Parêntese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
( )

Sinais gráficos
apóstrofo ( ' ) ( )

parênteses ( ( ) )
colchetes (Brasil); parênteses retos (Portugal) ( [ ] )
chaves (Brasil) chavetas (Portugal) ( { } )
dois pontos ( : )
vírgula ( , )
travessão ( ), ( )
meia-risca ( )
hífen ( )
reticências ( )
ponto final ( . )
ponto de exclamação ( ! )
ponto de interrogação ( ? )
pontos de interrogação e de exclamação invertidos ( ¿ e ¡ )
til ( ~ )
ponto-e-vírgula ( ; )
barra ( / )
espaço (   )
ponto mediano, mid dot ou mini mid dot ( · )

Outros sinais tipográficos

ampersand ou e comercial ( & )
asterisco ( * )
símbolo de direitos autorais (©)
arroba ( @ )
aspas ( “ ” )
barra inversa ou contrabarra ( \ )
chevron ( < > )
moeda ( ¤ )
ponto lista ( )
obelisco ( † ‡ )
grau ( ° )
indicador ordinal ( .º .ª )
cerquilha ou cardinal ou tralha
( # )
(não confundir com sustenido - unicode 266F)
plica ( )
parágrafo ( § )
pé-de-mosca ( )
porcentagem (%)
símbolos matemáticos
      ( + ) ( ) ( × ) ( ÷ ) ( = ) ( ± )
símbolos monetários
      ( ¤ ) ( $ ) ( ¢ ) ( £ ) ( ¥ ) ( )
traço inferior ou underscore ( _ )
barra vertical ou pipe ( | )
sinal de conclusão (.·.)
sinal de idem ()

sinais diacríticos · editar 

Um parêntese ou parêntesis[nota 1] (do grego παρένθεσις, "inserção") é uma palavra, expressão ou frase que se interpõe num texto para adicionar informação, normalmente explicativa, mas não essencial. A característica fundamental dos parênteses é não afetar a estrutura sintática do período em que é inserido.

Por extensão de sentido, são chamados parênteses os sinais tipográficos — "(" [abre] e ")" [fecha] — que delimitam esses elementos aditivos no discurso.

Usam-se ( ) para isolar palavras, locuções ou frases intercaladas no período, com caráter explicativo, as quais são proferidas em tom mais baixo:

- "Finjamos pois (o que até fingido e imaginado faz horror), finjamos que vem a Bahia e o resto do Brasil a mãos dos holandeses..." (Vieira) Também entre parênteses devem ser postos os nomes de autores, obras, capítulos, etc., relativos a citações feitas, como foi feito ao final do exemplo acima.

Os parênteses são usados no caso de parte independente de uma sentença ou parágrafo, não diretamente relacionada com o restante da oração:

  1. Os profissionais liberais (advogados, médicos, dentistas, engenheiros), quando exercem a profissão por conta própria, são considerados segurados autônomos.

São usados para incluir quantias ou números já expostos por extenso:

  1. Trezentos mil reais (R$ 300.000,00).

São usados também em caso de siglas de estado:

  1. Belo Horizonte (MG)

Obs: Esses parênteses podem ser substituídos pela barra diagonal:

  1. Belo Horizonte/MG

Parêntesis também podem ser encaixados (com uma frase (como esta) dentro de outra). Isso não é comumente utilizado em linguagem formal [embora eventualmente outros sinais tipográficos possam ser escolhidos para um ou mais parêntesis interiores (em outras palavras, frases secundárias {ou até terciárias} podem ser encontradas dentro da sentença principal)][carece de fontes?]

Notas

  1. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa lista as palavras parêntese quanto é entre pessoas da mesma família(pl. parênteses) e parêntesis (pl. parêntesis) como sinônimos equivalentes.[1]

Referências

  1. Cf. Academia Brasileira de Letras. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. 4. ed. Rio de Janeiro: Imprinta, 2004. p. 593.
Ícone de esboço Este artigo sobre tipografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.