José Agripino Barnet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José A. Barnet.jpg

José Agripino Barnet y Vinagres (23 de junho de 1864 - 18 de setembro de 1945) foi um político cubano e diplomata que atuou como Presidente de Cuba de 11 de dezembro de 1935 a 20 de maio de 1936. [1]

Ele foi o sétimo dirigente provisório após a queda de Gerardo Machado. [2]

Barnet nasceu na Espanha, mas seus pais nasceram em Cuba. Ele se formou na Faculdade de Direito da Universidade de Havana. Em 1887, foi para Paris, onde permaneceu até a instalação da República de Cuba em 1902. Foi nomeado cônsul de Cuba em Paris, na França, e em 1908 foi transferido como cônsul de Cuba em Liverpool, Inglaterra. Foi também cônsul cubano em Rotterdam e Hamburgo. Também atuou no Japão, Brasil, Alemanha e Suíça.

Era casado com Marcela Cleard e tiveram uma filha, Georgina Marcelle Barnet y Cleard (que se casou com Henri Jan van de Griendt).

Referências

  • Otero, Juan Joaquin. Libro De Cuba, Una Enciclopedia Ilustrada Que Abarca Las Artes, Las Letras, Las Ciencias, La Economia, La Politica, La Historia, La Docencia, Y ElProgreso General De La Nacion Cubana - Edicion Conmemorative del Cincuentenario de la Republica de Cuba, 1902-1952. [S.l.: s.n.], 1954. (espanhol)
Cargos políticos


Precedido por
Carlos Mendieta
Presidente de Cuba
11 de dezembro de 1935 – 20 de maio de 1936
Sucedido por
Miguel Mariano Gómez