Julianne McNamara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julianne McNamara
Informações pessoais
Nome completo Julianne Lyn McNamara
Modalidade Ginástica artística feminina
Representante Estados Unidos
Nascimento 11 de outubro de 1965 (48 anos)
Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Compleição Peso: 40 kg Altura: 1,48 m
Nível sênior
Período em atividade 19791984

Julianne Lyn McNamara (Nova Iorque, 11 de outubro de 1965) foi uma ginasta norte-americana que competiu em provas da modalidade artística.

McNamara foi a primeira ginasta da nação a conquistar uma medalha de ouro individual olímpica.[1] Além, a ex-atleta foi campeã estadunidense no mesmo ano em que conquistou a vaga na equipe nacional, que boicotou os Jogos de Moscou. Em Mundiais, foi medalhista de bronze nas barras assimétricas, seu aparelho de melhor desempenho.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filha de pais australianos, a carreira nacional de McNamara iniciou-se no ano de 1979, no Campeonato Nacional Júnior, no qual terminou com a sexta colocação geral.[2] Um ano mais tarde, a ginasta e sua companheira de clube, Tracee Talavera, classificaram-se para disputar as Olimpíadas de Moscou, na Rússia.[3] Contudo, o boicote realizado pelo governo norte-americano, impediu que qualquer atleta disputasse os eventos realizados nas modalidades esportivas.[4] Neste mesmo ano, Julianne tornou-se a campeã nacional, ao disputar, pela primeira vez, a competição sênior.[1] Apesar de vencer o individual geral, em sua estreia, a ginasta não repetira a conquista, terminando em quarto no ano seguinte, e em segundo, nos três anos sequenciais, sendo superada por Talavera, Dianne Durham e Mary Lou Retton.[2] [3]

Em 1981, disputando o Mundial de Moscou, a atleta conquistou uma medalha de bronze, em nova estreia na carreira, ao empatar com a soviética Yelena Davydova[5] , e atingiu a sétima colocação no individual geral – marca até então, inédita. No ano seguinte, na Copa do Mundo, novo bronze para a ginasta: na prova do salto sobre o cavalo e uma nova inédita posição: o oitavo lugar para a ginástica norte-americana, no concurso geral.[1] Em 1983, no Mundial de Budapeste, apesar de não conquistar medalhas, McNamara esteve presente em três finais. No individual geral, um erro na prova do solo a fez encerrar participação na 16º posição. Nas finais por aparelhos, a atleta ficou em sexto lugar no salto e em sétimo nas barras assimétricas. Em 1984, seu último como profissional no esporte, a ginasta participou de uma edição olímpica: Os Jogos de Los Angeles, nos Estados Unidos. Neles, a atleta conquistou três medalhas.[6] A primeira, por equipes, foi de prata. Ao lado de Kathy Johnson, Michelle Dusserre, Talavera, Pamela Bileck e Retton, a ginasta fora superada pela equipe romena de Ecaterina Szabó. Na sequência, um novo feito inédito para a ginástica estadunidense: A medalha de ouro em uma final por aparelhos – nas barras paralelas, empatada com a chinesa Ma Yanhong, sob a nota 10[1] . Encerrando sua participação, na final do solo, prata para a norte-americana, superada por Szabó.[3]

Ao encerrarem-se os Jogos, Julianne aposentou-se da modalidade. No entanto, só em 1987, esta retirada fora oficializada, e a agora ex-atleta, envolveu-se com a UCLA, a Universidade da Califórnia, onde ainda mantém vínculo.[3] Ao longo da carreira, McNamara conquistara notas dez em algumas competições, ao performar em seu aparelho de melhor desempenho: as paralelas assimétricas.[3]

Aposentada da ginástica, Julianne investiu em uma nova profissão: a de atriz, e envolveu-se com filmes e séries de tv – entre elas, Knight Rider.[7] Em adição, ainda fora comentarista em vários programas, trabalhou para a NBC por quatro anos (1988-1992) e na ESPN.[7] Em 1989, McNamara casou-se com Todd Zeile, um jogador de beisebol, que defendeu o Dodgers e o Texas Rangers. Junto, o casal teve quatro filhos, sendo Garret e Hannah, os mais velhos.[3] Bem visto pela comunidade esportiva, o casal está constantemente presente em eventos de caridade e em campeonatos de golfe.

Principais resultados[editar | editar código-fonte]

Ano Evento AA Equipe Salto sobre o cavalo. Trave. Barras assimétricas. Solo.
1979 Campeonato Nacional Júnior Medalha de prata
1980 Campeonato Nacional Medalha de ouro Medalha de ouro Medalha de bronze
Pré-Olímpico
1981 Campeonato Mundial de Ginástica Artística Medalha de bronze
1982 Campeonato Nacional Medalha de prata Medalha de ouro Medalha de bronze
Copa do Mundo Medalha de bronze
1983 Campeonato Nacional Medalha de prata Medalha de ouro
Campeonato Mundial de Ginástica Artística 16º
1984 Campeonato Nacional Medalha de prata Medalha de ouro Medalha de prata
Pré-Olímpico Medalha de prata
Jogos Olímpicos Medalha de prata Medalha de ouro Medalha de prata

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Biographies > Julianne McNamara (em inglês) HickokSports. Página visitada em 20 de maio de 2009.
  2. a b Julianne McNamara (em inglês) Gymn-Forum. Página visitada em 20 de maio de 2009.
  3. a b c d e f Whatever happened to Julianne McNamara? (em inglês) GymnasticsGreats. Página visitada em 20 de maio de 2009.
  4. Lico, Flavio de Almeida Andrade. O boicote aos jogos olímpicos de Moscou - 1980: uma análise da reação do movimento olímpico brasileiro e internacional (em português) USP. Página visitada em 19 de junho de 2009.
  5. World Championships > Womem > Uneven Bars (em inglês) Sports123. Página visitada em 19 de junho de 2009.
  6. Julianne McNamara (em inglês) SR. Página visitada em 20 de maio de 2009.
  7. a b Julianne McNamara (em inglês) Internet Movie Database. Página visitada em 20 de maio de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]