Movimento de Resistência Africâner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Movimento de Resistência Africâner
Afrikaner Weerstandsbeweging
Three sevens.svg
Presidente Steyn van Ronge
Fundação 1973
Sede África do Sul
Ideologia Nacionalismo, Separatismo
Site http://www.awb.co.za/

O Movimento de Resistência Africâner (em africâner: Afrikaner Weerstandsbeweging), abreviado AWB, é uma organização política sul-africana de extrema direita, que foi liderada por Eugène Terre'Blanche até ao seu assassinato em 3 de abril de 2010. Buscam a formação de uma república bôer independente, Boerestaat, como havia no século XIX.

Simbologia[editar | editar código-fonte]

A bandeira do AWB é composta de três "setes" circundados por um círculo branco, com um fundo vermelho. Apesar de o símbolo ser muito similar à suástica usada pelos nazistas, e da histórica admiração da direita sul-africana pelo nazismo, Eugène Terre'Blanche afirma que o símbolo representa 777, número de Javé (Deus em hebraico), em oposição a 666, número da Besta. Segundo Terre'Blanche, o vermelho representa o sangue de Cristo, e o preto simboliza a bravura e a coragem.

Bandeiras usadas pelos AWB:

Movimento de Resistência Africâner União Sul-Africana Transvaal Estado Livre de Orange
Movimento de Resistência Africâner União Sul-Africana Transvaal Estado Livre de Orange
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.