@

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
@

Sinais gráficos
apóstrofo ( ' ) ( )

parênteses ( ( ) )
colchetes (Brasil); parênteses retos (Portugal) ( [ ] )
chaves (Brasil) chavetas (Portugal) ( { } )
dois pontos ( : )
vírgula ( , )
travessão ( ), ( )
meia-risca ( )
hífen ( )
reticências ( )
ponto final ( . )
ponto de exclamação ( ! )
ponto de interrogação ( ? )
pontos de interrogação e de exclamação invertidos ( ¿ e ¡ )
til ( ~ )
ponto-e-vírgula ( ; )
barra ( / )
espaço (   )
ponto mediano, mid dot ou mini mid dot ( · )

Outros sinais tipográficos

ampersand ou e comercial ( & )
asterisco ( * )
símbolo de direitos autorais (©)
arroba ( @ )
aspas ( “ ” )
barra inversa ou contrabarra ( \ )
chevron ( < > )
moeda ( ¤ )
ponto lista ( )
obelisco ( † ‡ )
grau ( ° )
indicador ordinal ( .º .ª )
cerquilha ou cardinal ou tralha
( # )
(não confundir com sustenido - unicode 266F)
plica ( )
parágrafo ( § )
pé-de-mosca ( )
porcentagem (%)
símbolos matemáticos
      ( + ) ( ) ( × ) ( ÷ ) ( = ) ( ± )
símbolos monetários
      ( ¤ ) ( $ ) ( ¢ ) ( £ ) ( ¥ ) ( )
traço inferior ou underscore ( _ )
barra vertical ou pipe ( | )
sinal de conclusão (.·.)
sinal de idem ()

sinais diacríticos · editar 

Em informática, @ (arroba) é um símbolo tipográfico que substitui a palavra da língua inglesa at, que significa "em" ou "a", no sentido de endereço ou localização, ou alguma variação em contextos específicos. O significado em português assumiu o "arroba" pelo contexto mercantil.

Atualmente, é amplamente usada na informática (entre outros usos) para indicar a localização de endereços de correio eletrônico, de forma que o endereço fulano.de.tal@servidor.com indica o utilizador fulano.de.tal no domínio servidor.com.

História[editar | editar código-fonte]

Evidência do uso de @ para o termo "à".
Uma evolução teórica da arroba.
Sinal usado na "taula de Ariza" (1448)

Há diversas teorias sobre a origem do símbolo, que remontam uma origem caligráfica, e logo tipográfica. Entre as mais antigas, era um símbolo mercantil para abreviar "cada uma a", de forma que "12 maçãs @ $1" custariam $12, $1 por cada. Também há referências sobre a abreviação da preposição grega ανά. Ou ainda, a abreviação de monges medievais para a palavra latina ad seguida dum numeral, por questões de economia de tinta e papel.[1] Um acadêmico italiano alega ter identificado a origem do símbolo na renascença italiana, num documento assinado por Francesco Lapi em 4 de maio de 1537.[2] O documento é sobre um comércio feito com Pizarro, mais especificamente o preço duma @ de vinho no Peru; nesse contexto, @ significava ânfora (em italiano: anfora; em espanhol: ánfora).

Outra origem vem do normando "à", significando "cada", de forma que 2 x à £5.50 = £11.00". O símbolo é usado em francês e sueco, e nessa visão ele seria uma forma estilizada de à que evita levantar a mão ao escrever o símbolo.

O historiador aragonês Jorge Romance encontrou o que aparenta ser uma @ na "taula de Ariza" (1448), denotando uma carga de trigo de Castela ao Reino de Aragão.[3]

O símbolo foi utilizado em diversas máquinas de escrever a partir de sua introdução em 1884, principalmente por seu vasto uso comercial, incluindo a Lambert de 1902, construída pela Lambert Typewriter Company de Nova Iorque.[4] A máquina IBM Selectric (1961) também incluía o símbolo. Sua inclusão no padrão original ASCII de 1963 seguindo o mesmo preceito.

Em diversas culturas, o símbolo foi nomeado a partir de seu formato,[2] como chiocciola (caracol) em italiano, snabel (tromba de elefante) em sueco e apestaart (rabo de macaco) em neerlandês.[1] [5]

Uso moderno[editar | editar código-fonte]

Computação[editar | editar código-fonte]

O uso contemporâneo mais familiar está no correio eletrônico (transmitido por SMTP), de forma que fulano.de.tal@servidor.com indica o utilizador fulano.de.tal no domínio servidor.com. Ray Tomlinson da BBN Technologies é creditado por introduzir tal uso em 1971,[6] Essa ideia da @ representar a localização sob forma utilizador@domínio motivado primordialmente pela disponibilidade no dispositivo que ele usava e pela necessidade dum símbolo que não aparece nos nomes de utilizador, evitando ambiguidades.[7] também foi migrada para outros protocolos: o comando Unix ssh jdoe@www.example.com tenta estabelecer uma conexão SSH ao computador www.example.com usando o utilizador jdoe.

Nas páginas da web, as organizações muitas vezes disfarçam endereços de email dos seus membros ou funcionários, omitindo o @. Esta prática deixam os endereços menos vulneráveis a programas de spams que varrem a internet procurando por eles.

No inglês americano, o @ e usado em informações sobre um evento esportivo. Em tabelas, muitas vezes as equipes são separadas por um v, mas também pode ser substituído por um @, quando pode indicar a quem pertence o mando da partida. O nome da equipe visitante aparece antes, enquanto o nome da equipe mandante vem depois.[8]

Em discussões nos fóruns da internet, o @ pode ser usado para direcionar uma resposta a um usuário em específico. Por exemplo, um "@Jane" é usado para responder a um comentário anterior de Jane. No corpo de um corpo de e-mail, o @ pode ser usado para se referir a alguém.

No Twitter, o @ é usado para os usuários enviarem respostas públicas uns aos outros, ou fazerem referências a eles. Em 15 de setembro de 2009, esse recurso também foi incluído no Facebook. Em um Internet Relay Chat, ele serve para marcar o nick do operador de um canal

O símbolo também é usado em diversas linguagens de programação, ainda que de formas distintas. Em C#, ao prefixar cadeias de caracteres ele indica que os caracteres não devem ser escapados, enquanto que ao prefixar identificadores ele permite que palavras reservadas sejam usadas. Em Java 5.0+ é usada para anotações, uma espécie de metadado. Em Pascal, é um operador que retorna o endereço de uma variável. Em Perl, ela prefixa variáveis que contêm vetores.

Neutralidade de gêneros[editar | editar código-fonte]

Devido a ausência de gênero neutro no português e espanhol, assim como em outras línguas ibero-ocidentais, movimentos feministas promovem o uso do símbolo @ como substituto neutro para se referir a grupos de gêneros mistos ou desconhecidos, em detrimento da forma padrão que geralmente dá preferência ao gênero masculino. Dessa forma, palavras como "amigos", "moradores", "candidatos" seriam redigidas como "amig@s", "morador@s" e "candidat@s" se o grupo citado for composto por homens e mulheres. Apesar da substituição do símbolo na forma escrita, não há um vocábulo apropriado para a sua pronúncia, cabendo ao locutor a escolha por um dos gêneros em seu discurso.

De acordo com os grupos feministas que defendem tal forma de redação, o uso do gênero masculino em detrimento do feminino configura uma forma de machismo, que foi mantida pela tradição linguística. Entretanto, a Real Academia Espanhola desaprova o uso do arroba como letra[9] , assim como opositores consideram a promoção do uso do símbolo uma medida exagerada e desnecessária.

Outros[editar | editar código-fonte]

Em literatura científica e tecnológica, especialmente em inglês, @ é usada para descrever as condições em que os dados são válidos, ou em que os experimentos foram feitos. Por exemplo, a densidade da água do mar pode ser descrita como d = 1,050 g/cm³ @ 15 ℃. Numa fórmula química, a arroba é usada para denotar átomos ou moléculas em certas condições especiais. Em genética, ela é uma abreviação de locus, como IGL@ para immunoglobulin lambda locus.

Codificação[editar | editar código-fonte]

A @ está codificada em ASCII no código x40. Por consequência, também é parte do Unicode com o mesmo código, U+0040. Além do símbolo em sua formatação tradicional, há também um caractere Unicode para a versão reduzida, ﹫ (U+FE6B),[10] e outro para a versão monoespaçada, @ (U+FF20).

Nomes[editar | editar código-fonte]

  • Em árabe, é soletrado em آت (usando a pronúncia em Inglês).
  • Em basco, é "um bildua" (envolto a).
  • Na Bósnia, é "ludo a" ("louco a").
  • Em búlgaro, ele é chamado кльомба ("klyomba", não significa outra coisa) ou маймунско а (maymunsko um "macaco A").
  • Em catalão, é chamada de 'arrova' (o que significa uma unidade de medida), ou "Ensaimada" (por causa da forma semelhante desta especialidade alimentos)
  • Em chinês Na China continental, é quan A (圈 A), que significa "círculo A / fechados A" ou hua A (花 A), que significa "lacy A". Às vezes como xiao laoshu (小 老鼠), que significa "ratinho".[11] Hoje em dia, para a maioria da juventude da China, é a (usando a pronúncia em Inglês).
  • Em Taiwan, é xiao laoshu (小 老鼠).
  • Em Hong Kong e Macau, que está em (usando a pronúncia em Inglês).
  • Em croata, é mais frequentemente referido pela palavra em Inglês. Informalmente, é chamado de manki, vindo da pronúncia local da palavra Inglês, macaco. Observe que a palavra croata para o macaco, majmun, não é utilizado para designar @.
  • Em checo, eslovaco e, é chamado zavináč, o que significa (rollmops).
  • Em holandês, chama-se apenstaartje ("(pouco) de macaco de cauda").
  • Em esperanto, é chamado de ĉe-signo [pronúncia: /tchê/ ] (com um endereço pronunciado zamenhof ĉe esperanto punkto org), ou ainda po-signo ('po' [pronúncia correta: /pô/ ] significa "cada", refere-se somente ao uso matemático) ou heliko [pronúncia: /rê-liko/], que significa "caracol".
  • Em Ilhas Faroe, é Kurla (sons "curly"), HJA ("at"), e tranta snápil-a ("tronco-a (elefante)").
  • Em finlandês, foi originalmente chamado taksamerkki ("sign fee") ou yksikköhinnan merkki ("sinal preço unitário"), mas esses nomes são muito obsoleto e agora raramente compreendido. Hoje em dia, é oficialmente a-merkki, de acordo com o instituto nacional de padronização SFS; freqüentemente também pronunciado "at-merkki". Outros nomes incluem kissanhäntä, ("rabo de gato") e miukumauku ("miau miau").
  • Em francês, é arrobase ou arrobe ou um comercial (embora isto seja mais comumente usado em língua francesa do Canadá, e normalmente deve ser usado apenas quando citando preços, mas deve sempre ser chamado arobase ou, melhor ainda, arrobas, quando em um e-mail endereço), e às vezes um dans le rond (a no círculo). Mesma origem espanhola, o que poderia ser derivado do árabe, ar-Roub. Na França, também é comum (especialmente para as gerações mais jovens) a dizer "at" (usando a palavra em Inglês), quando soletrando um endereço de e-mail.
  • Em georgiano, é "at" (usando a pronúncia do Inglês), soletrado ეთ - ი (კომერციული ეთ - ი).
  • Em alemão, às vezes costumava ser referido como Klammeraffe (que significa "macaco-aranha"). Klammeraffe refere-se à semelhança de @ para a cauda de um macaco agarrando uma filial. Ultimamente, ele é chamado em sua maioria como em Inglês
  • Em grego, é mais frequentemente referida como papaki (παπάκι), que significa "patinho", devido à semelhança que tem com desenhos de personagens de quadrinhos para os patos.
  • Na linguagem da Gronelândia, e Inuit, é chamado aajusaq que significa "como" ou "algo que se parece com um"
  • Em hebraico, é coloquialmente conhecido como shtrudel (שטרודל). O termo normativo, inventado pela Academia da Língua Hebraica, é krukhit (כרוכית), que é uma palavra hebraica para strudel.
  • Em hindi, é "at" (usando a pronúncia em Inglês).
  • Em húngaro, é chamado kukac ("verme, larva").
  • Em islandês, é referido como "no merkið (" o sinal de arroba ") ou" HJA ", que é uma tradução direta de menos.
  • Em indonésio, é o hábito de ler et. Variações existentes - especialmente se a comunicação verbal é muito barulhento - tais como: a bundar / a Bulat ("Um círculo" significado), um Keong ("caracol A"), e (muito raramente) monyet um ("macaco A").
  • Em italiano, é Chiocciola ("caracol") ou um commerciale, por vezes, (pronuncia-se com mais freqüência [ɛt], raramente [at]) ou ad.
  • Em japonês, ele é chamado attomāku (アット マーク, "na marca"). A palavra é uma wasei eigo, uma palavra que provém do idioma Inglês ou Gairaigo, referindo-se às palavras de empréstimo externo em geral. Às vezes é chamado naruto, por causa de Naruto jacuzzis ou alimentos (Narutomaki).
  • No Cazaquistão, é oficialmente chamado айқұлақ ("orelha lua"), algumas vezes não oficiais como ит басы ("cabeça do cachorro").
  • Em coreano, é chamado golbaeng-i (골뱅이; conchas bai top), uma forma dialectal de búzios.
  • No Quirguistão, que é oficialmente chamado маймылча ("macaco"), algumas vezes não oficiais como собачка ("doggy"), e et (usando a pronúncia em Inglês).
  • Em letão, é pronunciado mesmo em Inglês, mas, uma vez que em língua letã [æ] é escrito como "e" não "a" (como em Inglês), às vezes é escrito como et.
  • Em lituano, é eta (equivalente a Inglês na Lituânia, mas com final)
  • Em luxemburguês que costumava ser chamado Afeschwanz (macaco-rabo), mas devido ao uso generalizado é agora pronuncia-se 'em' como em Inglês.
  • Em macedônio, ele é chamado мајмунче (macaco pronun. meu-moon-Cheh, pouco)
  • Em malaio, é chamado de alias quando ele é usado no nome, di, quando ele é usado em e-mail. Também é comumente usado para abreviar o que significa ou atau ou qualquer um.
  • Em Código Morse, é conhecido como "commat", que consiste do código Morse para o "A" e "C" correr juntos como um só personagem: (---). O símbolo foi adicionado em 2004 para uso com endereços de email, a única mudança desde a Primeira Guerra Mundial
  • Em norueguês, é oficialmente chamado krøllalfa ("alpha curly" ou "alpha twirl"). (O alfakrøll alternativo também é comum, mas não é seu nome oficial). Snabel Às vezes a, @ 's nome dinamarquês, (tronco, tal como no tromba de elefante) é usado. Comumente, as pessoas vão chamar a carta [aet] (como em Inglês), particularmente ao dar o seu endereço de e-mail.
  • Em persa, é a (usando a pronúncia em Inglês).
  • Nas Filipinas, no meio "e" em Tagalog que poderiam ser usados ​​de forma intercambiável em abreviações coloquial. Ex: @ Magluto kumain. Cozinhar e comer.
  • Em Português, é chamado de "arroba" (do arrub árabe). A arroba palavra também é usada para uma medida de peso em Português. Embora haja variações regionais, uma arroba é normalmente considerado como representando cerca de 32 quilos, 14,7 kg, e tanto o peso quanto o símbolo de arroba são chamados. No Brasil, o gado ainda estão com preços pela arroba - agora arredondado para 15 kg. (Isso ocorre porque o mesmo sinal foi usado para representar a mesma medida).
  • Em polonês, ele é chamado, ambos oficialmente e comumente małpa (macaco), às vezes também małpka (macaquinho).
  • Em romeno, é chamado coloquialmente (iliterately) Coadă de maimuţă (macaco-rabo) ou "a rond". Este último é comumente utilizado e se trata de um round-de sua forma, mas isso não é nada como o símbolo matemático "A-rond" (arredondado A). Alguns até chamam de "aron". Leitura recomendada: "at" ou "la".
  • Em russo, é mais comumente sobaka (собака) (cão). O nome de "cão" veio de computadores Soviética DVK onde o símbolo tinha uma cauda curta e semelhança com um cão.
  • Em sérvio, ele é chamado лудо А / ludo A (louca A), мајмунче / majmunče (macaquinho) ou мајмун / majmun (macaco)
  • Em países de língua espanhola que denota uma unidade pré-métrica de peso. Embora haja variações regionais na Espanha e no México é tipicamente considerada para representar cerca de 25 libras (11,5 kg), e tanto o peso eo símbolo são chamados arroba. Também tem sido usado como uma unidade de volume de vinho e azeite.
  • Em sueco, é chamado snabel-a ("(elefante), tronco-a"), kanelbulle (rolo de canela) ou simplesmente "at", como no idioma Inglês.
  • Em alemão suíço, que é comumente chamado Affenschwanz ("macaco-tail").
  • Em tailandês, que é comumente chamado de como o Inglês.
  • Em turco, é et (usando a pronúncia em Inglês). Também chamado de güzel uma (linda a), um özel (especial a), salyangoz (caracol), Koc (ram), kuyruklu um (a com uma cauda), uma çengelli (a com gancho) e kulak (orelha).
  • Em ucraniano, é comumente chamado de ET ("at"), outros nomes sendo ravlyk (равлик) (caracol), slymachok (слимачок) (slug pouco), vukho (вухо) (orelha) e pesyk (песик) (cachorro) .
  • No Usbequistão, ele é chamado kuchukcha que significa doggy, uma tradução direta do termo do russo.
  • Em vietnamita, é chamado de Cong (bebent a) no Norte e um moc (viciado a) no sul do país.
  • Em galês, às vezes é conhecido como um malwen ou malwoden (um caracol).

Referências

  1. a b Reinaldo Pimenta. Símbolos: você sabe qual a origem da @?. Blocos Online.
  2. a b Philip Willan (31 de julho de 2000). merchant@florence wrote it first 500 years ago (em inglês). Notícias > Tecnologia. The Guardian. Página visitada em 7 de março de 2010.
  3. Jorge Romance (30 de junho de 2009). La arroba no es de Sevilla (ni de Italia). Purnas. Página visitada em 7 de março de 2010.
  4. Lambert (em inglês). The Virtual Typewriter Museum. Página visitada em 7 de março de 2010.
  5. Scott Herron (1997). A Natural History of the @ Sign (em inglês). Herodios. Página visitada em 9 de março de 2010.
  6. Who sent the first e-mail? (em inglês). Ask Yahoo. Yahoo (24 de agosto de 2001). Página visitada em 7 de março de 2010.
  7. Bruno Giussani (5 de julho de 2001). A Brief History of @ (em inglês). The Standard. Página visitada em 9 de março de 2010.
  8. Para um exemplo, veja: http://www.nfl.com/schedules
  9. DICCIONARIO PANHISPÁNICO DE DUDAS - Primera edición (octubre 2005) (em espanhol). Real Academia Espanhola (2005). Página visitada em 7 de marco de 2010.
  10. Small Form Variants (em inglês). Especificação Unicode. Unicode Consortium. Página visitada em 7 de março de 2010.
  11. "Why @ Is Held in Such High Design Esteem", The New York Times, Alice Rawsthorn, March 21, 2010, 22 de março de 2010. Página visitada em 25 de abril de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons
  • Arroba, unidade de medida de massa e volume
  • A, primeira letra do alfabeto

Ligações externas[editar | editar código-fonte]