Península de Izu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização da península
Imagem de satélite

A Península de Izu (伊豆 半島, Izu-hantō?) é uma península situada a oeste de Tóquio na ilha japonesa de Honshu. Antigamente era parte integrante da província de Izu, mas agora está integrada na província de Shizuoka, contudo, o arquipélago de Izu é administrado por Tóquio.

Atracções turísticas[editar | editar código-fonte]

Esta península é um destino popular para as pessoas da região de Tóquio, sendo sobretudo conhecida pelas suas fontes termais, onsen, localizadas em Atami e Mishima. A península de Izu é parte do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu e está próxima do monte Fuji.

Além das águas termais, também o mergulho atrai visitantes a esta península, incluindo-se nos principais destinos:

  • Parque Oceânico de Izu (伊豆海洋公園, Izu Kaiyō Kōen)
  • Yawatano (八幡野)
  • Osezaki (大瀬崎)

Mais a sul existe uma estufa de plantas tropicais chamado Parque Banana Crocodilo (バナナワニ園, Banana Wani-en) nas imediações de Ito. Mais atracções turísticas famosas são por exemplo Shuzenji com os seus templos, onsens, cascatas e ryokans e Shimoda, um dos portos abertos ao ocidente pelo Tratado de Kanagawa.

A região de Izu é uma das grandes produtoras de wasabi, pelo que a cozinha local oferece diversos pratos com este ingrediente.

Accesso[editar | editar código-fonte]

A linha Tokaido Shinkansen permite o acesso à península de Izu para quem vem de Tóquio ou de outros locais a oeste, através das estações de Atami e Mishima. Vindo de Odakyu, de Odawara ou de Hakone, existem autocarros que permitem chegar à península.

O acesso à maior parte do litoral da península é gratuito, contudo, existem áreas de acesso restrito, como a praia Tenno, ou praia do Imperador.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.