Gameleira (Pernambuco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Gameleira
Bandeira de Gameleira
Brasão de Gameleira
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 10 de Abril
Fundação 10 de Abril de 1896
Gentílico gameleirense
Prefeito(a) Yeda Augusta Santos de Oliveira (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Gameleira
Localização de Gameleira em Pernambuco
Gameleira está localizado em: Brasil
Gameleira
Localização de Gameleira no Brasil
08° 35' 02" S 35° 23' 13" O08° 35' 02" S 35° 23' 13" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Mata Pernambucana IBGE/2008[1]
Microrregião Mata Meridional Pernambucana IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Ao norte com Ribeirão (Pernambuco), ao sul com Água Preta, ao leste com Rio Formoso e Ribeirão (Pernambuco) e a oeste com Água Preta.
Distância até a capital 93 4 km km
Características geográficas
Área 257,716 km² [2]
População 29 829 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 115,74 hab./km²
Altitude 101 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 128 730 mil IBGE/2011[5]
PIB per capita R$ 4 562 80 IBGE/2011[5]
Página oficial

Gameleira é um município brasileiro do estado de Pernambuco. O município é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Cuiambuca, José da Costa e Cachoeira Lisa.

História[editar | editar código-fonte]

Os distritos da Gameleira foram criados conforme a Lei provincial n° 763, de 11 de julho de 1867, e integrava o território do município de Sirinhaém. A vila foi criada pela Lei provincial n° 1.057, de 7 de junho de 1872, cuja instalação ocorreu em 13 de dezembro de 1873. Em 1860, no lugar onde está localizada a cidade, a estrada de ferro do Recife ao São Francisco estabeleceu uma estação, sendo, então, a terceira seção da construção da linha. Enquanto os trabalhos seguiam, foi ali, durante algum tempo, núcleo de regular movimento, criando-se então uma feira. Os senhores de engenho dos municípios vizinhos fizeram desse local a estação preferida para a remessa de açúcar para o Recife. Foram edificados então armazéns daquele produto, residências e outras construções, transformando o local em uma povoação, que tomou o nome da Gameleira, devido a um engenho homônimo, e pelo fato do grande número de árvores com o nome de Gameleira, que existiam na época. Em 1867 a Lei provincial n° 763 deu-lhe a categoria de freguesia.

Política[editar | editar código-fonte]

Religião[editar | editar código-fonte]

A religião em Gameleira e bastante significativa. Antes mesmo da cidade ser constituída como cidade, foi construída a principal igreja da cidade, a matriz da Igreja Católica Apostólica Romana, localizada no centro da Cidade. No dia 24 de agosto, de 2010, o Bispo Emérito de Palmares Dom Acácio Rodrigues Alves faleceu na cidade do Recife-PE, seu corpo que seria enterrado em Palmares não foi sepultado lá pois não havia condições para o mesmo ter acontecido; contudo, o sepultamento do primeiro Bispo da Diocese de Palmares ocorreu no município de Gameleira-PE, localizado na Mata Sul de Pernambuco. Centenas de fiés da Diocese como de outros Estados estiveram presentes no sepultamento. Este momento teve a presença de todo Clero diocesano juntamente com seu atual Padre à época, Dom Genival, Também esteve presente o Bispo da Diocese de Caruaru, Dom Bernadino Marchió (Dom Dino). O Sepultamento que estava previsto para às 10:00hs, só ocorreu às 13:30hs.

Geografia[editar | editar código-fonte]

  • População segundo o censo IBGE/2010: 27.915 - Zona urbana: 19.504. Zona rural: 8.411.

O território apresenta uma topografia variada. É banhado pelo rio Sirinhaém. O clima é ameno e o solo é de composição sílico-argiloso em quase toda a sua extensão.

As bacias hidrográficas são as do rio Sirinhaém e com uma área pertencente ao município, de 10,12% e de 1,83% respectivamente. O rio Sirinhaém se encontra com o rio Amaraji no distrito de Cachoeira Lisa, onde está construída uma ponte de concreto, que dá acesso à BR 101 - Sul. O centro urbano está formado por ruas calçadas e praças arborizadas, além de bons imóveis residenciais e comerciais.

O acesso da sede do município à capital do estado pela estrada de ferro é de 96 km e pela estrada asfaltada é de 98 km. O município é dotado de serviços de abastecimento de energia elétrica, feito pela CELPE. Área de comunicações, o município é servido por correio, telefone, rádio e televisão. A ligação por ônibus é feita através das linhas intermunicipais: Gameleira, Cucaú, Ribeirão, Escada, Recife e outras. Gameleira dispõe de um terminal rodoviário com 91 metros de área construída, uma Biblioteca Pública Municipal, Clube Recreativo e duas escolas estaduais, além de diversas escolas municipais.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2014 Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (agosto de 2014). Página visitada em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 01 de outubro de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2011 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 18 dez. 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.