Adobe Dreamweaver

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Macromedia Dreamweaver)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Adobe Dreamweaver
Desenvolvedor Adobe Systems, Macromedia
Lançamento 23 de Abril de 2012
Versão estável 13.0
Escrito em C++
Gênero(s) IDE
Licença Proprietária
Página oficial [1]

O Adobe Dreamweaver, antigo Macromedia Dreamweaver é um software de desenvolvimento voltado para a web criada pela Macromedia (adquirida pela Adobe Systems), e que está atualmente na versão CC.

Suas versões iniciais serviam como um simples editor HTML WYSIWYG ("What You See Is What You Get", ou "O que você vê é o que você tem"), porém as suas versões posteriores incorporaram um notável suporte para várias tecnologias web, tais como XHTML, CSS, JavaScript, Ajax, PHP, ASP, ASP.NET, JSP, ColdFusion e outras linguagens Server-side.

No inicio Dreamweaver era apenas um editor simples podendo ser usado em modo código ou modo design, WYSIWYG. Na época seu grande concorrente era o Microsoft FrontPage, logo no lançamento do Dreamweaver 4.0 que apresentou nesta versão sua integração com o Ultra-dev, uma poderosa ferramenta de desenvolvimento para programadores web com suporte a PHP, ASP, ColdFusion e JSP inicialmente.


Logo na versão Dreamweaver MX, o Ultra-dev passou a ser totalmente integrado ao Dreamweaver através do Painel Aplication, assim incluindo no mesmo definitivamente o conceito de ferramenta de desenvolvimento web.

Utilizando-se da base da mesma versão do Dreamweaver, MX, a Macromedia na época incorporou a estrutura do Dreamweaver a primeira versão da ferramenta Adobe Flex, assim também adotando ao Dreamweaver o conceito de ser IDE, podendo integrar outras ferramentas dentro de si próprio.

A partir desse conceito começaram a surgir várias extensões do tipo suíte, pacote completo de desenvolvimento para determinado assunto ou linguagem, de desenvolvimento para o Dreamweaver, adotando no mesmo funcionalidades avançadas para cada uma das linguagens suportadas por ele. Destacando-se nesta época a InterAKT que vinha lançando inovadoras suítes como por exemplo: Spry e Desevelopers ToolBox, hoje comprada pela Adobe Systems.

Em seu modo Design, como um editor WYSIWYG, o Dreamweaver pode esconder os detalhes do código HTML do usuário, tornando possível que não-especialistas criem facilmente páginas, sites e até mesmo aplicações para web. Alguns desenvolvedores criticam este modo de função do Dreamweaver por produzir códigos sujos, muito maiores do que o necessário, o que pode levar a erros de visualização em páginas HTML e erros de segurança em aplicações web. No entanto, este tipo de erro não se dá a ferramenta, e sim ao profissional que está usando a ferramenta, pois assim como outras IDE's de desenvolvimento, o Dreamweaver também dá a possibilidade de editar seus trabalhos em modo código, suportando as sintaxes de todas as linguagens de programação cobertas pelo software e também possuindo dicas, referências em modo código e até mesmo extensões para debugar códigos.

Uma outra boa funcionalidade do Dreamweaver é permitir selecionar a maioria dos navegadores para se ter uma previsão (preview) da visualização do HTML Outpu da página diretamente no(s) navegador(es) de destino. O software possui também ótimas ferramentas de gerenciamento e transferência de projetos tais como a habilidade de encontrar e substituir, no projeto inteiro, linhas de texto ou código através de parâmetros especificados. O painel de comportamentos também permite a criação de JavaScript básico, sem qualquer conhecimento de codificação.

Um aspecto altamente alardeado do Dreamweaver é sua arquitetura expansível. As “extensões”, como são conhecidas, são pequenos programas que qualquer desenvolvedor web pode escrever (geralmente em HTML e JavaScript) e qualquer um pode baixar e instalar, o que proporciona funcionalidade adicional ao software. O Dreamweaver conta com uma ampla comunidade de desenvolvedores que torna disponíveis extensões, comerciais ou grátis, para a maioria das tarefas de desenvolvimento web, de simples efeitos de rolagem, até "carrinhos de compras" completos.

Processo de evolução recente[editar | editar código-fonte]

  • Dreamweaver MX: a Macromedia incorporou ferramentas de criação de conteúdo dinâmico ao Dreamweaver. No espírito das ferramentas HTML WYSIWYG, permite que usuários se conectem a bancos de dados (tais como MySQL e Microsoft Access) para filtrar e mostrar conteúdo usando tecnologias de script tais como PHP, ColdFusion, ASP e ASP.NET, sem qualquer experiência prévia em programação. Essa também foi a ultima versão do Dreamweaver com tradução para o Português.
  • Dreamweaver 8 - Ultima versão do Dreamweaver sob gestão da Macromedia, trouxe implementações de melhorias nas funções já utilizadas na versão MX e correções de bugs em comportamentos de servidores. Sua principal novidade foi o surgimento da extensão Ajax ToolBox desenvolvida pela InterAKT trazendo a ferramenta suporte a alguns conceitos básicos de Ajax.
  • Dreamweaver CS3: uma das maiores novidades da versão CS3 é a capacidade de gerar páginas em Ajax. Para isso é utilizado o Spry, framework para desenvolvimento de Ajax criado e mantido pela própria Adobe. Utilizando o Spry, é possível criar menus de navegação dinâmicos, componentes para validação de formulário como mudar cor dos campos, mostrar quantos caracters foram digitados ou faltam para o limite (ao chegar no limite ele auto-deleta os caracteres a mais,entre outras qualidades. O framework Spry permite ainda aplicar efeitos como fade e reduzir ou ampliar imagens (entre outros). Tudo é feito visualmente, sem a necessidade de lidar diretamente com código.Passando assim a ser preferência desde simples usuarios da internet que desejam ter sua Home Page ate a experientes programdores de web sites.
    Outras novidade da nova versão são avanços nas áreas de CSS e checagem de browser. A ferramenta de verificação de browsers ficou mais poderosa e indica com precisão possíveis problemas de compatibilidade entre navegadores. Na área de CSS, o programa traz uma boa quantidade de modelos para layout baseados em estilo alem de que se por acaso o desenvolvedor erre o codigo do css , ele exibe um 'alerta' com um link para o site da adobe mostrando o erro ou a inexistendia do código inserido e a possivel solução para o browser checado.
  • Dreamweaver CS4: vêm com grandes transformações em seu ambiente de software, adequando-se as aparências mais recentes de seus sistemas operacionais e organizando melhor seu layout para que diferentes tipos de profissionais possam ter facilidade em trabalhar com suas ferramentas. No entanto as principais novidades dessa versão não vieram no seu pacote default e sim nas extensões dela, que agora com novas metologias permitiram que fosse desenvolvidas extensões para integração com frameworks consagrados. Destacando-se o jQuery, YUI e o Google Web ToolKit.
    Desde o final dos anos 90, o Dreamweaver vem tendo um sucesso crescente e hoje domina cerca de 80% do mercado de editores HTML. Existem versões tanto para Mac OS quanto para Windows, mas também é possível executá-lo em plataformas Unix e sabores através do uso de softwares de emulação como o Wine. Um programa open source semelhante ao Dreameweaver é o Nvu, disponível para Linux, Mac OS e MS Windows.
  • Dreamweaver CS5
  • Dreamweaver CS6

Versões[editar | editar código-fonte]

Macromedia[editar | editar código-fonte]

  • Dreamweaver 1.0 (Dezembro de 1997)
  • Dreamweaver 1.2 (Março de 1998)
  • Dreamweaver 2.0 (Dezembro de 1998)
  • Dreamweaver 3.0 (Dezembro de 1999)
  • Dreamweaver UltraDev 1.0 (Junho de 1999)
  • Dreamweaver 4.0 (Dezembro de 2000)
  • Dreamweaver UltraDev 4.0 (Dezembro de 2000)
  • Dreamweaver MX (Maio de 2002)
  • Dreamweaver MX 2004 (10 de Setembro de 2003)
  • Dreamweaver 8 (13 de Setembro de 2005)

Adobe[editar | editar código-fonte]

  • Dreamweaver CS3 (16 de abril de 2007)
  • Dreamweaver CS4 (23 de Setembro de 2008)
  • Dreamweaver CS5 (12 de Abril de 2010)
  • Dreamweaver CS5.5 (12 de Abril de 2011)
  • Dreamweaver CS6 (23 de Abril de 2012)
  • Dreamweaver CC (17 de Junho de 2013)

Programas similares[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adobe Dreamweaver