Lagos (Nigéria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lagos
Èkó
—  cidade e conurbação  —
Ilha de Lagos e parte do porto de Lagos
Ilha de Lagos e parte do porto de Lagos
Bandeira de Lagos
Bandeira
Selo de Lagos
Selo
Principais áreas urbanas de Lagos
Principais áreas urbanas de Lagos
Mapa das 16 LGAs que formam a Lagos Metropolitana
Mapa das 16 LGAs que formam a Lagos Metropolitana
Localização de Lagos na Nigéria
País Nigéria
Estado Lagos
Áreas de Governo Local
Área
 - Urbana 999.6 km²
Altitude [1] 34 m (112 pés)
População [2]
 - Urbana 7 937 932
    • Densidade urbana 7941/km2 
 - Língua[3] inglês e iorubá
 - Grupo étnico[4] maioria iorubá
O estado de Lagos relizou o seu
próprio censo em 2006, que
computou uma população de
16.060.303 habs, muito acima
do censo oficial.[5]
Fuso horário WAT (UTC+1)
Código postal 23401
Código de área +234 1
Gentílico Lagosiano
Sítio www.lagosstate.gov.ng/

Lagos (em yoruba: 'Èkó') é uma cidade localizada no sudoeste da Nigéria, na costa do Atlântico, no Golfo da Guiné. É a maior cidade do país, com 7.937.932 de habitantes (censo de 2006),[2] e a segunda maior cidade africana logo depois de Cairo, capital do Egito. É também o principal centro financeiro, econômico e mercantil do país. Foi capital da Nigéria até 1991, quando foi substituída por Abuja. Foi também capital do estado de Lagos até 1975, quando foi substituída por Ikeja.

É um porto no Golfo da Guiné. A cidade é constituída por uma parte continental e uma série de ilhas ao redor da lagoa de Lagos.

Lagos não é um munipício e nem possui uma administração que abranja toda a cidade. Na realidade, a cidade de Lagos é uma grande conurbação que abrange áreas de 16 LGAs (Áreas de Governo Local), cada uma com sua própria administração, equivalente a um município. A área total destas 16 LGAs somadas é de 999,6 km² e é conhecida como "Lagos Metropolitana". A Lagos Metropolitana está totalmente inserida dentro do estado de Lagos e abrange 16 dos seus 20 LGAs.

História[editar | editar código-fonte]

Mercado de rua em Lagos
Uma rua de Lagos

Lagos foi um assentamento iorubá do subgrupo Awori, inicialmente chamado de Oko. O nome Lagos deriva de uma divindade yoruba. Os yorubas ainda usam o nome de Èkó quando se referem a 'Lagos', um nome que nunca existiu na língua iorubá. É provável que o nome 'Lagos' tenha sido dado à cidade pelos primeiros colonos portugueses que partiram de uma cidade costeira com o mesmo nome em Portugal. O atual estado de Lagos possui um maior percentual de Awori, que migraram para a área a partir de Isheri às margens do rio Ogun. Ao longo da história, Lagos foi o lar de diversos grupos étnicos em conflito que se instalaram na área. Na época dos primeiros assentamentos, Lagos enfrentou períodos de domínio do Império do Benim.[6]

O explorador português Rui de Sequeira visitou a área em 1472, denominando a área ao redor da cidade, circundada por um lago, de 'Lago Curamo'. Outra explicação é que Lagos foi denominada a partir de Lagos em Portugal - uma cidade marítima, que na época era o principal centro das expedições portuguesas pela costa africano e cujo nome é derivado da palavra latina Lacobriga.

De 1404 a 1889, Lagos serviu como um grande centro de comércio de escravos, controlado por reis iorubás chamados Obas de Lagos. Em 1841, o Oba Akitoye assumiu o trono de Lagos e tentou proibir o comércio de escravos. Comerciantes de Lagos, mais notavelmente Madame Tinubu, resistiram à proibição, depuseram o rei e instalaram em seu lugar o irmão de Tinubu, Oba Kosoko.

Apesar de exilado, Oba Akitoye reuniu-se com os britânicos, que haviam proibido o tráfico de escravos em 1807, e conseguiu apoio destes para recuperar o seu trono. Em 1851, ele foi reinstalado como Oba de Lagos.

Lagos foi formalmente anexada como uma colônia britânica em 1861. Isto teve duplo efeito: o esmagamento do comércio de escravos e o estabelecimento do controle britânico sobre a palma e outros comércios.[7]

Há um bairro chamado Brazilian Quarter, onde se concentra uma colônia de descendentes de escravos brasileiros que retornam à África em fins do século XIX.

Em 1874, Lagos passou a integrar a colônia da Costa do Ouro (atual Gana). Em 1906, foi incluída no território do protetorado Sul da Nigéria. Em 1914, quando a colônia e protetorado da Nigéria foi criada, com a unificação dos protetorados do norte e do sul, Lagos foi declarada a sua capital. Em 1954, a cidade foi declarada território federal. Em 1960, Lagos continuou a ser a capital quando a Nigéria conquistou sua independência.[8]

Lagos experimentou um rápido crescimento ao longo das décadas de 1960 e 1970 como resultado do rápido crescimento econômico da Nigéria ocorrido antes da guerra civil nigeriana, também chamada Guerra do Biafra. Lagos foi capital do estado de Lagos até 1975, quando foi substituída por Ikeja.[9] Lagos foi a capital da Nigéria de 1914 a 1991, sendo destituída deste título quando o Território da Capital Federal foi estabelecido na cidade de Abuja, construída para este fim. No entanto, a maioria das funções de governo (principalmente o chefe de Estado) permaneceram em Lagos por um tempo uma vez que Abuja ainda estava em construção. Em 14 de novembro de 1991, o Gabinete da Presidência e de outros ministérios do governo federal foram finalmente transferidos para a nova capital, Abuja.

Em 2002, uma detonação acidental de explosivos militares causou a morte de mais de 1.100 pessoas.

Administração[editar | editar código-fonte]

Em termos de administração, Lagos não é um município e, portanto, não possui nenhuma administração municipal que abranja toda a cidade. O município de Lagos, que abrangia a ilha de Lagos, ilha de Ikoyi e ilha Victoria, bem como alguns território do continente, era administrado pelo Conselho da Cidade de Lagos (Lagos City Council - LCC), mas foi dissolvido em 1976 e dividido em várias Áreas de Governo Local (Local Government Areas - LGAs, equivalente a municípios), mais notadamente nos LGAs da Ilha de Lagos, Lagos Continental e Eti-Osa. A parte continental, além dos territórios sob administração do Município de Lagos, compreendia diversas cidades e povoados distintos, tais como Mushin, Ikeja e Agege. Na onda do boom do petróleo da década de 1970 na Nigéria, Lagos vivenciou uma explosão demográfica, crescimento econômico desenfreado e enorme migração rural. Isso fez com que as cidades periféricas e povoados se desenvolvesse rapidamente, formando assim a grande metrópole de hoje (Lagos Metropolitana). A história de Lagos é ainda evidenciada no layout das LGAs que mostram a identidade única das culturas que as criaram.

Hoje, a palavra "Lagos" na maioria das vezes se refere à área urbana, chamada "Lagos Metropolitana", que inclui as ilhas do antigo município de Lagos e as periferias do continente. Todos estes territórios são parte do Estado de Lagos, que atualmente compreende 20 LGAs. O estado de Lagos é responsável por diversos serviços públicos, incluindo estradas e transportes, energia, água, saúde e educação. A Lagos Metropolitana (uma divisão estatística e não uma unidade administrativa) se estende por 16 dos 20 LGAs do estado de Lagos, contém 88% da população do Estado e inclui também áreas semi-rurais.

Lagos foi a antiga capital da Nigéria, tendo sido posteriormente substituída por Abuja. Abuja oficialmente ganhou o seu estatuto de capital da Nigéria em 12 de dezembro de 1991, embora a decisão de transferir a capital federal tenha sido tomada pela Lei nº 6 de 1976.

Mapa com as 16 LGAs que formam a Lagos Metropolitana. O estado de Lagos está subdividido nestes 16 LGAs e 4 outros LGAs maiores não mostrados no Mapa, totalizando 20 LGAs.
Os 16 LGAs da Lagos Metropolitana
LGAs Área
(em km²)
População[2]
(Censo 2006)
Densidade
(hab./km²)
Agege 11,2 459.939 41.071
Ajeromi-Ifelodun 12,3 684.105 55.474
Alimosho 185,2 1.277.714 6.899
Amuwo-Odofin 134,6 318.166 2.364
Apapa
(Local do principal porto de Lagos)
26,7 217.362 8.153
Eti-Osa
(Local dos maiores centros de negócio de Lagos e das badaladas comunidades de Victoria Island e Ikoyi, antigamente a residência do governo federal nigeriano)
192,3 287.785 1.496
Ifako-Ijaiye 26,6 427.878 16.078
Ikeja 46,2 313.196 6.785
Kosofe 81,4 665.393 8.174
Ilha de Lagos
(centro histórico e comercial da Lagos Metropolitana)
8,7 209.437 24.182
Lagos Continental 19,5 317.720 16.322
Mushin 17,5 633.009 36.213
Ojo 158,2 598.071 3.781
Oshodi-Isolo 44,8 621.509 13.886
Somolu (aka Shomolu) 11,6 402.673 34.862
Surulere 23,0 503.975 21.912
Lagos Metropolitana 999,6 7.937.932 7.941

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cidade de Lagos está localizada no sudoeste da Nigéria, na costa do Atlântico, golfo da Guiné, enseada do Benim, a oeste do delta do rio Níger, à latitude 6°27′N e longitude 3°24'E. Neste trecho de alta pluviosidade da costa oeste africana, os rios que correm para o mar formam lagoas pantanosas, como a lagoa de Lagos, localizada por trás de grandes barreiras de areia da costa. Alguns rios, como o rio Badagry, correm paralelo à costa por alguma distância antes de encontrar uma saída para o mar através das barreiras de areia. As duas principais ilhas urbanas de Lagos, localizadas na Lagoa de Lagos, são a ilha de Lagos e a ilha Victoria. Essas ilhas são separadas do continente pelo canal principal que drena a lagoa para o oceano Atlântico e forma o porto de Lagos. As ilhas são separadas entre si por riachos de tamanhos variados e estão ligadas a ilha de Lagos por pontes. Pequenas partes de alguns riachos têm sido preenchidas de areia para construção.

Lagos é limitada ao sul pelo oceano Atlântico (enseada do Benim), a leste pela lagoa de Lagos, a sudoeste pelo riacho Badagry. O oeste e noroeste da cidade limita-se com terras agrícolas suavemente ondulada de Ado Odo/Ota, estado de Ogun e o norte da cidade com as planície inundadas do rio Ogun.

Parte continental de Lagos[editar | editar código-fonte]

A maioria da população e das indústrias estão localizadas na parte continental de Lagos. Lagos é conhecida pela sua música e vida noturna que costumava estar concentrada nas áreas em torno de Yaba e Surulere, porém, nos últimos anos, as casas noturnas têm surgido principalmente na ilha Victoria, fazendo desta a principal atração noturna da cidade. As principais localidades da parte continental de Lagos incluem Ebute-Meta, Surulere, Yaba (local da Universidade de Lagos) e Ikeja, local do Aeroporto Internacional Murtala Muhammed e capital do estado de Lagos.

Ilha de Lagos[editar | editar código-fonte]

Ponte Third Mainland, liga a ilha de Lagos a subúrbios do continente

A ilha de Lagos contém o Distrito Central de Negócios (Lagos Central Business District - com grandes edifícios ao longo da marina), muitos mercados atacadistas (como o Mercado Balogun), o Museu Nacional, a Mesquita Central de Lagos, o Glover Memorial Hall, a Catedral de Cristo (CMS) e o Palácio de Oba. Embora antigamente em condições de abandono, a Praça Tinubu (Tinubu Square) é um local de importância histórica, foi aqui que ocorreu, em 1914, a cerimônia (Amalgamation ceremony) que unificou o norte e o sul do protetorado para formar a Nigéria. Esta unificação conferiu a Nigéria sua atual área e forma.

Três grandes pontes ligam a ilha de Lagos ao continente: Ponte Eko (Eko Bridge) e Ponte Carter (Carter Bridge ) que partem da ilha de Ido, e a Ponte Third Mainland (Third Mainland Bridge) que atravessa subúrbios densamente povoados do continente através da Lagoa de Lagos.

Ilha de Ikoyi[editar | editar código-fonte]

"Golden Plaza" em Ikoyi. À esquerda a Ponte Falomo que liga Ikoyi a Ilha Victoria

A ilha de Ikoyi situa-se na metade oriental da ilha de Lagos, estão unidas uma a outra por um aterro. A ilha está também ligada à Ilha Victoria por uma ponte de uma estrada principal que passa sobre o riacho Five Cowrie.

Ikoyi abrigou a sede do governo federal da Nigéria e de outros edifícios do governo, incluindo o complexo do secretariado federal - que hoje está abandonado. A ilha possui quartéis militar e policial, uma prisão de segurança máxima e o Supremo Tribunal Federal (Federal High Court).

Ikoyi possui também vários hotéis, casas noturnas, um parque de recreio e um dos maiores campos de golfe da África.

Originalmente um bairro de classe média, nos últimos anos, tornou-se um moderno enclave residencial para a classe média alta e classe alta.

Há também atividades comerciais em Ikoyi, identificadas por um número crescente de escritórios, bancos e centros comerciais. O núcleo comercial da ilha está concentrado principalmente na parte sudoeste.

Ilha Victoria e península Lekki[editar | editar código-fonte]

A ilha Victoria (VI - Victoria Island) e a península Lekki estão situadas ao sul da ilha de Lagos. A ilha e a península foram unidas entre si por um aterro. Elas possuem alguns dos imóveis mais caros da África e, por essa razão, muitos condomínios de luxo e apartamentos estão florescendo em toda parte. Junto com a ilha de Ikoyi, a ilha Victoria ocupa uma grande área nos arredores de Lagos, e ostenta várias zonas comerciais de tamanho considerável (incluindo o maior shopping e cinema da Nigéria) e de várias praias modernas.

Ilha de Iddo[editar | editar código-fonte]

Do outro lado do canal principal da Lagoa de Lagos, partindo da ilha de Lagos, uma ilha menor chamada Iddo situa-se próximo ao continente, atuamente ligada a este como uma península.

Clima[editar | editar código-fonte]

Lagos tem um clima tropical de savana (classificação climática de Köppen), semelhante ao restante do sul da Nigéria. A estação chuvosa ocorre de abril a outubro, com as chuvas mais fortes caindo de maio a julho, período que a precipitação mensal ultrapassa os 200 mm. A estação seca ocorre de novembro a março, sendo dezembro e janeiro os meses mais secos, com precipitação mensal abaixo dos 30mm. A estação seca é acompanhada por ventos Harmattan do deserto do Saara, que entre dezembro e início de fevereiro podem ser bastante fortes. A temperatura média em janeiro é de 27 °C e em julho é de 25 °C. Na média, o mês mais quente é março, com temperatura média de 29°C, enquanto julho e agosto são os meses mais frios.

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Lagos Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 33 35 37 38 33 35 31 31 30 32 32 32 38
Temperatura máxima média (°C) 32 33 33 32 31 29 28 28 29 30 31 32 30,7
Temperatura mínima média (°C) 22 23 24 23 23 22 22 22 22 22 23 22 22,5
Temperatura mínima registrada (°C) 17 20 21 21 21 21 21 20 20 20 20 20 17
Precipitação (mm) 12,7 40,6 83,8 147,3 203,2 315,5 243,8 121,9 160 124,5 40,6 15,2 1 509,1
Fonte: [10] [11] 26/01/2010

Demografia[editar | editar código-fonte]

Censo de 2006[editar | editar código-fonte]

Segundo os resultados preliminares do censo de 2006, existem 7.937.932 habitantes na Lagos Metropolitana, 4.133.570 homens e 3.804.362 mulheres.[2] Este valor é inferior ao que tinha sido antecipado e tem criado uma grande controvérsia na Nigéria. A Ilha de Lagos, o LGA central e o centro histórico da Lagos Metropolitana, tinha uma população de 209.437 habitantes no censo de 2006.[2]

Autoridades do estado de Lagos rejeitaram os resultados do censo de 2006, acusando a Comissão Nacional de População (National Population Commission) de ter errado na contagem da população do estado. Esta acusação é negada pela Comissão.[12] [13]

Devido a controvérsia, o governo do estado de Lagos relizou o seu próprio censo em 2006, que computou uma população de 16.060.303 habitantes na Lagos Metropolitana, equivalente a 91,5% da população do estado, sendo 8.360.434 homens e 7.699.869 mulheres.[5] [14]

Lagos é, pela maioria das estimativas, uma das cidades de crescimento populacional mais rápido no mundo. Lagos atualmente possui um aumento em sua população de aproximadamente 275.000 pessoas por ano. Em 1999, a ONU previu que a região metropolitana da cidade, que possuía apenas cerca de 290.000 habitantes em 1950, ultrapassaria os 20 milhões em 2010 e, com isso, se tornaria uma das dez cidades mais populosas do mundo.

Como na maioria das cidades, existe uma enorme desigualdade na distribuição da riqueza entre as pessoas que residem em Lagos, variando do muito rico ao muito pobre. Lagos tem atraído muitos jovens empresários e famílias procurando uma vida melhor de todas as partes da Nigéria e de fora.

Economia[editar | editar código-fonte]

Lagos é a cidade mais próspera da Nigéria, e grande parte da atividade econômica e riqueza do país estão aí concentradas. A maioria dos centros comerciais, financeiros e de negócios de Lagos e da Nigéria permanece no distrito central de negócios (Central Business District) na ilha de Lagos, onde se pode verificar a presença de altos edifícios. Lagos é também o local onde a maioria dos grandes bancos e instituições financeiras do país e sedes das grandes empresas estão localizados. Lagos tem um dos mais altos padrões de vida em comparação com outras cidades da Nigéria e da África em geral.

O Distrito Central de Negócios de Lagos é também sede de muitas instituições financeiras da Nigéria, bancos e companhias de seguros.

Mapa mostrando as principais áreas urbanas e localização do porto e aeroporto de Lagos

O porto de Lagos é o porto principal da Nigéria e um dos maiores e mais movimentados da África. Ele é administrado pela Autoridade de Portos da Nigéria (Nigerian Ports Authority) e está dividido em três seções principais: o "Porto de Lagos", no canal principal ao lado da ilha de Lagos, já não muito utilizado, o "Porto de Apapa" (local do terminal de containeres) e o "Porto de Tin Can", ambos localizados no riacho Badagry (Badagry Creek) que desemboca no Porto de Lagos a partir do oeste.[15] O porto possui um terminal ferroviário.

O porto de Lagos tem exportado quantidades crescentes de petróleo cru. O Petróleo e seus derivados representam 20% do PIB e 95% das receitas em divisas estrangeiras da Nigéria como um todo.[16]

Transporte[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Lagos tem uma das maiores e mais extensa rede de estradas da África Ocidental.

As estradas são geralmente congestionadas em horários de pico, devido à geografia da cidade, bem como ao seu crescimento populacional desenfreado. Lagos é ligada por muitas estradas e pontes. A maioria das estradas estão bem conservadas.

As vias locais em Lagos variam em qualidade, das bem conservadas às esburadacas. As vias expressas Lagos-Ibadan e Lagos-Abeokuta são as principais artérias do norte da cidade e servem como estradas interestaduais para os estados de Oyo e Ogun, respectivamente. Para oeste a congestionada via expressa Lagos-Badagry serve localidades periféricas como Festac, local do Festival de Artes e Cultura Negra de 1977. Nos subúrbios a manutenção das vias é precária.

A cidade está repleta de ônibus conhecidos popularmente como Danfos e Molues, bem como mototaxis conhecidos como Okadas. Estes dois meios de transporte são parte vital da rede de transporte de Lagos.

VLP de Lagos[editar | editar código-fonte]

A LAMATA (Lagos Metropolitan Area Transport Authority) foi recentemente criada para resolver os problemas de transporte no estado. O sistema VLP (Veículo leve sobre pneus, em inglês: BRT - Bus Rapid Transit) foi lançado no dia 4 de junho de 2006.[17] A primeira fase do sistema foi concluída em fevereiro de 2008. A expectativa é que o sistema opere ao longo de oito rotas usando corredores especialmente designados aos ônibus através da cidade. O objetivo é expandir o sistema para outras rotas no futuro. A primeira fase abrange 19 km através da Ikorodu Road e Williams Funsho Avenue até a CMS (Catedral de Cristo). Após semanas de testes, as operações começaram em 17 de março de 2008, seis meses antes do planejado.[18]

Foi estimado que o sistema irá transportar cerca de 10.000 passageiros por hora em cada sentido durante o horário de pico.

Estradas Internacionais[editar | editar código-fonte]

Trajeto da Dakar-Lagos Highway

A importância de Lagos como porto e centro comercial e sua localização estratégica, transformaram a no destino de três estradas transafricana, que se utilizam das estradas nacionais nigeriana para atingir a cidade:

  • Trans-West African Coastal Highway ou Dakar-Lagos Highway, liga Lagos a Dakar - Senegal, partido da via expressa Lagos-Badagry;
  • Trans-Sahara Highway, liga Lagos a Argel - Argélia, partindo da via expressa Lagos-Ibadan;
  • Lagos–Mombasa Highway, liga Lagos a Mombasa - Quênia.

VLT da Lagos[editar | editar código-fonte]

A LAMATA (Lagos Metropolitan Area Transport Authority) está implantando na cidade um sistema VLT (Veículo leve sobre trilhos, em inglês: LRT - Light Rail Transit), uma linha ferroviária que atravessa a metrópole de Lagos está sendo construída, com previsão de conclusão para 2012.[19]

Balsa[editar | editar código-fonte]

A empresa de Serviços de Balsa do Estado de Lagos (Lagos State Ferry Services Corporation) executa algumas rotas regulares, por exemplo, entre a ilha de Lagos e o continente, se utilizando de balsas e cais modernos. Barcos particulares executam serviços não-regulares de passageiros na lagoa e em alguns riachos (creeks).

Aeroporto[editar | editar código-fonte]

Lagos é servida pelo Aeroporto Internacional Murtala Muhammed, um dos maiores aeroportos da África e o melhor da Nigéria. O aeroporto está localizado em Ikeja, no norte da cidade, e possui terminais doméstico e internacional. Com 5,1 milhões de passageiros em 2008, o aeroporto é responsável por quase 50% de todo o tráfego aéreo da Nigéria. As viagens internacionais que chegam e partem da Nigéria, em sua maioria, se utilizam do Aeroporto Murtala Mohammed Aeroporto.[20]

Cultura e sociedade[editar | editar código-fonte]

Música e indústria cinematográfica[editar | editar código-fonte]

Lagos é conhecido em toda a África Ocidental por sua cena musical. Lagos deu origem a uma variedade de estilos, como o estilo hip hop nigeriano naija hiphop, além dos estilos Juju highlife, fuji, e Afrobeat.

Lagos é o centro da indústria do cinema nigeriano, muitas vezes referida como "Nollywood". Muitos filmes são rodados na área Festac de Lagos.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Lagos, posteriormente, está gradualmente se tornando um importante destino turístico da África Ocidental, sendo um dos maiores destinos turísticos na África. Lagos passou a tomar medidas cabíveis para se tornar uma cidade global. O governador do estado de Lagos, Babatunde Raji Fashola, mantém um projeto de modernização da cidade e reestruturação dos pontos turísticos e da orla de Lagos. O evento que mais atrai turistas na cidade é o carnaval. Em 2009, o carnaval ocorreu em 25 de abril, e atraiu diversos turistas de todo o mundo. Atualmente, Lagos é conhecida principalmente como uma cidade de negócios.

A cidade tem um grande número de praias arenosas, espalhadas ao longo do litoral. Duas das praias mais populares são o Bar Beach e Lekki Beach. No entanto, em janeiro de 2009, um jardim zoológico de propriedade privada foi encomendado na zona litorânea de Lagos, uma vez que a região abriga uma das praias mais populares da cidade. O projeto foi aprovado pelo Governo do Estado de Lagos.

Lagos possui uma variedade de hotéis. Os hotéis são uma mistura de modernização global e cultura africana. Alguns dos hotéis mais populares da cidade são o Sheraton Hotel and Towers, Federal Palace Hotel, Ikoyi, Hotel Sofitel Lagos Moorhouse Ikoyi, Eko Hotels & Suites e The Manor Palmview. Os visitantes são atraídos principalmente pela rica cultura da Nigéria, que possui entretenimento e vitalidade. As atrações turísticas de Lagos incluem o Palácio de Oba, o Museu Nacional da Nigéria, Santuário de Fela e os resorts de praia.

Esporte[editar | editar código-fonte]

Como em outras grandes cidades do mundo, o futebol é o esporte mais popular em Lagos. Grandes clubes de futebol são oriundos de Lagos, como Julius Berger Football Club, First Bank Football Club e Stationery Stores Football Club.

A Seleção Nigeriana de Futebol, também conhecida como "Super Eagles", costumava mandar quase todas as suas partidas no Estádio Nacional de Lagos, em Surulere. Atualmente, as partidas são jogadas no Estádio Nacional de Abuja, maior e mais novo.[21] [22]

Educação[editar | editar código-fonte]

O governo do estado de Lagos opera escolas estaduais. O sistema de ensino é o 6-3-3-4, que é praticado em todo o país (bem como por muitos outros estados da Cedeao). Os níveis são primário, escola secundária junior (Junior Secondary School - JSS), escola secundária senior (Senior Secondary School - SSS) e universidade. A educação básica é oferecidas a todas as crianças, com foco especial nos nove primeiros anos.

A cidade é sede da Universidade de Lagos, uma das maiores e mais conceituadas do país. Ademais, abriga outras universidades importantes da Nigéria.

  • A Universidade de Lagos (UNILAG) possui todos os campi localizados em Lagos. Foi criada em 1962 e conta com mais de 35.000 estudantes. É composta por 13 faculdades, executada por mais de 4.000 docentes e funcionários. É uma das vinte e cinco universidades federais que são supervisionadas e credenciadas pela Comissão Nacional de Universidades da Nigéria.[23]
  • A Universidade Pan-Africana é essencialmente uma escola de negócios, oferecendo dois programas de MBA. Fundada em 1996 e atribuído o estatuto de universidade em 2002, consiste na Lagos Business School e nas Empresas de Serviços de Desenvolvimento. A Universidade também coloca alguma ênfase no estudo da arte.[24]
  • A Universidade do Estado de Lagos (LASU) é um multi-campus da universidade fundada em 1984 e de propriedade do governo do estado de Lagos. O campus principal está localizado na cidade, junto a Lagos-Badagry Expressway.[25]
  • A Faculdade Estadual de Tecnologia da Saúde de Lagos a instituição oferece mini-cursos de saúde, como informações de Gestão em Saúde, Técnico de Farmácia, Medicina, Laboratório Técnico, Extensão comunitária de Saúde e Saúde Ambiental.

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Altitude de Lagos em fallingrain.com
  2. a b c d e Somando a população das 16 LGAs que constituem a Lagos Metropolitana (Agege, Ajeromi-Ifelodun, Alimosho, Amuwo-Odofin, Apapa, Eti-Osa, Ifako-Ijaiye, Ikeja, Kosofe, Lagos Island, Lagos Mainland, Mushin, Ojo, Oshodi-Isolo, Shomolu, Surulere) em Federal Republic os Nigeria - 2006 Population Census (em inglês) NBS National Bureau of Statistics. Página visitada em 25 de janeiro de 2010.
  3. Lagos - Culture
  4. Lagos City, Lagos State, Nigeria, Africa
  5. a b The Autentic Census: Lagos State Social Security Exercise and Population Figure (em inglês) Lagos State Government. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  6. Edo Nation - The Origin of Eko (Lagos)
  7. A Brief History of Lagos State Site da cidade de Atlanta, Geórgia - Cidade-irmã. Página visitada em 27 de janeiro de 2010.
  8. A Cidade de Lagos - Nigéria Portal EmDiv. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  9. Port Infrastructure (em inglês). Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  10. Estatísticas do clima em weatherbase.com (em inglês). Página visitada em 26 de janeiro de 2010.
  11. Monthly Averages for Lagos, Nigeria (em inglês) The Weather Channel. Página visitada em 29 de janeiro de 2010.
  12. Obasola, Kemi (05/02/2007). Lagos rejects population commission's figures (em inglês) The Punch. Punch Nigeria Limited, via Biafra Nigeria World News. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  13. Governo da Nigéria, National Population Commission (08/02/2007). Lagos State Claim on the Provisional Result of the 2006 Census is Unfounded (PDF) (em inglês). Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  14. Errors, miscalculations, omissions in Lagos census figures (em inglês) NigerianMuse. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  15. OT Africa Line - Nigeria Page (em inglês). Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  16. Nigeria (em inglês) CIA World Factbook. Página visitada em 30 de janeiro de 2010.
  17. Lagos State Official website
  18. BRT - Bus Rapid Transit (em inglês) Lagos Metropolitan Area Transport Authority. Página visitada em 31 de janeiro de 2010.
  19. Lagos Urban Rail Mass Transit (LRMT) (em inglês) Lagos Metropolitan Area Transport Authority. Página visitada em 31 de janeiro de 2010.
  20. Data & Statistics Federal Airports Authority of Nigeria. Página visitada em 30 de janeiro de2010.
  21. World Stadiums - Nigeria
  22. RSSSF - Nigeria Results
  23. University of Lagos official website (em inglês)
  24. Pan-African University website (em inglês)
  25. Lagos State University website (em inglês)
  26. Lagos-Atlanta Sister City group initiates Safe Water Project

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lagos (Nigéria)
Governo
Turismo
Notícias
Outros