Pierre Sonnerat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Á sombra de uma palmeira, M. P. Sonnerat, estuda um papagaio que lhe é mostrado por uma mulher da Nova Guiné.

Pierre Sonnerat (18 de agosto de 174831 de março de 1814) foi um naturalista e explorador francês.

Sobrinho de Pierre Poivre, realizou diversas viagens exploratórias pelo sudeste asiático, visitando as Filipinas, Ilhas Molucas entre 1769 e 1772, ìndia e China entre 1774 e 1781. Foi o primeiro cientista a desenvolver um descrição científica da Lichia. Também foi a pessoa que por má interpretação da palavra indri falado por um guia, que quer dizer veja na língua magalche para descrever a maior espécie de um lémure. Sonnerat pensou que indri era o nome do animal que conhecemos mundialmente por indri indri.

Seus livros incluem Voyage à la Nouvelle-Guinée (1776) e Voyage aux Indes orientales et à la Chine, fait depuis 1774 jusqu'à 1781 de 1782.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Seu nome foi utlizado como nome científico para o gallo gris (Gallus sonneratii).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pierre Sonnerat


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.