Zurique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zurique
Brasão da comuna de Zurique
{{{2}}}
Vista de Zurique.
Cantão Zurique
Distrito Zurique
Língua(s) oficial(is) Alemão
Coordenadas 46° 57' N 7° 25' E
Altitude 408 m n.m.m.
Área 91.88 km²
População (2005)
 - Densidade
376.815 hab.
4.101 hab/km²
Fracções
Fronteiras
Código postal 8000-8099
Website www.stadt-zuerich.ch
Comuna de Zurique a destacado.

Zurique (alemão: Zürich, AFI[ˈtsyːʁɪç]; em suíço-alemão: Züri; em francês: Zurich; em italiano Zurigo; em romanche: Turitg; em latim: Turicum) é a maior cidade da Suíça. Localiza-se no nordeste do país, no centro da zona germanófona, possui 379 915 habitantes (2012)[1] , sendo mais populosa do que qualquer outra cidade suíça. Sua região metropolitana, também a maior aglomeração urbana do país, conta com cerca de 1.8 milhão de habitantes em 2011[2] , abrigando dessa forma, cerca de 20% da população do país. É a capital do Cantão de Zurique.

No período pós-Segunda Guerra Mundial, a cidade conseguiu estabelecer uma significativa evolução urbana e economica, extendendo sua influência global ao longo das últimas décadas do século XX. É hoje considerada uma cidade global "alfa"[3] , a mais alta classificação para se denominar uma "cidade global", estando no mesmo patamar de importantes cidades como Nova York, Londres, Paris, Tóquio e Hong Kong. Sedia inúmeros bancos, instituições financeiras, organizações e entidades internacionais das mais variadas do mundo. Está entre as "10 cidades mais poderosas do mundo"[4] , estabelecendo-se através de sua intensa atividade economica, cultural, tecnológica e didática. Em termos de qualidade de vida, foi eleita em 2012 a melhor "grande cidade para se viver" no mundo[5] , baseado nas pespectivas da cidade em educação, saúde, segurança pública e desenvolvimento economico.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A origem do nome está provavelmente nas línguas celtas com a palavra Turus. Os celtas colonizaram a área pelo menos desde 500 a.C.; o nome romano da cidade era Turicum.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi destruída no século V pelos alamanos. Converteu-se em cidade imperial em 1218, entrando na Confederação Helvética em 1351 e obtendo grande importância, graças à aquisição de numerosos condados vizinhos e à grande prosperidade do seu artesanato têxtil. Ulrico Zuínglio introduziu a reforma protestante em Zurique a partir de 1519. A cidade e o cantão foram governados pela rica burguesia protestante até à reforma liberal de 1830.

Economia[editar | editar código-fonte]

Vista do topo de uma torre em Zurique após uma nevasca

Zurique é o centro financeiro da Suíça e uma das bolsas de valores mais importantes da Europa. Em Zurique têm sede numerosos bancos, tais como o UBS e o Credit Suisse, seguradoras e empresas de alta tecnologia. Atualmente, cerca de um quarto das atividades da cidade são ligadas ao setor financeiro.

Um dos Fatores que ajudam a atrair investimentos na região de Zurique são os baixos impostos e a possibilidade de grande empresas fazerem acordos com as autoridades para conseguirem "impostos personalizados".

Zurique é também o mais importante centro de transportes da Suíça. Tem o maior aeroporto do país e da região dos Alpes. Os transportes públicos estão a cargo da Verkehrsbetriebe Zürich.

Em 2011, foi considerada pela pesquisa anual Mercer Human Resource a cidade com a melhor qualidade de vida do mundo.[6] É também das cidades mais caras do mundo.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Zurique fica no nordeste da Suíça, a norte do lago de Zurique. Do lago surge o rio Limmat, que cruza a cidade na direcção noroeste.

Os bairros da cidade de Zurique são: Affoltern, Albisrieden, Altstetten, Aussersihl, Enge, Fluntern, Hirslanden, Höngg, Hottingen, Hürst, Leimbach, Oberstrass, Oerlikon, Riesbach, Schwamendingen, Seebach, Seefeld, Tiefenbrunnen, Triemli, Unterstrass, Wiedikon, Wipkingen, Witikon, Wollishofen.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Zurique conta com a Universidade de Zurique, que é local e administrada pelo Cantão de Zurique, e o Instituto Federal de Tecnologia da Suiça (Eidgenössische Technische Hochschule - ETH). A ETH é a maior do país e uma das mais prestigiadas da Europa.

Igreja de S.João em Zurique (1898)

Entre os monumentos mais importantes estão:

  • Grossmünster - a antiga catedral
  • Fraumünster
  • Peterskirche - igreja de S. Pedro
  • Kirche zu Predigern
  • Johanneskirche - igreja de S. João

Zurique alberga diversos museus, incluindo:

Desporto[editar | editar código-fonte]

O clube de futebol mais famoso da cidade é o FC Zürich. Foi Eliminado no Grupo D da Fase de Grupos da Copa da UEFA deste ano, na última posição do Grupo D.

Panorama de Zurique, a maior cidade da Suíça.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Zurique
  • O asteróide 13025 Zurich recebeu o nome de Zurique como homenagem à cidade.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Suíça é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.