MSC Opera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MSC Opera
MSC Opera.jpg
MSC Opera
Carreira
Proprietário MSC Crociere
Fabricante Chantiers de I'Atlantique, St. Nazaire, França
Porto de registo  Panama
Estado Em operação
Características gerais
Tonelagem 58 058 t
Comprimento 251 m
Propulsão 4x Wartsila 12V38A, 30.600 kW (combinado)
Velocidade 21,7 nós (40,2 km/h)
Tripulação 740
Carga 1 712 passageiros

MSC Opera é um navio de cruzeiro construído em 2004, e atualmente é operado pela MSC Crociere (MSC Cruzeiros). Ele serviu como Navio Almirante da Empresa, até a entrada do MSC Musica em 2006. Ele pode acomodar 2.055 passageiros em 856 cabines, e hospedar cerca de 740 tripulantes.

Incidentes[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2010, uma semana depois de um incidente semelhante a bordo do MSC Orchestra, os Oficiais encontraram uma grande quantidade de cocaína escondida em quatro cabine de passageiros. Quatro letões e três lituanos foram condenados em Canterbury, e tiveram 84 anos de prisão.

No dia 14 de maio de 2011, o MSC Opera sofreu uma falha no motor no Mar Báltico. Ele foi rebocado para o porto de Nynäshamn, ao sul de Estocolmo, onde os passageiros foram transferidos para barcos pequenos. Cerca de 1.700 passageiros foram levados para casa de Estocolmo durante o dia. O navio estava sem energia elétrica após a falha no motor e internet . Relatórios afirmou que os banheiros eram inoperáveis, causando alguns problemas de saneamento. Os passageiros receberam um Voucher para cobrir o custo do cruzeiro. No dia 17 de maio de 2011, o MSC Opera partiu da rota de Nynäshamn, para Gdynia, na Polônia para reparos.

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre MSC Opera