Fanny Mendelssohn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fanny Mendelssohn
Fanny Hensel, 1842, por Moritz Daniel Oppenheim.
Nome completo Fanny Cäcilie Mendelssohn
Nascimento 14 de Novembro de 1805
Morte 14 de Maio de 1847 (41 anos)
Nacionalidade Alemanha Alemã
Cônjuge Wilhelm Hensel
Filho(s) Sebastian Ludwig Felix Hensel
Ocupação Compositora, pianista

Fanny Cäcilie Mendelssohn, mais tarde Fanny Hensel (14 de novembro de 1805 - 14 de maio de 1847), foi uma pianista e compositora da Alemanha, irmã de Felix Mendelssohn; ambos netos do filósofo Moses Mendelssohn. Ela é a primeira compositora importante do mundo.

Vida[editar | editar código-fonte]

Fanny Mendelssohn, retrato por seu futuro esposo Wilhelm Hensel

Fanny Mendelssohn nasceu em Hamburg, como primeira de quatro crianças. Em 1811 a família fugiu das atrocidades do exército de Napoleão para Berlim. A família era de origem judia, mas tornou-se Protestante. Fanny e seus irmãos foram batizadas em 1816 em Berlim; neste dia Fanny recebeu o segundo nome Cäcilie.

Como mulher, Fanny não podia pensar em exercer uma profissão séria. Por isso recebeu aulas de música somente para ser amadora e não para ser profissional como seu irmão Felix. Mesmo assim Fanny aprendeu com grande velocidade. Tornou-se uma pianista extraordinária e começou a compor desde criança.[1]

Presa aos preconceitos da época, a própria família teve vergonha do fato que Fanny queria ser compositora e não somente uma dona de casa em uma família tradicional da classe média alta.

Em 1829, depois de um namorado de vários anos, Fanny casou com o pintor artista Wilhelm Hensel e no ano seguinte deu à luz seu único filho, Sebastian Ludwig Felix Hensel.[2]

O marido gostou das atividades musicais de sua esposa e ela teve oportunidades de organizar apresentações em casa. Em seguida 1838 ela tocou também publicamente, e em 1846 ela publicou alguns cânticos no estilo Lied.[3]

Sepulcro de Fanny Hensel em Berlim[4]

Fanny Hensel morreu em Berlin em 1847 depois de um ataque de apoplexia.

Música[editar | editar código-fonte]

São conhecidas 466 composições de Fanny. Entre elas predominam cânticos no estilo Lied, o que era muito popular nesta época, e músicas para piano. A maior obra dela é o "Oratorium nach Bildern der Bibel" (Oratório segundo imagens da Bìblia), 1831, para coral, orquestra e solistas, uma belíssima obra romântica. Pelos preconceitos da época a obra nunca foi dada e estreou somente em 1987 pelos maestros Elke Mascha Blankenburg, Wolfhagen Sobirey e Axel Bergstedt, na Alemanha.

Referências

  1. Citron, Mendelssohn, Fanny
  2. Fanny Mendelssohn: Her Life and Music, musicforpianos.com
  3. Citron, Mendelssohn, Fanny
  4. Fanny Mendelssohn (em inglês) no Find a Grave.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Fanny Mendelssohn
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.