Omnívoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Onívoros)
Ir para: navegação, pesquisa
Tartaruga-marinha, um exemplo bem típico de onívoro aquático

Os omnívoros (português europeu) ou onívoros (português brasileiro)[1] [2] são os animais com capacidade para metabolização de diferentes classes alimentícias, tendo assim uma dieta alimentar menos restrita que a dos carnívoros ou herbívoros. Normalmente são predadores, mas têm o aparelho digestivo adaptado a metabolizar diferentes tipos de alimentos.

Os mamíferos que são omnívoros, por exemplo, têm dentes caninos menos desenvolvidos que os carnívoros e os incisivos e molares menos complexos que os herbívoros. Onívoros também utilizam mecanismos diferentes para as funções de absorção e digestão,[3] sendo na sua maioria oportunistas capazes de consumir — e consomem — produtos de origem animal e vegetal,[2] assegurando assim uma boa saúde a longo prazo, assim como boa fertilidade.[nota 1]

Citações ricas sobre as características dos onívoros já lia-se em obras mais antigas, como o Compendio de Veterinaria ou Medicina dos Animaes Domesticos, de 1852:[nota 2]

«Os omnívoros podem sofrer longa abstinência sem grande alteração na sua saúde, e tem-se observado que o cão ou o gato vive de vinte a trinta dias sem comer, ao passo que o cavalo ou o boi não pode resistir por mais de seis a oito dias a uma abstinência absoluta. (...) Grande abstinência de alimentos produz efeitos diversos nos herbívoros e omnívoros: os primeiros tornam-se tristes, abatidos e prostrados de forças; os segundos furiosos, chegando até a manifestar sinais de raiva.»[1]

Exemplos de omnívoros da classe Mammalia são: ser humano, chimpanzé, urso, morcego , rato, lobo-guará e Suricato.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. A maioria acredita ser carnívoro o indivíduo que na verdade é onívoro.[4]
  2. Título com grafia da época.

Referências

  1. a b PINTO, J.F. Macedo. Compêndio de veterinária ou medicina dos animais domésticos. [S.l.]: Na Imprensa da Universidade, 1852. 538 pp.
  2. a b Editores do Aulete (2007). Verbete onívoro Dicionário Caldas Aulete. Visitado em 12 de janeiro de 2015.
  3. COLVILLE, Thomas. Anatomia e Fisiologia Clínica para Medicina Veterinária. [S.l.]: Elsevier Brasil, 2011. 568 pp. ISBN 9788535254723.
  4. BERNINI, Giovanna C.. Nutrição & Saúde – A Terapia por Meio dos Alimentos. [S.l.]: Ibrasa. 96 pp. ISBN 9788534802666.
Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.