A 300-Year History, page 464
  3. Buildings That Need Adoption Fairmount Park. Visitado em 2007-01-17.
  4. Philadelphia's 1876 Centennial Exhibition, page 109
  5. Philadelphia's 1876 Centennial Exhibition, page 105
  6. Philadelphia: A 300-Year History, page 462
  7. Resinger, Kelly. Memorial Hall Update Please Touch Museum. Visitado em 2007-01-17.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gross, Linda P.; Theresa R. Snyder. Philadelphia's 1876 Centennial Exhibition. [S.l.]: Arcadia Publishing, 2005. ISBN 0-7385-3888-4
  • Harrington, Kate. Centennial and Other Poems. [S.l.]: Kessinger Publishing, 1876. ISBN 9780548433720
  • Wainwright, Nicholas; Russell Weigley and Edwin Wolf. Philadelphia: A 300-Year History. [S.l.]: W.W. Norton & Company, 1982. ISBN 0-393-01610-2
  • Strahan (ed.), Edward. A Century After, picturesque glimpses of Philadelphia and Pennsylvania. Philadelphia: Allen, Lane & Scott and J. W. Lauderbach, 1875.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.