Lie to Me (série de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lie to me
Informação geral
Formato Série
Duração aprox. 42 min. (sem publicidade)
Criador(es) Samuel Baum
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Brian Grazer
David Nevins
Samuel Baum
Elenco Tim Roth
Kelli Williams
Brendan Hines
Monica Raymund
Hayley McFarland
Mekhi Phifer
Tema de abertura "Brand New Day" por Ryan Star
Empresa(s) de produção Fox Broadcasting Company
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos FOX
Transmissão original 21 de janeiro de 200931 de janeiro de 2011

Lie To Me (no Brasil, Engana-me, se Puder) é uma série televisiva americana que estreou na FOX em 21 de janeiro de 2009,[1] chegando ao Brasil oito meses depois (29 de Setembro de 2009[2] ) no canal FOX Brasil. Em Portugal a série estreou no dia 6 de Janeiro de 2010 no canal FOX. Atualmente no Brasil, é exibida na Rede Record, às terças, quintas e sextas-feiras, as 0h15.

O seriado está sendo transmitido pela Network Ten na Austrália e pela Global TV no Canadá.[3] [4] No Reino Unido, a premiére aconteceu na primavera de 2009, no Sky1.[5]

O personagem principal, Dr. Cal Lightman (interpretado pelo ator Tim Roth), é auxiliado por sua parceira Dr. Gillian Foster (Kelli Williams), que juntos detectam fraudes, observando a linguagem corporal e as Micro expressões faciais, e usam esse talento para assistenciar na obediência às leis com a ajuda do seu grupo de pesquisadores e psicólogos. O personagem Dr. Cal Lightman é baseado em Paul Ekman, notável psicólogo e expert em linguagem corporal e expressões faciais. Esta série é similar a série da Lifetime TV Angela's Eyes.[6] O trabalho científico de Paul Ekman tem sido desenvolvido em Portugal por Armindo Freitas-Magalhães.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A série traz as investigações de uma equipe formada por especialistas em detectar mentiras. As mínimas expressões e gestos são interpretados por esses cientistas do comportamento, que prestam seus serviços para diversas entidades, como o FBI, a polícia, empresas particulares ou mesmo pessoas que estejam dispostas a descobrir a verdade que alguém pode estar escondendo.

O grupo é liderado pelo Dr. Cal Lightman, um cientista que dedicou toda a sua vida ao estudo do comportamento humano. Lightman ainda conta com a ajuda da sua parceira e psicologa Dra. Gillian Foster, além do pesquisador Eli Locker, de Ria Torres, uma mulher com o talento natural de interpretar as expressões humanas e de Ben Reynolds, um agente do FBI que é designado para dar assistência ao Grupo Lightman em suas investigações. Juntos eles formam uma equipe de verdadeiros polígrafos humanos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

  • Tim Roth como Cal Lightman, um especialista em linguagem corporal e micro-expressões, que auxilia organizações judiciais locais e federais nas investigações de crimes. O personagem dele é baseado no Dr. Paul Ekman, notável psicólogo e especialista em linguagem corporal e expressões faciais.
  • Kelli Williams como Gillian Foster, amiga e sócia de Cal Lightman.
  • Monica Raymund como Ria Torres, Ex-funcionária de Aeroportos e trabalha no The Lightman Group.
  • Brendan Hines como Eli Loker, trabalha no The Lightman Group; e sempre diz a verdade.
  • Mekhi Phifer como Ben Reynolds, um agente do FBI designado para oferecer assistência armada e conhecimentos práticos. Reynolds nem sempre concorda com os métodos de Lightman. (Participou de parte da 1ª temporada e toda a 2ª).

Participação especial[editar | editar código-fonte]

Dublagem Brasileira[editar | editar código-fonte]

Estúdio: Sigma

Direção: Alessandra Araújo/ Antônio Moreno

Dr. Cal Lightman : César Marchetti

Dra. Gillian Foster : Christina Rodrigues

Eli Loker : Silvio Giraldi

Ria Torres: Monica Raymund

Emily Lightman : Jussara Marques

Agente Ben Reynolds : Cássius Romero

Participações

Sheila Redatti : Alessandra Araújo

Garrett Denning : Zeca Rodrigues

Episódios[editar | editar código-fonte]

1ª Temporada[editar | editar código-fonte]

1.01 - Pilot (Episódio Piloto)

1.02 - Moral Waiver (Renúncia moral)

1.03 - A Perfect Score (Uma pontuação perfeita)

1.04 - Love Always (Amor sempre)

1.05 - Unchained (Desencadeada)

1.06 - Do No Harm (Não causar danos)

1.07 - The Best Policy (A melhor política)

1.08 - Depraved Heart (Coração depravado)

1.09 - Life is Priceless (A vida é impagável)

1.10 - Better Half (Cara-metade)

1.11 - Undercover (Encoberto)

1.12 - Blinded (Cego)

1.13 - Sacrifice (Sacrifício)

2ª Temporada[editar | editar código-fonte]

2.01 - The Core of It (O cerne da questão)

2.02 - Truth or Consequences (Verdade ou Conseqüências)

2.03 - Control Factor (Fator Controle)

2.04 - Honey (Mel)

2.05 - Grievous Bodily Harm (Lesão corporal dolosa)

2.06 - Lack of Candor (A falta de sinceridade)

2.07 - Black Friday (Sexta-feira negra)

2.08 - Secret Santa (Santo segredo)

2.09 - Fold Equity (Dobrar a equidade)

2.10 - Tractor Man (Homem trator)

2.11 - Beat the Devil (Derrotar o Mal)

2.12 – Sweet Sixteen (Dezesseis doce)

2.13 - The Whole Truth (Toda a verdade)

2.14 - React To Contact (Reagem ao menor contato)

2.15 - Teacher and Pupils (Professores e Alunos)

2.16 - Delinquent (Delinqüente)

2.17 - Bullet Bump (Impacto da bala)

2.18 - Headlock

2.19 - Pied Piper (Flautista)

2.20 - Exposed (Expostos)

2.21 - Darkness and Light (Trevas e a luz)

2.22 - Black and White (Preto e Branco)

3ª Temporada[editar | editar código-fonte]

A terceira temporada estreou em 4 de outubro de 2010 e acabou em 31 de Janeiro de 2011, com o capítulo "Killer App".[7]

3.01 - In the Red (No vermelho)

3.02 - The Royal We (O homem feito de pó royal)

3.03 - Dirty Loyal (Garota danada)

3.04 - Double Blind (Cegos em dupla)

3.05 - The Canary's Song (O canto do canário)

3.06 - Beyond Belief (Atrás da verdade)

3.07 - Veronica

3.08 - Smoked (Defumado)

3.09 - Funhouse (Bordel)

3.10 - Rebound (Colando novamente)

3.11 - Saved (Salvo)

3.12 - Gone (Passado)

3.13 - Killer App (Aplicativo assassino)

O anúncio do cancelamento de Lie to Me foi feito pela FOX em 11/05/2011 depois de baixos índices de audiência.[8]

Referências

  1. Lie To Me. Página visitada em 2008-11-16.
  2. Lie To Me - Canal FOX Brasil. Página visitada em 2010-01-28.
  3. Knox, David. "TEN cooks up Big Brother replacement", TV.com, 2008-11-10. Página visitada em 2008-11-16.
  4. Tim Roth series honest about lying. JAM! Television. Página visitada em 2008-12-18.
  5. Sky1 acquires 'Lie To Me'. Digital Spy.
  6. Telling the truth about 'Lie to Me'. From Inside The Box. Página visitada em 2008-12-15.
  7. SEASON THREE OF “LIE TO ME” TO PREMIERE MONDAY, OCTOBER 4, ON FOX. Fox Flash. Página visitada em 05-10-2010.
  8. Fox cancela Human Target, Lie To Me, Chicago Code e outras duas séries (em inglês). Página visitada em 04 de julho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]