Igreja Reformada Evangélica em Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

Igreja Reformada Evangélica em Portugal (IRE) é herdeira da Grande Reforma do século XVI e mantém o nome de "reformada"

Actualmente Igreja Reformada Evangélica teve o seu início na África do Sul em 1970 altura em que a Igreja Sul Africana (Nederdnitse Gereformeerde Kerk) lançou um trabalho de evangelização na comunidade de emigrantes portugueses, que mais tarde (1974) envolveu também alguns milhares de refugiados de Moçambique e em (1975) os refugiados de Angola.

O trabalho foi liderado pelo Pastor Petrus Arnoldus Pienaar e mais tarde pelos Pastores Mário Alves, Pietar Botha, Éber Cezar, Samuel Coelho, Kruger du Preez, Manie Taute entre outros. Foram estabelecidas cinco congregações de língua portuguesa na África do Sul. Em 1976, um número significante de membros, começaram a voltar a Portugal, para as terras onde nasceram, não encontrando na altura Igrejas da fé Reformada às quais se pudessem juntar. Por isso convidaram um Pastor da Igreja Reformada em África do Sul.

Desde 1977 o Pastor Pienaar começou a visitar anualmente os membros em Portugal, ministrando a Palavra e os Sacramentos do Senhor. Ocasionalmente esse trabalho foi apoiado por outros pastores. Em 1983 o Pastor Pienaar fixou-se em Portugal. O resultado deste trabalho foi o nascimento de duas Congregações autónomas da Igreja Reformada em Portugal. A primeira foi fundada em 19 de Outubro de 1985 no Porto com 50 membros, servindo a zona Norte do País. A segunda foi fundada em 26 de Outubro de 1985 em Lisboa, com 70 membros no Centro do País. Essas duas congregações, juntam-se anualmente em Reunião Sinodal.

Em 1990 o Pastor António Torre, um finalista do Curso do Instituto Bíblico Português, IBP, foi convidado e ficou a pastorear a Igreja até final de 1991 altura em que o Conselho da Igreja convida o Pastor Vítor Maia, também finalista em 1990 do curso Teológico do IBP, para pastorear a Igreja a tempo inteiro. De 1991 a 1996 foi pastor a tempo inteiro e sustentado pela Igreja, depois disso e até à presente data trabalha como "fazedor de tendas" e foi pregador todos os domingos até Junho de 2005 em Massamá / Lisboa. Deslocava-se normalmente uma vez por mês ao Porto, a 350 km, a fim de ali pregar o evangelhos aos irmãos dessa cidade.

2005[editar | editar código-fonte]

Em Junho de 2005 pela graça de Deus chegou o Pastor Hermanu Taute (Manie) que com a sua esposa Anellie vieram para assumir o Trabalho e então dar continuidade a esta Obra. Ainda em 2006 o Pr. Manie deu início a um novo trabalho na Moita, localidade a Sul to Tejo, onde dominicalmente se anuncia o Evangelho. Em 2007 cessou-se o trabalho na Moita e optou-se pela realização de cultos familiares sempre que possível em casa de algum dos membros da Igreja. Artigo colocado por Pr. Vítor Maia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]