Platanus × hispanica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPlatanus × hispanica
PlatanusAcerifoliaTrunk4.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Hamamelidae
Ordem: Proteales
Família: Platanaceae
Género: Platanus
Espécie: P. × hispanica
Nome binomial
Platanus × hispanica
(Mill.) Münchh., 1770
Sinónimos
  • Platanus orientalis var. acerifolia [Ait. (basónimo)]
  • Platanus × acerifolia f. suttneri' [(Jaennicke) C.K.Schneid.]
  • Platanus × acerifolia var. hispanica
  • Platanus × acerifolia var. kelseyana [(Jaennicke) C.K.Schneid.]
  • Platanus × hybrida [Brot.]
Plátanos na Batalha (Portugal)
Plátanos no outono (Caríntia, Áustria)

Platanus × hispanica é uma árvore do género Platanus. É a variedade mais comum de plátano na Europa Ocidental, nomeadamente na Península Ibérica, onde também é designada por plátano de sombra. É muito comum nos parques e jardins urbanos de zonas temperadas.

É também conhecido como plátano comum, plátano híbrido, plátano europeu e plátano de Londres. Este último nome deve-se ao facto de mais de metade das árvores ornamentais daquela cidade serem Platanus × hispanica. A espécie tem outras designações científicas. Principalmente na literatura anglo-saxónica, o nome científico mais comum é Platanus × acerifolia, mas também são usados Platanus × hybrida, Platanus × acerifolia var. hispanica, Platanus orientalis var. acerifolia, Platanus × acerifolia f. pyramidalis e Platanus × acerifolia var. kelseyana. Algumas fontes consideram "Platanus × hybrida" um nomen dubium.

Origem[editar | editar código-fonte]

A origem da espécie é supostamente uma hibridação entre Platanus orientalis e Platanus occidentalis (ou americano). Supõe-se que a hibridação foi produzida em Espanha no século XVII, onde as duas espécies estiveram pela primeira vez em contacto uma com a outra. Os nomes hispanica (Mill. e Münchh.) e hybrida (Brot.) refletem essa suposição.

Descrição e uso[editar | editar código-fonte]

É uma árvore caducifólia hermafrodita de grande envergadura, cuja altura pode chegar aos 35 ou 40 metros, com o tronco geralmente direito, alto, com um diâmetro que pode chegar aos 3 m. A casca é delgada, de cor pálida cinzenta esverdeada ou amarelada, desprende-se em pequenas placas. A copa é ampla, arredondada, ainda que, com a poda, possa assumir diversas formas. Floresce na primavera; os frutos são aquénios rodeados de pêlos de cor pardacenta, acastanhada ou amarelada, cuja maturação ocorre no final do verão. Os frutos permanecem na árvore até à primavera seguinte e servem de alimento a algumas aves (tentilhões, Fringillidae) e esquilos.

É muito tolerante à poluição atmosférica e à compactação de raízes, o que a faz muito popular para árvore de beira de ruas ou estradas urbanas. Resiste relativamente bem ao vento e é mais resistente ao frio invernal do que o Platanus orientalis.

Apesar da sua popularidade como árvore urbana, apresenta alguns problemas. As folhas jovens e as sementes libertam pelos curtos que são irritantes quando inalados e provocam alergias e problemas respiratórios a pessoas com asma. Outro problema é a acumulação de folhas no outono; por serem resistentes, podem demorar mais de um ano a decompor-se se não forem limpas. As raízes podem causar problemas nas edificações e nos pisos das ruas e passeios.

A madeira, de cor clara, dura e resistente, é usada para aquecimento e em ensambladura. É semelhante à faia, mas é mais resistente à humidade e mais vulnerável a ataques de insetos. O alburno (partes mais próximas da casca) em pouco se distingue do núcleo.

Notas[editar | editar código-fonte]

O texto foi inicialmente baseado na tradução dos seguintes artigos:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bean, William Jackson. Trees and Shrubs hardy in the British Isles (em <Língua não reconhecida>). 8ª. ed. [S.l.: s.n.], 1976.
  • Santamour, Frank. (setembro 1972). "Interspecific Hybridization in Platanus" (em inglês). Forest Science 18 (3): 236–239. Society of American Foresters.
  • Aiton, William (1789). "Platanus" (jpeg) (em inglês). Hortus Kewensis 3: 364. Visitado em 9 de junho de 2011.
  • Huxley, A. ed. (). . Macmillan.. New RHS Dictionary of Gardening (em inglês). [S.l.]: Macmillan, 1992.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Folha e fruto de Platanus × hispanica
Folhagem de um plátano londrino no verão
  • Plátano Rede Portuguesa de Aerobiologia (www.rpaerobiologia.com) Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica. Visitado em 9 de junho de 2011.
  • Platanus × hispanica (em francês) www.tela-botanica.org Tela Botanica. Visitado em 9 de junho de 2011.