Tomás Estrada Palma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomás Estrada Palma
1º Presidente de Cuba Cuba
Mandato 20 de maio de 1902
a 2 de dezembro de 1906
Sucessor(a) José Miguel Gómez
Vida
Nascimento 9 de julho de 1835
Cienfuegos (Cienfuegos), Flag of Cuba.svg Cuba
Morte 8 de novembro de 1908 (73 anos)
Bayamo (Granma), Flag of Cuba.svg Cuba
Dados pessoais
Partido Partido Revolucionário Cubano
Profissão Professor

Tomás Estrada Palma (Bayamo, 9 de julho de 1835Santiago de Cuba, 8 de novembro de 1908) foi um professor e político cubano.

Foi o primeiro presidente de Cuba, de 1902 a 1906.

Participou da Guerra de Independência Cubana de 1868. Foi presidente da República em armas de 1876 a 1877. Colaborou com a causa revolucionária dos Estados Unidos, em matéria da imigração, onde gozava de grande prestígio por seu trabalho como educador e intelectual.

Em 1895, José Martí encarregou-lhe de assessorar os que estavam à frente da direção do Partido Revolucionário Cubano. José Martí é assassinado em Dos Ríos, em 1895. Nisso, o então governo da República em armas, constituído naquele ano, designou Palma como delegado do Partido Revolucionário Cubano, e Agente do Governo da República em armas no exterior.

Em 12 de junho de 1901, o legislativo cubano aprova a Emenda Platt, imposta pelos estadunidenses, e Palma se elege o primeiro presidente de Cuba, em 1902. Seu governo ficou marcado pela tarefa de formalizar a dependência de Cuba com os Estados Unidos. Mas suas tentativas frustradas de reeleição desencadearam, em 1906, a Segunda Intervenção Estadunidende em Cuba, a pedido do próprio presidente. Por isso, o então secretário da Guerra dos Estados Unidos, William Howard Taft, assumiu o Governo Provisório Cubano.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Fernando Portella e José Herculano da Silva. Cuba. São Paulo, Ática, 2003.
  • Julio LeRiverend. La República - Dependencia e Revolución. La Habana, Editora Universitaria, 1966.
Precedido por
Presidente de Cuba
19021906
Sucedido por
José Miguel Gómez