Heritage (álbum de Opeth)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heritage
Álbum de estúdio de Opeth
Lançamento 14 de Setembro de 2011[1] [2]
Gravação 31 Janeiro – 21 Fevereiro 2011 (Atlantis Studios em Estocolmo)
Gênero(s) Metal progressivo, Rock progressivo, Rock neoprogressivo, Fusão jazz[3]
Duração 57:04
Formato(s) CD
Gravadora(s) Roadrunner Records
Produção Mikael Åkerfeldt
Cronologia de Opeth
Último
Último
Watershed
(2008)
Próximo
Próximo
Singles de Heritage
  1. "The Devil's Orchard"
    Lançamento: 27 de Julho de 2011[4] [5]

Heritage é o décimo álbum de estúdio da banda sueca Opeth, lançado a 14 de setembro de 2011 pela Roadrunner Records.[1] [2] É o décimo álbum de estúdio da banda e o primeiro desde Watershed em 2008, marcando o maior intervalo entre álbuns de estúdio na sua história. Heritage é a ultima gravação de Opeth com Per Wilberg como teclista.[6] [7] A canção Slither é uma dedicatória da banda a Ronnie James Dio.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Depois de passar quase dois anos a promoção de Watershed, Opeth embarcou em seis-show, turnê mundial 30 de Março a 09 de abril de 2010 em comemoração do seu 20 º aniversário. Durante uma conferência de imprensa no final daquele ano para o DVD resultante, In Concert Live at the Royal Albert Hall, Mikael Åkerfeldt disse à revista Classic Rock que ele finalmente tinha escrito para um álbum novo de Opeth.[8]

A 01 de dezembro de 2010, a banda anunciou que iria entrar nos estudios de Atlantis / Metrônomo em Estocolmo, em 31 de janeiro de 2011 para começar a gravar com Jens Bogren na engenharia e Steven Wilson na mistura.[9] Ao final de março, a mistura estava completa e Per Wiberg tinha sido dispensado das suas funções em Opeth como parte de uma decisão mútua com a banda em 06 de abril de 2011.[6] [10] Joakim Svalberg foi confirmado como o novo teclista permanente de Opeth no site oficial.[7]

Em 25 de maio de 2011, o título do álbum, "Heritage", foi anunciado.[11]

Em 26 de Julho de 2011, a banda estreou o primeiro single do álbum, "The Devil's Orchard", em Stereogum.[12] A canção é descrita por ter uma "mistura de períodos de recuperação do jazz".[12]

Em 11 de setembro de 2011, foi transmitido "Heritage" na íntegra na "NPR Music".[13]

Capa[editar | editar código-fonte]

Poucos dias depois do anúncio do título do álbum, a arte da capa foi revelada.[14] Foi feita pelo antigo colaborador de Opeth, Travis Smith.[14] Tal como confirmado por Mikael Åkerfeldt numa entrevista por vídeo em Culture Face, a capa é repleta de simbolismo. A árvore representa a banda florescente no presente, enquanto as suas raízes "descer ao inferno" representam a história da banda no período death metal. Os rostos da árvore são os atuais membros da banda, com a cabeça de Wiberg a cair da árvore que representa o fato de que ele estava na banda durante a gravação do álbum, deixando-a pouco depois. Os crânios debaixo da árvore também representam os membros passados da banda.

Estilo Musical[editar | editar código-fonte]

Heritage sinaliza uma partida para Opeth do estilo musical dos seus álbuns anteriores. Originalmente, as duas primeiras músicas que Mikael Åkerfeldt escreveu para o álbum foram no estilo de Watershed, mas exclui-as logo depois. Depois de escrever "The Lines in My Hand" e falar com Martin Mendez, Åkerfeldt decidiu escrever o resto do álbum nesse estilo. Heritage não apresenta nenhuns vocais guturais,[15] , que têm estado presentes em todos os álbuns de Opeth, exceto em Damnation. A faixa-título do álbum é influenciado por Jan Johansson na música folclórica sueca.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Special edition digipak CD/DVD
  • Faixas bônus: "Pyre" e "Face in the Snow"
  • Documentário "Making of Heritage"
  • Cartão com código para transferir as faixas bónus
  • Moeda da edição especial de Opeth (salvo ruptura de stock)
Deluxe box set
  • Duplo-LP de Heritage com exclusiva arte lenticular (180-gram vinyl)
  • Jaqueta gatefold personalizada que abriga a edição especial CD / DVD (inclui duas faixas bônus, 5.1 mix de áudio do álbum e o documentário "Making of Heritage")
  • 2 Faixas exclusivas de 7"
  • Arte de capa impressa em lítio
  • livro de 16 páginas com arte e fotos exclusivas
  • Download digital do álbum um dia antes do lançamento oficial[16]
  • Todo o conteúdo personalizado alojados em slipcase

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 72% [17]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [3]
Braingell Radio 9 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [18]
The Metal Critic 7.3 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg[19]
Metalholic.com 8.4 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg [20]
Sea of Tranquility 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg [21]
Sputnikmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg [22]
Thrash Hits 5 de 6 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [23]
Ruido Sonoro 5.5 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg [24]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg [25]

O site Allmusic afirma que "Amá-lo ou odiá-lo, Heritage, por seus muitos excessos - e concepção e execução estelar - é um álbum corajoso. Abre a porta para Opeth perseguir muitas direções novas e reinventar-se como uma banda."[3]

O critico Murat Batmaz da Sea of ​​Tranquility, observou que nenhuma parte do álbum pode ser considerado metal e elogiou-o como uma "obra-prima de queima lenta."[26]

Tabelas de Vendas[editar | editar código-fonte]

Tabela (2011) Pico
Posição
Tabela Australiana[27] 12
Tabela Austríaca [28] 16
Tabela Belga[28] 87
Tabela Dinamarquesa[28] 8
Tabela Holandesa[28] 10
Tabela Francesa[28] 24
Tabela Alemã[28] 9
Tabela Hungara[29] 22
Tabela Irlandesa[28] 34
Tabela Neo-Zelandesa[28] 26
Tabela Norueguesa[28] 8
Tabela Oficial Britânica[28] 22
Tabela Britânica de Rock[28] 1
US Billboard 200[28] 19

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as musicas escritas por Mikael Åkerfeldt, excepto quando anotado.

N.º Título Duração
1. "Heritage" (instrumental) 2:05
2. "The Devil's Orchard"   6:40
3. "I Feel the Dark"   6:40
4. "Slither"   4:03
5. "Nepenthe"   5:40
6. "Häxprocess"   6:57
7. "Famine"   8:32
8. "The Lines in My Hand"   3:49
9. "Folklore"   8:19
10. "Marrow of the Earth" (instrumental) 4:19
11. "Pyre (faixa bónus, Åkerfeldt, Fredrik Åkesson[30] )"   5:32
12. "Face in the Snow (faixa bónus[30] )"   4:04

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Historial de Lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data
 Japão[1] 14 Setembro 2011
 Austrália[34] 16 Setembro 2011
 Bélgica[35]
 Alemanha[36]
 Irlanda[37]
 Noruega[38]
 Nova Zelândia[39] 19 Setembro 2011
 Portugal[40]
 Reino Unido[41]
 Canadá[42] 20 Setembro 2011
 Itália[43]
 México[44]
 Espanha[45]
 EUA[46]

Referências

  1. a b c http://www.cdjapan.co.jp/detailview.html?KEY=WPCR-14191
  2. a b c Opeth - "Heritage" Metal Archives. Visitado em 27-9-2011.
  3. a b c Jurek, Thom. Allmusic review Allmusic.com 2011-09-16. Retrieved on 2011-09-16.
  4. Opeth To Release Heritage In September The Gauntlet (Maio 26, 2011). Visitado em Maio 27, 2011.
  5. Opeth To Release Heritage This September! Roadrunner Records (Maio 26, 2011). Visitado em Maio 28, 2011.
  6. a b Blabbermouth. http://www.roadrunnerrecords.com/news/Opeth-Part-Ways-With--Keyboardist-Per-Wiberg-22880.aspx. Published 04/07/11. Recuperada 07/29/11.
  7. a b OPETH Working With Keyboardist JOAKIM SVALBERG; U.S. Dates With KATATONIA Announced - June 2, 2011 Blabbermouth.net.
  8. Opeth Exclusive: See Special Live Video Clip Classic Rock Magazine (September 9, 2010). Visitado em 2010-07-09.
  9. Opeth website new album recording.
  10. Steven Wilson's official Facebook page.
  11. Official Opeth Website. http://opeth.com/index.php/news/show/id/212. Published 05/25/11. Retrieved 06/05/11.
  12. a b Opeth – “The Devil’s Orchard” (Stereogum Premiere) stereogum.com. 2011-07-26. Retrieved on 2011-07-26.
  13. Gotrich, Lars. First Listen: Opeth, 'Heritage'. NPR. 11 Setembro 2011. Recuperada 12 Setembro 2011.
  14. a b Blabbermouth. http://www.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=158890. Published 06/01/11. Recuperada 06/05/11.
  15. Inferno. http://www.inferno.fi/blogi-opeth-heritage-ilm-20-9-4914/
  16. http://www.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=161234
  17. Heritage - Opeth Metacritic. Visitado em 29-9-2011.
  18. Gehrig, John. Heritage review braingell.com. 2011-09-06. Retrieved on 2011-09-07.
  19. The Metal Critic: Opeth - Heritage The Metal Critic. Visitado em September 22, 2011.
  20. Rose, Rustyn. Metalholic Magazine review metalholic.com 2011-09-21. Retrieved on 2011-09-21.
  21. Batmaz, Murat. Sea of Tranquility review seaoftranquility.org 2011-09-17. Retrieved on 2011-09-17.
  22. Thomas, Adam. Sputnikmusic review Sputnikmusic 2011-09-16. Retrieved on 2011-09-23.
  23. Sharma, Amit. Heritage review 2011-09-06. Retrieved on 2011-09-07.
  24. Ruido Sonoro Heritage - Análise
  25. Chuck Eddy Heritage review rollingstone.com 2011-09-28.
  26. Batmaz, Murat Sea of Tranquility review
  27. australian-charts.com - Opeth - Heritage Hung Medien. Visitado em September 27, 2011.
  28. a b c d e f g h i j k l OPETH: More 'Heritage' First-Week Chart Positions Revealed (2011-09-27).
  29. MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége mahasz.hu. Visitado em 2011-09-28.
  30. a b opeth.com
  31. Opeth Performs With New Keyboardist At Bonnaroo Music and Arts Festival blabbermouth.net. 2011-06-12. Recuperado on 2011-06-14.
  32. OPETH's New Album To Feature Guest Appearance By Former WEATHER REPORT Drummer - June 16, 2011. Visitado em 23 June 2011.
  33. http://puregrainaudio.com/interviews/interview-with-opeth-guitarist-fredrik-akesson
  34. Heritage information roadrunnerrecords.com.au. Retrieved on 2011-08-31.
  35. http://itunes.apple.com/be/preorder/heritage/id454213824
  36. http://itunes.apple.com/de/preorder/heritage/id454213824
  37. http://itunes.apple.com/ie/preorder/heritage/id454213824
  38. http://itunes.apple.com/no/preorder/heritage/id454213824
  39. http://itunes.apple.com/nz/preorder/heritage/id454213824
  40. http://itunes.apple.com/pt/preorder/heritage/id454213824
  41. Heritage pre-order Play.com Retrieved on 2011-09-03.
  42. http://itunes.apple.com/ca/preorder/heritage/id454213824
  43. http://itunes.apple.com/it/preorder/heritage/id454213824
  44. http://itunes.apple.com/mx/preorder/heritage/id454213824
  45. http://itunes.apple.com/es/preorder/heritage/id454213824
  46. http://itunes.apple.com/us/preorder/heritage/id454213824

Ligações externas[editar | editar código-fonte]