Leopold von Sacher-Masoch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leopold Ritter von Sacher-Masoch
Nascimento 27 de Janeiro de 1836
Lviv
Morte 9 de Março de 1895 (59 anos)
Magnum opus A Vênus de Peles

Leopold Ritter von Sacher-Masoch (Lviv, 27 de janeiro de 18369 de março de 1895) foi um escritor e jornalista austríaco, cujo nome esteve na base da criação, pelo psiquiatra alemão Richard von Krafft-Ebing, do termo masoquismo. O termo deriva de seu nome graças ao seu romance A Vênus de Peles (1870) onde um dos personagem atinge o gozo após ser surrado pelo amante da sua esposa.

Durante sua vida, Sacher-Masoch ganhou renome por seus contos galicianos. Era conhecido também como um homem das letras, às vezes comparado com Ivan Turgeniev, que era visto como um potencial sucessor de Goethe. Foi um pensador utópico que com suas visões regionalista, moralista e doutrinária expôs um pouco das ideias socialistas e humanistas em seus escritos. Alguns de seus textos foram traduzidos para português por Koseritz[1] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.