Marlboro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Marlboro (cigarro))
Ir para: navegação, pesquisa
Marlboro
Marlboro logo.png
Tipo cigarros (derivado de tabaco)
Origem inglesa
Lançamento 1904 (109–110 anos)[1]
site oficial

Marlboro é uma marca de cigarros do grupo Altria (anteriormente Philip Morris Companies Inc.) a mais vendida marca de cigarros do mundo[2]

História[editar | editar código-fonte]

A Philip Morris lançou a marca Marlboro em 1924[3] como um cigarro para o público feminino, com o o slogan, "Mild As May" (do inglês "Suave como Maio"). Nos anos 20, a publicidade do cigarro ese baseava principalmente em quanto o cigarro era feminino. Para este fim, o filtro teve uma banda vermelha impressa em torno dele para ocultar manchas de batom que foi descrita como "Beauty Tips to Keep the Paper from Your Lips".[1] [4]

A primeira tentativa em reposicionar a marca como "masculina", teve Julie London e modelos masculinos com mãos tatuadas, mas quando Weissman, o então chefe de marketing da Philip Morris assumiu a responsabilidade da campanha no final dos anos 50, sua pesquisa demonstrou que pós-adolescentes é que estavam consumindo o produto.[5]

Jack Landry, o executivo de publicidade da Philip Morris, coordenadamente com a agência de Leo Burnet apareceram com "comerciais que vão trazer fumantes novatos para o Marlboro...[que transmitisse] "a imagem certa para capturar a fantasia da juventude...[e projeta] um símbolo perfeito de independência e rebeldia individualista" - e assim surgia o "cowboy da Marlboro" ou Marlboro Man.[6] Logo a marca se tornou um sucesso de venda duradouro, a nova imagem elevou suas vendas de $5 bilhões em 1955 para $20 bilhões em 1957, em 1972 se tornou a principal marca de cigarros norte-americana e do mundo, [7] em 1993, a Marlboro comandava 21% de toda a venda doméstica norte-americana, a maior desde então, [5] em 2000, sua participação no mercado era de 35% das vendas de cigarros nos EUA, vendendo mais do que as seis outras marcas mais populares juntas, em 2003, as vendas mundiais dos cigarros Marlboro totalizaram $20 bilhões por anos.[7]

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Carro de Al Unser Jr. em 1994 patrocinado pela marca.

A Marlboro patrocinou vários eventos esportivos, em especial o automobilismo (como a Formula 1 e Fórmula Indy), e equipes como Ferrari[8] , Mclaren, Ducati e Penske . O patrocínio da Marlboro na Formula 1 começou em 1972 com a equipe BRM. Atualmente, a Marlboro patrocina a equipe Ferrari, na Formula 1,cujo nome oficial é: Scuderia Ferrari Marlboro. A partir de junho de 2007, começou a vigorar a proibição para as equipes em estampar marcas de cigarros em carro da Formula 1, e a marca Marlboro passou a ser representada por código de barras, no carro, até início de 2010, e atualmente apenas nos capacetes dos pilotos.

Formatos e edições pelo mundo[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil o Marlboro tem disponivel as opções maço e caixa ("Box", como publicitários preferem), nas cores: Prata (Ultra Light ou Silver), Ouro (Gold ou Light), Azul (Médio ou Gold Advanced), Vermelho (filtro marom), Ice Mint, Fresh Mint (mentolados com filtro parcialmente aromatizado), Blue Ice (lançado recentemente no Brasil, possui uma cápsula no filtro que, quando rompida, libera um líquido com uma forte aroma mentolado) e Filter Plus. Com as dosagens de alcatrão, nicotina e monóxido de carbono, respectivamente:

  • Prata: 4mg, 0.4mg e 5mg (muito fraco)
  • Filter Plus: 6mg, 0.5mg e 6mg (fraco)
  • Ice Mint: 6mg, 0.6mg e 7mg (fraco)
  • Fresh Mint: 6mg, 0.6mg e 8mg (fraco)
  • Gold (Light): 6mg, 0.6mg e 8mg (fraco)
  • Blue Ice: 8mg, 0.6mg e 7mg (fraco)
  • Azul: 8mg, 0.8mg e 9mg (médio)
  • Gold advance: 8mg, 0.7mg e 9mg (médio)
  • Vermelho: 10mg, 0.8mg e 10mg (forte)


Referências

  1. a b Erin Barrett; Jack Mingo. W. C. Privy's Original Bathroom Companion. Macmillan; ISBN 978-0-312-28750-4. p. 407 – 410.
  2. W Douglas Evans; Gerard Hastings. Public Health Branding: Applying Marketing for Social Change. Oxford University Press; ISBN 978-0-19-923713-5. p. 75.
  3. Carrie Gleason. The Biography of Tobacco. Crabtree Publishing Company; 2006. ISBN 978-0-7787-2489-6. p. 19.
  4. Harold V. Cordry. Tobacco: A Reference Handbook. ABC-CLIO; ISBN 978-0-87436-967-0. p. 130.
  5. a b M. Joycelyn Elders. Preventing Tobacco Use Among Young People: A Report of the Surgeon General. DIANE Publishing; ISBN 978-0-7881-3889-8. p. 177.
  6. "(...) o Marlboro Man foi o resultado de "meses tentando achar a imagem certa que capturasse a fantasia de mercado da juventude."", Ann Marie Barry. Visual Intelligence: Perception, Image, and Manipulation in Visual Communication. SUNY Press; 1997. ISBN 978-0-7914-3435-2. p. 278.
  7. a b Karlan,dan/lazar,allan/salter,jeremy. As Pessoas Mais Importantes Do Mundo. CAMPUS - RJ; ISBN 978-85-352-2194-7. p. 152.
  8. Cigarro - Ferrari veta Marlboro nos carros
Ícone de esboço Este artigo sobre marcas ou produtos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.