Nagisa Ōshima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nagisa Ōshima no Festival de Cinema de Cannes 2000.

Nagisa Oshima (大島渚, Ōshima Nagisa?, Quioto, 31 de março de 1932Kanagawa, 15 de janeiro de 2013) foi um cineasta japonês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Originário de uma família aristocrática e tradicionalista, desde cedo se interessou pelas causas estudantis e políticas. Diplomou-se em Direito, em 1954, especializou-se em história política e em particular na história da Revolução Soviética. Nesse mesmo ano, decide entrar para uma empresa produtora de filmes, trabalhando aí como argumentista e assistente de realizador.

Cineasta polémico, atento aos comportamentos humanos, tem como filmes mais conhecidos O Império dos Sentidos (1976) e Furyo, Em Nome da Honra (1983).

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 15 de janeiro de 2013, morreu em um hospital de Kanagawa, ao sul de Tóquio, por causa de uma pneumonia.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título japonês Rōmaji (Tradução literal) Título em Portugal Título no Brasil
1959 愛と希望の街 Ai to kibō no machi (O bairro do amor e da esperança)
1960 青春残酷物語 Sēshun zankoku monogatari (Conto Cruel da Juventude)
1960 太陽の墓場 Taiyō no hakaba (O Túmulo do Sol)
1960 日本の夜と霧 Nihon no yoru to kiri (Noite e Neblina no Japão)
1961 飼育 Shiiku (A Armadilha)
1962 天草四郎時貞 Amakusa shirō tokisada (A Revolta de Amakusa)
1963 小さな冒険旅行 Chīsana bōken ryokō (A primeira aventura de uma criança)
1964 私はベレット Watashi wa beretto (Aqui estou, Bellett)
1965 悦楽 Etsuraku (Os prazeres)
1965 ユンボギの日記 Yunbogi no nikki (O diário de Yunbogi)
1966 白昼の通り魔 Hakuchū no tōrima (O obcecado à luz do dia)
1967 忍者武芸帳 Ninja bugē-chō (Os contos do Ninja)
1967 日本春歌考 Nihon shunka-kō (Canções libertinas japonesas)
1967 無理心中日本の夏 Muri shinjū: Nihon no natsu (Duplo suicídio num verão japonês)
1968 絞死刑 Kōshikē O Enforcamento
1968 帰って来たヨッパライ Kaette kita yopparai (O regresso dos três bêbedos)
1969 新宿泥棒日記 Shinjuku dorobō nikki Diário de um ladrão
1969 少年 Shōnen O menino
1970 東京戰争戦後秘話 Tōkyō sensō sengo hiwa (História secreta no pós-guerra)
1971 儀式 Gishiki Cerimónia solene
1972 夏の妹 Natsu no Imōto Um verão em Okinawa
1976 愛のコリーダ Ai no corrida O império dos sentidos
1978 愛の亡霊 Ai no bōrē O império da paixão
1983 戦場のメリークリスマス Senjō no merī Kurisumasu / Merry Christmas, Mr. Lawrence Feliz Natal, Mr. Lawrence
1986 マックス、モン・アムール Makkusu, Mon Amūru / Max, Mon Amour
1999 御法度 Gohatto (Tabu)

Referências

  1. Nagisa Oshima, diretor de 'O império dos sentidos', morre aos 80 anos (em português) G1 (15 de janeiro de 2013). Visitado em 15 de janeiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]