Nickel Creek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nickel Creek
Informação geral
Origem Condado de San Diego, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Bluegrass progressivo
Acústico
Período em atividade 1989 - 2007
Gravadora(s) Sugar Hill Records
Página oficial www.nickelcreek.com
Ex-integrantes Chris Thile
Sara Watkins
Sean Watkins
Scott Thile
Byron House
Derek Jones
Mark Schatz

Nickel Creek foi um trio de música norte-americano formado no Condado de San Diego, Califórnia em 1989. Apesar das raízes do grupo virem do bluegrass, o trio descreve-se como "acústico progressivo".[1]

Nickel Creek era formado por três membros, Chris Thile no bandolim, Sara Watkins no violino e o irmão dela Sean Watkins na guitarra. O pai de Chris, Scott Thile tocou baixo com o grupo até 2000, seguido de Byron House e Derek Jones. Mark Schatz tocou baixo regularmente com o grupo desde 2003.[2] [3] Em diversas entrevistas, a banda afirmou que não era uma banda de bluegrass, mas que "incorporavam o bluegrass na música".[4] Nickel Creek fez covers de artistas como Weezer, Radiohead, Pavement, Coldplay, Elliott Smith, Bob Dylan, Jackson Five e Britney Spears.[5]

Início: 1989–1999[editar | editar código-fonte]

O grupo formou-se em Carlsbad, Califórnia em 1989 com Scott Thile, o pai de Chris, tocando contrabaixo.[6] [7] [8] As duas famílias os Watkins e os Thiles, conheceram-se porque Sean Watkins e Chris Thile tinham lições de bandolim com o mesmo professor.[8] Sara Watkins estudou com o colega de banda de Moore, Dennis Caplinger.[8] No inicio, Chris Thile e Sean Watkins tocaram guitarra e bandolim, respetivamente, antes de decidirem mudar.[6] [8] O mais velho das crianças, Sean, tinha apenas onze anos nessa altura.[9] Na formação do grupo, a banda escolheu o nome devido a uma canção de Byron Berline, que era o instrutor de violino de Sara Watkins.[10] O grupo tocou em diversos festivais de bluegrass durante os anos 1990, mas a meio dessa década, os três membros optaram pelo Ensino doméstico para responder ao seu apertado calendário.

Pouco tempo depois o grupo editou dois discos, Little Cowpoke em 1993 e Here to There em 1997.

Nickel Creek: 2000–2001[editar | editar código-fonte]

Para o próximo lançamento, o trio necessitava de um produtor, e Alison Krauss veio preencher essa posição. Sara Watkins discutiu a sua afiliação com Krauss numa entrevista concedida em 2000.

Krauss produziu o seu álbum homónimo em 2000 sob o selo da gravadora Sugar Hill Records. Nickel Creek recebeu duas nomeações para os Grammy Awards nas categorias "Best Bluegrass Álbum" e "Best Country Instrumental" por "Ode to a Butterfly". Foram igualmente nomeados para os CMA Awards na categoria "Best Vocal Group" e no "Horizon Award".[13] O vídeo do grupo "The Lighthouse's Tale" foi nomeado no Country Music Television para o prémio "Flameworthy Video Award" na categoria "Group/Duo Video of the Year".[14] Além dessas nomeações, o grupo foi designado "Five Music Innovators of the Millennium" pela revista Time em Maio de 2000.[3] Na promoção do seu álbum, o grupo atuou em diversos palcos em 2000 e 2001. Abriu os concertos de artistas como Dolly Parton, Toad the Wet Sprocket. Abriram também os espetáculos de Vince Gill e Amy Grant no Inverno desse ano.[15] [16] Pouco depois de a banda entrar em torné, Scott Thile decidiu deixar a banda devido à pouca disponibilidade com a familiar. Thile foi provisoriamente substituído pelo baixista Byron House, e em Março de 2001 um novo baixista Derek Jones, juntou-se à torné do grupo.[16]

This Side: 2002–2004[editar | editar código-fonte]

Em 2002, o grupo lançou o seu quarto álbum de estúdio, This Side. Estando presente o bluegrass, também marca a presença outros géneros, como o indie rock e o folk rock. No disco existem duas covers, "Spit on a Stranger" de Pavement e "Should've Known Better" de Carrie Newcomer. Numa entrevista dada à livraria Barnes & Noble, Chris Thile descreveu:

Como no álbum anterior, Nickel Creek, as críticas foram bastante positivas em relação a This Side. Charles Spano da Allmusic disse que: "Thile and the Watkins siblings' originals, like the sleepy, subtle "Speak" and the darker "Beauty and the Mess," easily outdo the likes of folk-rockers Dave Matthews and Hootie & the Blowfish, while forging a new style to rejuvenate a genre that has always been a bit of a dark horse." [18]

This Side estreou na Billboard 200 no nº 18 e no nº2 da Top Country Albums.[19] O disco foi certificado ouro no ano seguinte pela RIAA.[20] O álbum ainda ganhou diversos prémios, incluindo o Grammy Awards na categoria "Best Contemporary Folk Album".[3] [7] A banda ainda participou no disco da banda Rolling Stone, "Best of 2002" que se seguiu ao lançamento de This Side.[3] Durante a torné de This Side em 2002 e 2003, Nickel Creek atuou sozinho, mas também abriu cinco concertos para John Mayer em Novembro de 2002 em Upstate New York e New England,[21] e participou numa torné com Gillian Welch e David Rawlings nesse ano.[22] Em 2003 a banda apareceu no álbum da banda Béla Fleck and the Flecktones, Little Worlds.[23]

Why Should the Fire Die?: 2005[editar | editar código-fonte]

Após três anos do lançamento de This Side, Nickel Creek edita o seu quinto álbum Why Should the Fire Die?. Este disco trouxe uma sonoridade diferente, mais influencias rock e pop. Sean Watkins disse:

Why Should the Fire Die? estreou e atingiu o nº 17 da Billboard 200 e esteve no top da Billboard bluegrass.[7] No verão de 2006, a banda apareceu em diversos festivais, tais como Bonnaroo,[24] High Sierra Music Festival, Austin City Limits,[25] SXSW,[26] Lollapalooza,[27] e Star Fest.[28]

Farewell (For Now): 2006–2007[editar | editar código-fonte]

No final do verão de 2006 e através da Billboard e da sua página oficial, a banda anunciou que já não se iriam juntar para gravarem juntos e que o programa de 2007 seria o último durante um período indefinido de tempo. De acordo com Thile:

[29]

Sean Watkins ainda relatou que os três membros estavam preparados para expandir os horizontes musicais:

Em novembro de 2006, Sugar Hill Records lançou Reasons Why: The Very Best, uma compilação com faixas dos três últimos álbuns de estúdio da banda, bem como duas faixas não editadas e todos os vídeos dos singles da banda.[30] Em 2006, Nickel Creek planeou a torné "Farewell (For Now) Tour", que inicialmente era para ser designada "Victory Lap Tour", mas o responsável da banda achou que soaria a presunção.[31] Os sete meses da torné começaram em abril de 2007 e acabaram em Novembro de 2007. No início da torné Nickel Creek disse que:

A torné contou com a presença de diversos artistas, tais como Glen Phillips,[33] [34] Jon Brion,[2] Fiona Apple,[35] [36] [37] [38] Bruce Molsky,[39] Bela Fleck,[37] Tom Brosseau,[37] e Tift Merritt entre outros. A banda planeou gravar um DVD ao vivo no Ryman Auditorium em Nashville em Novembro de 2007 com a participação de convidados especiais ao longo de duas noites.[40] Contudo em Novembro de 2007, foi anunciado que os planos para essa gravação saíram falhados.[40] Ainda assim a sua atuação teve lugar, sendo a última antes do hiato.[41] Olhando para trás e vendo a experiência de Nickel, que durou dezoito anos, Sara Watkins disse:

Prémio e nomeações[editar | editar código-fonte]

Vencedor
  • 2000: IBMA - "Emerging Artist of the Year"
  • 2001: IBMA - "Instrumental Group of the Year"
  • 2003: Grammy Award na categoria "Best Contemporary Folk Album" – This Side
  • 2006: CMT – "Top 10 Country Compilations" de 2006 – Reasons Why: The Very Best[30]
Nomeado
  • 2001: Grammy Award na categoria "Best Bluegrass Album" – Nickel Creek
  • 2001: Grammy Award na categoria "Best Country Instrumental Performance" - "Ode to a Butterfly"
  • 2001: CMA - Prémio na categoria "Best Vocal Group"
  • 2001: CMA – Prémio Horizon
  • 2005: Grammy Award na categoria "Best Contemporary Folk Album" – Why Should the Fire Die?
  • 2005: Grammy Award na categoria "Best Country Instrumental Performance" - "Scotch & Chocolate"

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Álbum
2001 "When You Come Back Down" Nickel Creek
"The Lighthouse's Tale"
2002 "Reasons Why"
2003 "This Side" This Side
"Speak"
"Smoothie Song"
2005 "When in Rome" Why Should the Fire Die?

Referências

  1. May, Caryn. "Nickel Creek dares to branch out". The Source Weekly. July 14, 2006. Retrieved January 20, 2008.
  2. a b MacDonald, Patrick. "Bluegrass fans tell Nickel Creek "hurry back"". The Seattle Times. May 11, 2007. Retrieved March 2, 2008.
  3. a b c d Nickel Creek. "Meet The Band". Nickel Creek. June 8, 2002. Retrieved December 1, 2007.
  4. Cook, Dennis. "Chris Thile: Bringing In Some New Blood". JamBase. Retrieved January 17, 2007.
  5. The Complete List of Non-Album Originals/Covers nickelcreek.info (2006-11-12). Visitado em 2007-10-13.
  6. a b Quillien, Shay. "Hit-making Nickel Creek tries to catch its breath". Oakland Tribune. April 27, 2007. Retrieved February 23, 2008.
  7. a b c Rubin, Steven. "Grammys follow Nickel Creek as sound morphs". NC Times. December 14, 2005. Retrieved January 20, 2008.
  8. a b c d Havighurst, Craig. "Nickel Creek: Newgrass Wunderkinder". Acoustic Guitar (magazine). August 2000. Retrieved March 2, 2008.
  9. a b Nickel Creek's Sean Watkins Blue Ridge Exclusive Interview Blue Ridge (2006). Visitado em 2007-10-13.
  10. Seida, Linda. "Chris Thile Bio on JamBase". JamBase. Retrieved December 27, 2007.
  11. Nickel Creek: Mandolin With No Country Paste Magazine (2006-08-01). Visitado em 2007-10-13.
  12. "Sara Watkins". iBluegrass.com. 1999. Retrieved on October 13, 2007
  13. Jeckell, Barry A. "CMA Awards Add McBride, Tritt & More". Billboard (magazine). October 10, 2002. Retrieved February 3, 2008.
  14. Jeckell, Barry A. "Jackson, McBride, Keith Lead 'Flameworthy' Noms". Billboard (magazine). May 14, 2002. Retrieved February 3, 2008.
  15. Martens, Todd. "Grant, Gill Take Christmas On Tour". Billboard (magazine). September 21, 2001. Retrieved February 3, 2008.
  16. a b Sara Watkins, Sean Watkins. "Nickel Creek Journals". Nickel Creek. August 17, 2000. Retrieved December 1, 2007.
  17. "Nickel Creek Tackle Bluegrass Tradition and Pop Innovation on This Side". Barnes & Noble. August 16, 2002. Retrieved November 11, 2007.
  18. Charles Spano. "This Side - Nickel Creek". Allmusic. Retrieved November 11, 2007.
  19. Martens, Todd/Ellis, Michael. "Nelly Topples The Boss At No. 1". Billboard (magazine). August 22, 2002. Retrieved February 3, 2008.
  20. "Nickel Creek Certified Gold". Country Music Television. September 11, 2003. Retrieved February 19, 2008.
  21. Jeckell, Barry A. "Mayer Taps Randolph, Nickel Creek For Fall Tour". Billboard (magazine). October 25, 2002. Retrieved February 3, 2008.
  22. Sara Watkins. "Nickel Creek Journals". Nickel Creek. November 19, 2002. Retrieved December 1, 2007.
  23. Jeckell, Barry A. "Flecktones Prep Ambitious Triple 'Worlds'". Billboard (magazine). June 12, 2003. Retrieved February 3, 2008.
  24. "Bonnaroo 2006 Lineup Announced". CMT. February 1, 2006. Retrieved February 3, 2008.
  25. "Petty, Morrison, Nelson Top 'Austin City Limits' Bill". Billboard (magazine). May 18, 2006. Retrieved February 3, 2008.
  26. Cohen, Johnathan. "First Round Of Artists Confirmed For SXSW". Billboard (magazine). December 15, 2005. Retrieved February 3, 2008.
  27. Jeckell, Barry A. "Chili Peppers, Kanye, Wilco Lead Lollapalooza Lineup". Billboard (magazine). March 16, 2006. Retrieved February 3, 2008.
  28. Jeckell, Barry A. "Train, Pink lead Atlanta's Star Fest". Billboard (magazine). May 17, 2006. Retrieved February 3, 2008.
  29. a b Hasty, Katie. "Nickel Creek Going On Hiatus, Just Not Yet". Billboard. August 28, 2006. Retrieved February 19, 2008.
  30. a b "Top 10 Country Compilations of 2006". CMT. December 22, 2006. Retrieved February 19, 2008.
  31. Argyrakis, Andy. "Interview with Sean Watkins: Roots rock/alternative country combiners Nickel Creek say "farewell" for now LiveWire. August 8, 2007. Retrieved February 18, 2008.
  32. "Nickel Creek Prepares First Leg of Farewell Tour". CMT. Retrieved February 19, 2008.
  33. Jackson, Cory. "Sold out crowd says 'farewell' to Nickel Creek" Marshall Parthenon. Retrieved March 1, 2008.
  34. Dickens, Tad. "End of the road for Nickel Creek?". The Roanoke Times. November 2, 2007. Retrieved March 2, 2008.
  35. Hasty, Kate. "Apple, Nickel Creek Teaming For Tour". Billboard (magazine). May 18, 2007.
  36. Madison, Tjames. "Fiona Apple joins Nickel Creek's 'farewell' tour". LiveDaily. May 17, 2007. Retrieved March 2, 2008.
  37. a b c Kilgore, Kym. "Nickel Creek tours to the finish". LiveDaily. October 4, 2007. Retrieved March 2, 2008.
  38. Madison, Tjames. "Nickel Creek & Fiona Apple - 2007 collaborative & farewell Tour Dates (Summerstage)". Brooklyn Vegan. May 17, 2007. Retrieved March 2, 2008.
  39. "Bruce Molsky On Tour with Nickel Creek". Compass Records. October 18, 2007. Retrieved February 3, 2008.
  40. a b John. "Nickel Creek - no DVD after all". The Bluegrass Blog. November 7, 2007. Retrieved November 11, 2007.
  41. Dollar, Steve. "Putting the 'Blue' Back in Bluegrass" The New York Sun. February 19, 2008. Retrieved February 23, 2008.
  42. "Bluegrass group Nickel Creek says farewell (for now)". Go to Reno Tahoe. April 2007. Retrieved February 19, 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Nickel Creek
Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.