Fat Man and Little Boy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fat Man and Little Boy
Sombras no Futuro (PT)
O Início do Fim (BR)
 Estados Unidos
1989 • cor • 127 min 
Direção Roland Joffé
Roteiro Roland Joffe
Bruce Robinson
Elenco Paul Newman
Dwight Schultz
Bonnie Bedelia
John Cusack
Laura Dern
John C. McGinley
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Fat Man and Little Boy (no Brasil, O Início do Fim; em Portugal, Sombras no Futuro), também conhecido como Shadow Makers no Reino Unido, é um filme estadunidense de 1989, um drama histórico dirigido e co-escrito por Roland Joffé. O roteiro do diretor e de Bruce Robinson aborda a história do Projeto Manhattan, esforço de militares e cientistas aliados que construiram as primeiras bombas atômicas durante a Segunda Guerra Mundial. O título original significa "Menino Pequeno e Homem Gordo", nomes-códigos dados as duas primeiras bombas atômicas lançadas no Japão, ambas alusões a personagens de literatura policial criados por Dashiell Hammett.

O filme participou do 40º Festival de Internacional de Cinema de Berlim.[1]


Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 1943, o general e engenheiro americano Leslie Groves que supervisionou a construção do edifício do Pentágono é convocado para liderar o ultra-secreto Projeto Manhattan, cujo objetivo é construir bombas atômicas para serem usadas contra a Alemanha na Segunda Guerra Mundial num prazo de dezenove meses.

Groves entra em contato com o físico da Universidade da Califórnia, J. Robert Oppenheimer para que cuide do projeto sob a supervisão dele. Oppenheimer se muda com a família para as instalações no Novo México. Para o trabalho ele escolhe uma remota área localizada no Desfiladeiro de Los Alamos, noroeste de Santa Fé. As diferenças de personalidade de Groves e Oppenheimer resultarão em constantes altercações enquanto o projeto cria forma. Um dos cientistas recrutados, Michael Merriman, se relaciona com a enfermeira Kathleen Robinson enquanto trabalha com radiação usando pouca proteção. Enquanto isso os militares pressionam Groves para afastar Oppenheimer quando descobrem que ele possui uma amante simpatizante dos comunistas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

A maior parte dos personagens e acontecimentos são verídicos embora em versões dramatizadas para o cinema.

O personagem Michael Merriman (John Cusack) foi composto baseado em várias pessoas que representariam o "homem comum".[2] Parte é inspirada em Louis Slotin, um jovem cientista popular. Ao contrário de Merriman, o acidente fatal de Slotin ocorreu após o bombardeio das bombas atômicas no Japão.[3] Outro acidente nuclear ocorreu duas semanas após a explosão em Nagasaki, com Harry Daghlian.

Após iniciar o trabalho no laboratório, Oppenheimer se encontrou uma única vez com a amante Tatlock, em meados de junho de 1943, quando ela disse que o amava e queria vê-lo.[4] Após passarem a noite juntos, não se viram mais. Ela se suicidou seis meses após o encontro.[5]

Produção[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram no inverno de 1988 principalmente em Durango, México, local da recriação da fábrica de Los Alamos. Esse cenário contou com 35 prédios ao custo de 2 milhões de dolares.[6]

Referências

  1. Berlinale: 1990 Programme. berlinale.de. Página visitada em 17-03-2011.
  2. Kunk, Deborah J. - "'Fat Man' Brings Bomb Alive". - St. Paul Pioneer Press. - 20 de outubro de 1989.
  3. The Atomic Heritage Foundation. The Mystery of Michael Merriman. Página visitada em 1 de junho de 2008.
  4. Oppenheimer, J. Robert, Alice Kimball Smith, and Charles Weiner (1995). - Robert Oppenheimer: Letters and Recollections. - p.262.
    — Chafe, William Henry. - The Achievement of American Liberalism. - p.141.
  5. Bird, Kai, and Martin J. Sherwin (2005). - American Prometheus: The Triumph and Tragedy of J. Robert Oppenheimer. - New York: Alfred A. Knopf. - ISBN 978-0-375-41202-8
    —Conant, Jennet. - 109 East Palace: Robert Oppenheimer and the Secret City of Los Alamos. - New York: Simon & Schuster. - ISBN 978-0-7432-5007-8
  6. "Films in Production". - The Record. - October 28, 1988.
    —Rohter, Larry. - "Dropping a Bomb: 'Fat Man and Little Boy' explores fact and fiction at the dawn of the nuclear age". - St. Petersburg Times. - 21 de outubro de 1989.
    —Arar, Yardena. - "Entertaining Thoughts - 'Fat Man' had Weaknesses from Day One". - Daily News of Los Angeles. - 22 de outubro de 1989.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]