Pardners

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pardners
O Rei do Laço (BR)
 Estados Unidos
1956 • cor • 90 min 
Direção Norman Taurog
Produção Paul Jones
Roteiro Sidney Sheldon
Melvin Houser
Jerry Davis
Elenco Dean Martin
Jerry Lewis
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Pardners (no Brasil, O Rei do Laço) é um filme de comédia de 1956 dirigido por Norman Taurog e protagonizado pela dupla Martin e Lewis.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Slim Mosely, Sr. (Dean Martin) e Wade Kingsley, Sr. (Jerry Lewis) são dois fazendeiros batalhadores e companheiros que sempre lutam por sua terra. Mas de repente, os dois são mortos em uma richa com uma gangue chamada Masked Raiders que pretende há tempos se aponderar da terra de Slim e Wade. Passam-se os anos e seus próprios filhos Slim Mosely, Jr. (Dean Martin) e Wade Kingsley, Jr. (Jerry Lewis) que por muito tempo se mantiveram separados, finalmente se reúnem com o objetivo de vingar os seus pais e lutar contra todos que quererem ainda se aponderar da velha fazenda, a qual era pertencida por eles.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

O fim para a dupla Martin & Lewis[editar | editar código-fonte]

No mesmo dia da estréia de Pardners, Martin e Lewis se apresentariam pela última vez como dupla na boate Copacabana Palace em Nova York.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
  • Este foi o penúltimo filme da dupla Martin & Lewis. O último seria Hollywood or Bust também de 1956.
  • No período da produção do filme, já surgiam rumores de que a dupla iria se separar. Para mostrar que isso tudo não passava de um boato, Martin e Lewis ao final do filme deixam um recado inesperado mas otimista para o público lhe deixando claro que ainda não estavam preparados para "o fim" e que adoravam trabalhar para o público e fãs. Além disso, a dupla mostrou uma relação mais amigável o possível enquanto passavam a mensagem como se fossem verdadeiros "parceiros" (dito o nome do filme), especialmente quando Martin chamou Lewis de "Jer" e Lewis chamou Martin de "Dean". Infelizmente, esse recado foi uma pura ilusão, pois quando o filme tinha sido estreado entre julho e agosto de 1956, a dupla já tinha se separado.
  • As filmagens foram de novembro de 1955 até janeiro de 1956 e foi baseado em um filme chamado Rhythm on the Range, protagonizado por Bing Crosby e também tendo sido dirigido por Norman Taurog.
  • Durante a produção, Jerry Lewis tinha feito um documentário de 16mm sobre o filme.
  • Foi relançado em 1965 como coleção junto com outro filme de Dean Martin e Jerry Lewis, Living It Up.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]