Max Frisch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Max Frisch (Zurique, 15 de Maio de 1911 - 4 de Abril de 1991) foi um arquiteto e escritor suiço do pós-guerra influenciado pelo existencialismo e por Brecht. Em suas obras teve como tema os efeitos da sociedade moderna sobre o indivíduo ao tratar das crises intelectual, moral e social da contemporaneidade.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • An Answer from the Silence, 1937;
  • Não sou Stiller, 1954;
  • Homo faber, 1957;
  • Biedermann e os incendiários, 1958;
  • Andorra, 1961;
  • Mein Name sei Gantenbein, 1964;

Prêmios (seleção)[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Max Frisch
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.