Cidade de Ho Chi Minh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cidade de Ho Chi Minh
Thành phố Hồ Chí Minh
No alto: Área central de Ho Chi Minh e Hotel de Ville Centro:Basilica de Saigon Notre-Dame, Porto de Saigon e Bitexco Financial Tower Abaixo: Mercado Ben Thanh e Ópera de Saigon.
No alto: Área central de Ho Chi Minh e Hotel de Ville
Centro:Basilica de Saigon Notre-Dame, Porto de Saigon e Bitexco Financial Tower
Abaixo: Mercado Ben Thanh e Ópera de Saigon.
Apelido: "Paris do Oriente"
"Pérola do Extremo Oriente"
Cidade de Ho Chi Minh está localizado em: Vietnã
Cidade de Ho Chi Minh
Localização de Cidade de Ho Chi Minh ( Vietname)
Coordenadas 10° 46' 10" N 106° 40' 55" E
País  Vietname
Região Sudeste
(Dong Nam Bo)
Área  
  Total 2.098,7[1] km²
Altitude 19 m
População  
  Cidade (2011) 7.521.138[2]
    Densidade   2.811,71/km²
  Urbana 7.123.340[2]
Fuso horário ICT (UTC+7)
Website: www.hochiminhcity.gov.vn/

A Cidade de Ho Chi Minh (em vietnamita: Thành phố Hồ Chí Minh), designada Saigon (português brasileiro) ou Saigão (português europeu) até 1975, é a maior cidade e principal centro financeiro, corporativo e mercantil do Vietname. Situa-se no sul do país e tem cerca de 7,5 milhões de habitantes. É uma cidade histórica e portuária, recebendo a classificação de cidade global beta, por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).[3] A Cidade de Ho Chi Minh possui, ainda, estatuto de província.

Foi fundada pelos khmers, sendo conquistada pelos anameses no século XVII. Ocupada pela França em 1859, tornou-se na capital da Cochinchina e, mais tarde, de toda a Indochina Francesa até 1902. Em 1954 tornou-se capital do Vietnã do Sul tendo sido o quartel general das tropas americanas durante a guerra do Vietnã. Em 1975 as tropas do Vietnã do Norte entraram na cidade, marcando o fim da guerra.

A Grande Ho Chi Minh, que consiste em Ho Chi Minh, Bien Hoa, Di An, Thu Dau Mot e outras cidades vizinhas, possui uma população de mais de 9 milhões de habitantes,[4] o que a torna a região metropolitana mais populosa do Vietname.[5] Estima-se que a população da cidade cresça para 13,9 milhões em 2025.[6] Em 2010, foi construído o Aeroporto Internacional Long Thanh, com 4 pistas de 4000 m. Resultado de um investimento de 8 bilhões de dólares, o aeroporto suporta um tráfego de 100 milhões de passageiros e 5 milhões de toneladas de carga por ano.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A Cidade de Ho Chi Minh recebeu vários nomes diferentes durante sua história, refletindo a influência dos diferentes grupos étnicos, culturais e políticos do Extremo Oriente. Na década de 1690, Nguyen Hữu Canh, um nobre vietnamita, foi enviado pelos governantes Nguyen, de Hué, para estabelecer estruturas administrativas vietnamitas na região do Delta do rio Mekong e seus arredores.[7] O controle da área da cidade passou para domínio vietnamita, que deu à cidade o nome oficial da Gia Đình (嘉定). Este nome permaneceu até o momento da conquista francesa na década de 1860, quando a força de ocupação européia adotou o nome de Saigon para a cidade, uma forma ocidentalizada do nome tradicional,[7] embora a cidade ainda tenha sido identificada como 嘉 定 em mapas chineses até pelo menos o ano de 1891.[8] Após a tomada comunista no Vietnã do Sul, em 1975, um governo provisório renomeou a cidade para Ho Chi Minh, homenageando o falecido líder norte-vietnamita. No entanto, até hoje permanece o nome informal de Saigon na fala diária tanto nacional como internacionalmente, especialmente entre a diáspora vietnamita. Em particular, Saigon ainda é comumente usado para se referir a um distrito.[7]

História[editar | editar código-fonte]

Primódios e território Khmer[editar | editar código-fonte]

Localização hexagonal de Nokor Prey em 1815. Hoje, esta constitui a área da Cidade de Ho Chi Minh.

A Cidade de Ho Chi Minh começou como uma pequena vila de pescadores conhecida como Nokor Prey (ou Gia Đình). A área onde hoje se encontra a cidade foi originalmente um pantanal, e era habitada pelos khmers durante séculos antes da chegada dos primeiros vietnamitas.[9]

A partir do começo do século XVII, iniciou-se gradualmente a colonização da área por colonos vietnamitas, que habitavam isoladamente a região do Delta do rio Mekong, próximo ao atual Camboja. Em 1623, o rei Chey Chettha II do Camboja permitiu que refugiados vietnamitas, fugidos da Guerra civil Trịnh-Nguyen, habitassem outras regiões além de Nokor Prey e expandissem a dominação étnica dos vietnamitas sobre a atual região sul do Vietnã.[10] Assim sendo, várias ondas migratórias de vietnamitas passaram a habitar essas regiões, sem o impedimento do reino do Camboja, que estava enfraquecido com a recente guerra travada contra a Tailândia.[10] Com o tempo, o vilarejo de Prey Nokor ficou conhecido como Saigon. O vilarejo era o mais importante porto comercial para os Khmers. A perda da cidade impediu o acesso dos cambojanos à Indochina. Posteriormente, o acesso dos Khmers para o mar agora estava limitado ao Golfo da Tailândia.[10]

Era Nguyen e conquista francesa[editar | editar código-fonte]

Em 1698, Nguyen Hữu Canh, um nobre vietnamita, foi enviado pelos governantes via marítima até Hué para estabelecer estruturas administrativas vietnamitas na área, tendo em vista que essa ação seria facilitada pelo fato de o Camboja estar fragilizado devido a guerra contra a Tailândia, não podendo, assim, intervir. [7] Ele é muitas vezes creditado com a expansão de Saigon em um acordo significativo.[7]

Um desenho da captura francesa de Saigon, em 1859.

Conquistado pela França em 1859, Saigon foi fortemente influenciada pelos franceses durante a ocupação colonial do Vietnã, e um grande número de edifícios de estilo clássico ocidental e vilas francesas ainda são vistos na cidade. Em 1929, um registro populacional de Saigon revelou uma população de 123 890 habitantes, com um notável destaque para os franceses, que eram 12 100 habitantes na cidade.[11]

Capital do Vietname do Sul[editar | editar código-fonte]

Os vietnamitas havia proclamado sua independência em 1945, após uma ocupação francesa e japonesa combinada, e antes da revolução comunista na China. Eles eram liderados por Ho Chi Minh. Os Estados Unidos decidiram apoiar a França na sua reconquista de sua ex-colônia.[12] [13]

O ex-imperador, Bao Dai, fez de Saigon a capital do Estado do Vietname, em 1949, com ele como chefe de Estado. Após o movimento Việt Minh ganhar o controle do Vietname do Norte, em 1954, tornou-se comum referir-se ao governo de Saigon como "Vietnã do Sul". O governo passou a se chamar República do Vietname, quando Bao Dại foi deposto por seu primeiro-ministro, Ngo Dinh Diem, em 1955, em um referendo fraudulento. Saigon foi combinada em uma unidade administrativa conhecida como Djo Thành Sai Gon (Capital Saigon).

Pós-Guerra do Vietname e história recente[editar | editar código-fonte]

Refugiados vietnamitas sendo evacuados por um helicóptero dos EUA.

Na conclusão da Guerra do Vietname, em 30 de abril de 1975, a cidade ficou sob o controle do Exército do Povo do Vietnã. Entre as comunidades da diáspora vietnamita e particularmente os Estados Unidos (que havia lutado contra os comunistas), este evento é comumente chamado de "Queda de Saigon", enquanto a República Socialista do Vietname se refere a ela como a "Libertação de Saigon." Em 1976, quando da unificação do Vietname do Norte e Vietname do Sul sob o regime comunista, e a criação da República Socialista do Vietname, a cidade de Saigon - incluindo a pequena cidade próxima de Cholon, a província de Gia Dịnh e dois bairros suburbanos de duas outras províncias vizinhas - foi renomeada para Ho Chi Minh, em homenagem ao líder comunista Ho Chi Minh, morto em 1969. Entretanto, o antigo nome de Saigon ainda é amplamente utilizado por muitos vietnamitas, especialmente em contextos informais.[14]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Vista da cidade e do rio Saigon.

A Cidade de Ho Chi Minh está localizada na região Sudeste do Vietnã, estando 1 738 km ao sul da capital nacional, Hanói.[1] Faz limites territoriais com as províncias de Tay Ninh e Binh Duong a norte, Dong Nai e Ba Ria-Vung Tau a leste, Long An a oeste e o Mar da China Meridional ao sul, com 15 km de litoral.[1] A cidade ocupa uma área de 2.098,7 km² (0,63% da superfície do Vietnã),[1] estendendo-se até o Distrito de Cu Chi, a 19 km da fronteira com o Camboja. A distância entre o ponto mais setentrional da Cidade de Ho Chi Minh (Comuna de Phu My Hung, Distrito de Cu Chi) e o extremo sul do território da cidade (Comuna de Long Hoa, Distrito de Can Gio) é de 102 km. O ponto mais oriental, na Comuna de Long Binh (Distrito 9), fica a 47 km do Distrito de Binh Chanh.

Topografia[editar | editar código-fonte]

O território da cidade é, em grande parte, plano, com algumas poucas montanhas a norte e nordeste e altitudes menores no sudeste. O terreno da cidade pode ser dividido em quatro tipos principais: regiões altas com montes de formato ondulado, cuja altitude varia de 4 a 32 metros e que ocupam 30% da área total da cidade, principalmente nos distritos de Cu Chi, Hoc Mon, Thu Duc e Binh Chanh; regiões baixas de terreno plano, com altitudes entre 2 e 4 metros e que ocupam 15% da área; regiões baixas e pantanosas no sudoeste, variando de 1 a 2 metros de altitude e representando 34% do território e áreas costeiras pantanosas cuja altitude varia de 0 a 1 metro e chega a ser mais baixa que o nível do mar em alguns lugares. Este último tipo de terreno ocupa 21% do território da cidade.[1] A altitude média é de 19 metros acima do nível do mar.

Clima[editar | editar código-fonte]

Segundo a classificação climática de Köppen-Geiger, o clima da Cidade de Ho Chi Minh é tropical com estação seca (Aw), tendo uma umidade do ar média de 75%. O ano é dividido em duas estações distintas. A estação chuvosa, com uma precipitação média de cerca de 1 800 mm no ano, inicia geralmente em maio e termina no final de novembro. A estação seca dura de dezembro a abril. A temperatura média é 28 °C, podendo alcançar, algumas vezes, os 39 °C por volta do meio-dia em fins de abril, enquanto também pode cair abaixo dos 16 °C no início das manhãs do fim de dezembro e do início de janeiro.[15] [16]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Cidade de Ho Chi Minh Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 38 40 38 38 39 38 41 37 38 38 37 37 41
Temperatura máxima média (°C) 31,6 32,9 33,9 34,6 34,0 32,4 32,0 31,8 31,3 31,2 31,0 30,8 32,3
Temperatura mínima média (°C) 21,1 22,5 24,4 25,8 25,2 24,6 24,3 24,3 24,4 23,9 22,8 21,4 23,7
Temperatura mínima registrada (°C) 13 17 16 17 16 21 17 21 20 20 17 15 13
Precipitação (mm) 13,8 4,1 10,5 50,4 218,4 311,7 293,7 269,8 327,1 266,7 116,5 48,3 1 931
Dias com chuva 2,4 1,0 1,9 5,4 17,8 19,0 22,9 22,4 23,1 20,9 12,1 6,7 155,6
Horas de sol 244,9 248,6 272,8 231,0 195,3 171,0 179,8 173,6 162,0 182,9 201,0 223,2 2 486,1
Fonte: Weatherbase[15]
World Meteorological Organization[16]
Program on Renewable Energy & Energy Conservation[17]

Política[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Sede do Comitê Popular da cidade.

A Cidade de Ho Chi Minh é uma das cinco cidades com estatuto de província no Vietname. A cidade encontra-se dividida em 24 divisões administrativas, chamadas de distritos, estabelecidas em dezembro de 2003. Destes 24 distritos, 5 deles estão localizados na área suburbana ou rural (chamados de huyen) e 19 estão localizados na área interna da cidade. Os distritos suburbano ou rurais são: Cu Chi, Hoc Mon, Binh Chanh, Nha Be e Can Gio. A zona rural é composta por comunas (chamas de ) e municípios (chamados de Tran Thi'). Os outros 19 distritos estão localizados na área interna ou urbana (chamadas de Quan). Isso inclui os distritos: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, Go Vap, Tan Binh, Tan Phu, Binh Thanh, Phu Nhuan, Thu Duc e Binh Tan. Cada distrito é subdividido em alas (chamadas de Phuong).[18]

Comitê Popular[editar | editar código-fonte]

O Comitê Popular da Cidade de Ho Chi Minh é um conselho executivo de 13 membros. O atual presidente é Le Hoàng Quân. O comitê é responsável pelos vários departamentos da cidade. O ramo legislativo do governo da cidade é chamado Conselho do Povo e é composto por 95 deputados. Tanto a comissão quanto o conselho são subordinados ao Partido Comunista do Vietnã, atualmente liderado pelo Secretário do Partido Le Thanh Hải.

Unidades administrativas da Cidade de Ho Chi Minh
Nome do Distrito
(Dez. 2003)
Área (km2)
(Dez. 2006)
População em 2004 População em 2009 População em 2010 [19] População em 2011 [20]
Distritos internos:
Distrito 1 7,73 198.032 180.225 187.435 185.715
Distrito 2 49,74 125.136 147.490 140.621 136.497
Distrito 3 4,92 201.122 190.553 188.945 188.898
Distrito 4 4,18 180.548 180.980 183.261 183.043
Distrito 5 4,27 170.367 171.452 174.154 175.217
Distrito 6 7,19 241.379 249.329 253.474 251.902
Distrito 7 35,69 159.490 244.276 274.828 265.997
Distrito 8 19,18 360.722 408.772 418.961 421.547
Distrito 9 114 202.948 256.257 263.486 269.068
Distrito 10 5,72 235.231 230.345 232.450 234.188
Distrito 11 5,14 224.785 226.854 232.536 234.293
Distrito 12 52,78 290.129 405.360 427.083 451.737
Go Vap 19,74 452.083 522.690 548.145 561.068
Tan Binh 22,38 397.569 421.724 430.436 430.350
Tan Phu 16,06 366.399 398.102 407.924 419.227
Binh Thanh 20,76 423.896 457.362 470.054 479.733
Phu Nhuan 4,88 175.293 174.535 175.175 175.631
Thu Duc 47,76 336.571 442.177 455.899 474.547
Binh Tan 51,89 398.712 572.132 595.335 611.170
Total (distritos internos) 494,01 5.140.412 5.880.615 6.060.202 6.149.817
Distritos suburbanos:
Cu Chi 434,5 288.279 343.155 355.822 362.454
Hoc Mon 109,18 245.381 349.065 358.640 363.171
Binh Chanh 252,69 304.168 420.109 447.291 465.248
Nha Be 100,41 72.740 101.074 103.793 109.949
Can Gio 704,22 66.272 68.846 70.697 70.499
Total (distritos suburbanos) 1,601 976.839 1.282.249 1.336.244 1.371.321
Total (cidade) 2,095.01 6.117.251 7.162.864 7.396.446 7.521.138

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Essas são as cidades-irmãs da Cidade de Ho Chi Minh:

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional da Cidade de Ho Chi Minh [21]
Ano habitantes var.   Ano habitantes var.
1995 4 640 400   2003 5 809 100  +3,4%
1996 4 747 900  +2,3% 2004 6 007 600  +3,4%
1997 4 852 300  +2,2% 2005 6 230 900  +3,7%
1998 4 957 300  +2,2% 2006 6 483 100  +4%
1999 5 073 100  +2,3% 2007 6 725 300  +3,7%
2000 5 274 900  +4% 2008 6 946 100  +3,3%
2001 5 454 000  +3,4% 2009 7 196 100  +3,6%
2002 5 619 400  +3% 2010 7 378 000  +2,5%

De acordo com o censo de 1 de outubro de 2004, a população da Cidade de Ho Chi Minh era de 6 117 251 habitantes (dos quais dezenove distritos internos tinham 5 140 412 habitantes e cinco distritos suburbanos tinham 976 839 habitantes).[22] Em meados de 2007, a população da cidade era de 6 650 942 habitantes, com os dezenove distritos internos com 5 564 975 habitantes e os cinco distritos suburbanos contendo 1 085 967 habitantes. O resultado do Censo de 2009 mostrou que a população da cidade foi de 7 162 864 habitantes,[23] cerca de 8,34% do total da população do Vietname, mantendo o posto de cidade mais populosa do país. Em 2011, as estimativas mostraram uma população de 7 521 138 habitantes[2] . A maioria da população são etnicamente vietnamitas (93,52%). O maior grupo étnico minoritário da Cidade de Ho Chi Minh são os chineses (5,78% da população). Outras minorias étnicas incluem os khmers (0,34%) e os Cham (0,1%).[24]

Os habitantes da cidade são geralmente conhecidos como "Saigonese" em inglês, "Saigonnais" em francês e "Dan Sai Gon" em vietnamita. Um grau variável do idioma inglês é falado, especialmente nos setores de turismo e comércio.

Economia[editar | editar código-fonte]

Centro financeiro da cidade.

A Cidade de Ho Chi Minh é o centro econômico do Vietname e responsável por uma grande parte da economia do país. Embora a cidade ocupe apenas 0,6% da área territorial do país, em 2005, concentrava cerca de 8,34% da população do Vietname, 20,2% do seu PIB, 27,9% da produção industrial e 34,9% dos projetos de Investimento estrangeiro direto no Vietname.[25] No mesmo ano, a cidade registrou 2.966.400 trabalhadores acima dos 15 anos de idade, dos quais 139 mil estavam fora da idade permitida por lei para exercer atividades trabalhistas.[25] Em 2009, o PIB per capita da cidade foi de US$ 2.800, acima do nível nacional, de US$ 1.042 dólares no mesmo ano.[26]

Em 2007, o Produto interno bruto (PIB) da cidade foi estimado em US$ 14,3 bilhões, ou cerca de 2.180 dólares per capita, respondendo por 20% do PIB do país. O PIB, ajustado à Paridade do Poder de Compra (PPP) atingiu 71,5 bilhões dólares, ou cerca de 10.870 dólares per capita (cerca de três vezes maior do que a média do país). A economia industrial foi de US$ 6,4 bilhões, equivalente a 30% do valor de toda a nação. As exportações e importações responderam por US$ 36 bilhões, ou 40% do total nacional, sendo que a receita das exportações atingiram 18,3 bilhões de dólares (40% do total das receitas de exportação do Vietname). Em 2007, a contribuição da Cidade de Ho Chi Minh para as receitas anuais no orçamento nacional aumentaram 30%, o que representa cerca de 20,5% das receitas totais. A demanda de consumo d Ho Chi Minh é mais elevada do que em outras províncias e cidades vietnamitas e 1,5 vezes maior do que a de Hanói.[27] Em junho de 2006, a cidade abrigou três zonas de processamento de exportação e doze parques industriais. Ho Chi Minh é o principal receptor de investimento estrangeiro direto no Vietname, com 2.530 projectos de IED no valor de 16,6 milhões dólares no final de 2007.[28] Em 2007, a cidade recebeu mais de 400 projetos de IED de US$ 3 bilhões.[28] Em 2008, a cidade atraiu US$ 8,5 bilhões em IED.[28] Em 2010, o PIB da cidade foi estimado em 20,902 milhões de dólares, com um PIB per capita de US$ 2.800 por habitante, um aumento de 11,8% comparado a 2009.[29]

No fim de 2012, o PIB da cidade foi estimado em torno de 28,595 bilhões, ou cerca de US$ 3,700 por habitante, um crescimento de 9,2% a partir de 2011.[30] A corrente de comércio, seja exportação ou importação, atingiu 47,700 milhões dólares, com exportações de 21,57 bilhões dólares e importações de 26,140 milhões dólares.[31]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

O sistema de saúde da cidade é relativamente desenvolvido com uma estrutura de cerca de 100 hospitais e centros médicos de propriedade do governo, além de clínicas privadas.[18] O Hospital Cho Ray, mantido pelo Instituto Cardiologista Francês, está entre as principais instituições de saúde na Indochina. A estrutura médica e de saúde da Cidade de Ho Chi Minh é tida como referência no país, atraindo pacientes de diversas cidades das províncias vizinhas e até do Camboja. Entre as unidades de saúde da cidade destacam-se o Centro Médico The Hòa Hảo e o Hospital Franco-Vietnamita.

Educação[editar | editar código-fonte]

Estudantes em uma aula de desenho na Faculdade de Arquitetura.

Ho Chi Minh abriga notáveis escolas de ensino médio vietnamitas, entre as quais incluem o Centro de Estudos Le Hong Phong e a Escola para superdotados do Vietname. Embora as antigas escolas sejam públicas, o ensino privado também está disponível em Ho Chi Minh.[18]

O ensino superior na Cidade de Ho Chi Minh é florescente. A cidade possui mais de 80 universidades e faculdades, com um total de mais de 400 mil estudantes[18] Entre as universidades notáveis, encontra-se a Universidade Nacional da Cidade de Ho Chi Minh com 50.000 alunos distribuídos entre seis escolas, sendo a maior instituição de ensino superior no Vietname; a Universidade de Tecnologia (em vietnamita: Đại hoc khoa Bach), a Universidade de Ciências (antiga Saigon College of Sciences)), a Universidade de Ciências Sociais e Humanas (antiga Saigon College of Letters), a Universidade Internacional, a Universidade de Economia e Direito e a recém-criada Universidade de Tecnologia da Informação.

Alguns outros importantes estabelecimentos de ensino superior são: Universidade de Pedagogia, Universidade de Economia, Universidade de Arquitetura, Universidade de Medicina e Farmácia, Universidade Nong Lam (antiga Universidade de Agricultura e Silvicultura), Universidade de Direito, Universidade de Ensino Técnico, Universidade da Indústria, Universidade Aberta, Universidade de Educação Física e Desporto, Universidade de Belas Artes, Universidade da Cultura, Conservatório de música, Instituto de Tecnologia de Saigon, Universidade de Van Lang, Universidade de Saigon e Universidade Hoa Sen.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Tráfego na região central da cidade.

Urbano[editar | editar código-fonte]

Os principais meios de transporte na cidade são motos, ônibus, táxis e bicicletas. Motos permanecem como o meio mais comum para se deslocar na cidade. Os táxis são abundantes e geralmente os principais meios de transporte para áreas turísticas da cidade. Os ônibus públicos funcionam com muitas rotas e as tarifas podem ser compradas nos próprios ônibus. Os mototáxis também estão disponíveis no transporte da cidade, assim como as bicicletas, que ainda ocupam um grande espaço na locomoção dos habitantes. Nos últimos anos, os carros tornaram-se mais populares. Há aproximadamente 340 mil carros e 3,5 milhões de motos na cidade, que é quase o dobro da capital nacional, Hanói.[32] O número crescente de motocicletas tendem a causar travamentos e poluições ambientais. Estas são duas razões pelas quais o governo desenvolve planos para reduzir o número de motocicletas e para melhorar o transporte público, além de outras medidas para reduzir o tráfego.[33]

O Metrô da Cidade de Ho Chi Minh, uma rede de transporte metropolitano rápido, está atualmente em fase de preparação, com a primeira linha atualmente em construção, a ser concluída até 2017. Esta primeira linha vai ligar Ben Thanh a Tiên Park, no Distrito 9. Planeja-se que a rota atenda mais de 160 mil passageiros por dia.[34] A construção de outras linhas de metrô na cidade foi aprovada pelo governo.[35]

Aéreo[editar | editar código-fonte]

A cidade é servida pelo Aeroporto Internacional Tan Son Nhat, o maior aeroporto do Vietname em termos de passageiros movimentados (com um número estimado de mais de 16,5 milhões de passageiros em 2011, respondendo por mais da metade do tráfego aéreo de passageiros do país.[36] Um outro aeroporto de caráter internacional está previsto para começar a operar em 2025, chamado Aeroporto Internacional Long Thanh, que servirá vôos internacionais, com uma capacidade máxima de tráfego de 100 milhões de passageiros por ano quando estiver totalmente concluído. Assim sendo, o aeroporto de Tan Son Nhat servirá vôos domésticos.[37]

Estação ferroviária do Distrito 3.

Ferroviário[editar | editar código-fonte]

A Cidade de Ho Chi Minh também possui rede ferroviária interligando a cidade a várias rotas de trem no país. O Expresso da Reunificação (Tau Thong Nhat), que liga a Cidade de Ho Chi Minh à Hanói, é executado a partir da estação ferroviária do Distrito 3, com paradas em cidades e províncias ao longo do trajeto. Além da estação do Distrito 3, há várias estações menores, como Di Um, Qui Durc, Bình Trieu e Go Vap. No entanto, o transporte ferroviário não está totalmente desenvolvido e atualmente é composto por apenas 0,6% do tráfego de passageiros e 6% dos embarques de bens de consumo e cargas.[38]

Navios no porto da cidade.

Marítimo[editar | editar código-fonte]

A localização geográfica da cidade, banhada pelo rio Saigon torna o porto da cidade um dos mais movimentados do Sudeste da Ásia seja em caráter comercial e de passageiros, com um fluxo constante de navios de carga e barcos de passageiros que operam regularmente entre a Cidade de Ho Chi Minh e vários destinos no sudeste do Vietnã e no Camboja, entre eles Vung Tau, Ben Tre e Can Tho, no delta do rio Mekong, e Phnom Penh, a capital cambojana. O tráfego marítimo entre Ho Chi Minh e províncias do sul do Vietnã tem aumentado ao longo dos anos, e as principais rotas de navegação para o Delta do rio Mekong recebem em torno de 100 mil veículos de navegação a cada ano, com cerca de 13 milhões de toneladas de carga.[39]

Referências

  1. a b c d e Governo da República Socialista do Vietnã. Introdução à Cidade de Ho Chi Minh (em vietnamita). Chinhphu.vn. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  2. a b c General Statistics Office (em vietnamita)
  3. GaWC, Univ. Loughborough. Inventory of World Cities (em inglês). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  4. Ho Chi Minh City Metro, Vietnam (em inglês). Railway Technology. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  5. About HCMC (em inglês). MyVietnam.Info - Ho Chi Minh City. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  6. THE EVOLVING URBAN FORM: HO CHI MINH CITY (SAIGON) (em inglês). New Geography. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  7. a b c d e Robert M. Salkin, Trudy Ring (1996). Paul E. Schellinger, Robert M. Salkin, ed. Ásia e Oceania. International Dictionary of Historic Places 5. Taylor & Francis. p. 354. ISBN 1-884964-04-4.
  8. Comprehensive Map of Vietnam’s Provinces (em inglês). World Digital Library - UNESCO (1890). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  9. Jean Morice, Camboja, du sourire à l'horreur, Editora France-Empire, 1977, p.30
  10. a b c Mai Thục, Vương miện lưu đày: truyện lịch sử, Nhà xuất bản Văn hóa – thông tin, 2004, p.580; Giáo sư Hoàng Xuân Việt, Nguyễn Minh Tiến hiệu đính, Tìm hiểu lịch sử chữ quốc ngữ, Ho Chi Minh City, Công ty Văn hóa Hương Trang, pp.31–33; Helen Jarvis, Cambodia, Clio Press, 1997, p.XXIII.
  11. "Yearbook da Enciclopédia Americana (2006)", p. 175.
  12. 04 de abril de 1967, discurso de Martin Luther King Jr. em Riverside Church, Nova Iorque.
  13. A Guerra: A Mídia e o Vietnã, por Daniel C. Hallin.
  14. Pearl of the Orient is still Vietnam's heart (artigo em inglês) Travel Terrific, acessado em 25 de junho de 2013
  15. a b Weatherbase. Ho Chi Minh City, Vietnam: Weather Averages. Weatherbase.com. Página visitada em 27 de junho de 2013.
  16. a b World Meteorological Organization. Weather Information for Ho Chi Minh City. Worldweather.wmo.int. Página visitada em 27 de junho de 2013.
  17. Le Chi Hiep (9 de outubro de 2009). Solar Energy and Solar Photovoltaics in Vietnam. Berlin.de. Página visitada em 27 de junho de 2013.
  18. a b c d Pso.hochiminhcity.gov.vn (em vietnamita). Statistical office in Ho Chi Minh City. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  19. http://www.pso.hochiminhcity.gov.vn/c/document_library/get_file?uuid=5fdc62bc-0523-453a-b596-57ad36af9831&groupId=18
  20. http://www.pso.hochiminhcity.gov.vn/web/guest/niengiamthongke-nam2011
  21. General Statistics Office of Vietnam. Average population by province. Gso.gov.vn. Página visitada em 29 de junho de 2013.
  22. Estatísticas na Cidade de Ho Chi Minh (em vietnamita). Pso.hochiminhcity.gov.vn. Página visitada em 25 de junho de 2013.
  23. Population of 2009 (em vietnamita). General Statistics Office of Vietnam. Página visitada em 25 de junho de 2013.
  24. Statistical office in Ho Chi Minh City (em vietnamita). General Statistics Office of Vietnam. Página visitada em 25 de junho de 2013.
  25. a b Dân sè vμ Lao Dông - Population and Employment (em vietnamita). Instituto Econômico de Ho Chi Minh (2005, 2011). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  26. Hana R. Alberts (24 de abril de 2012). In Pictures: Asia's Most Expensive Places To Live (em inglês). Forbes. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  27. Quy mô tiêu dùng 41,5 tỉ USD: Đầu kéo phát triển! (em vietnamita). Tuổi Trẻ (20 de agosto de 2007). Página visitada em 26 de junho de 2013.
  28. a b c TPHCM dẫn đầu thu hút vốn FDI vì biết cách bứt phá (em vietnamita). Saigon Giai Phong Online. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  29. 10 điểm nổi bật trong tình hình kinh tế - xã hội TPHCM năm 2010 (em vietnamita). BSC. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  30. Giá vàng rớt xuống 37,7 triệu đồng một lượng (em vietnamita). Vietnam Express. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  31. Tong Cuc Thong Ke (em vietnamita). General Statistics Office Vietnam. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  32. Print Version (em vietnamita). Mt.gov.vn. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  33. Vietnam needs tackle urban traffic congestion (em vietnamita). Hans-Heinrich Bass, Thanh Trung Nguyen (Abril, 2013). Página visitada em 26 de junho de 2013.
  34. Ho Chi Minh City Metro, Vietnam (em inglês). Railway Technology. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  35. HCMC's subway route No.2 approved. (em inglês). Thanh Nien News. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  36. "Expansão de Saigon - Aeroporto Internacional Tan Son Nhat"; jornal Sai Gon Giai Phong, 13 de outubro de 2007.
  37. A service provided by ACI World in co-operation with Momberger Airport Information (PDF) (em inglês). AIRPORT DEVELOPMENT NEWS. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  38. Vị thế của Hà Nội và thành phố Hồ Chí Minh (em vietnamita). Mt.gov.vn. Página visitada em 26 de junho de 2013.
  39. City to expand waterway transport. (em inglês). Vietnam News Services. Página visitada em 26 de junho de 2013.


Províncias do Vietnã Bandeira do Vietname

An Giang | Bac Giang | Bac Kan | Bac Lieu | Bac Ninh | Ba Ria-Vung Tau | Ben Tre | Binh Dinh | Binh Duong | Binh Phuoc | Binh Thuan | Ca Mau | Can Tho (*) | Cao Bang | Cidade de Ho Chi Minh (*) | Dac Lac | Dak Nong | Da Nang (*) | Dien Bien | Dong Nai | Dong Thap | Gia Lai | Ha Giang | Hai Duong | Haiphong (*) | Ha Nam | Hanói (*) | Ha Tinh | Hau Giang | Hoa Binh | Hung Yen | Khanh Hoa | Kien Giang | Kon Tum | Lai Chau | Lam Dong | Lang Son | Lao Cai | Long An | Nam Dinh | Nghe An | Ninh Binh | Ninh Thuan | Phu Tho | Phu Yen | Quang Binh | Quang Nam | Quang Ngai | Quang Ninh | Quang Tri | Soc Trang | Son La | Tay Ninh | Thai Binh | Thai Nguyen | Thanh Hoa | Thua Thien-Hue | Tien Giang | Tra Vinh | Tuyen Quang | Vinh Long | Vinh Phuc | Yen Bai

(*) Cidades com estatuto de província