René Charles Joseph Maire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

René Charles Joseph Maire (Gray (Haute-Saône), 18781949) foi um botânico francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A sua carreira botânica começou muito cedo. Aos 18 anos, foi o criador de um herbário em Haute-Saône, atualmente o museu de história natural de Gray. Em 1905, doutorou-se em ciências, e a partir de 1911 foi professor de botânica na Faculdade das Ciências de Argel. Ocupou-se principalmente na pesquisa da fitopatologia no laboratório da faculdade. Coletou e estudou plantas na Argélia e em Marrocos de 1902 à 1904. De 1921 até 1930, comissionado pelo governo marroquino estudou a flora do Saara central, principalmente da cadeia montanhosa de Hoggar, em 1928.

Foi membro da "Sociedade Micológica da França" e da "Sociedade de História Natural de Mosela" em Metz a partir de 1897.

Terminou a sua carreira como reitor da Universidade da Argélia.

Obras[editar | editar código-fonte]

Publicou numerosas obras, incluindo suas contribuições para o estudo da flora da África do Norte (1918-1931). . A sua obra principal é a Flore de l'Afrique du Nord, em 16 volumes, publicada após a sua morte em 1953.

Orientação bibliográfica[editar | editar código-fonte]

Curta biografia em “Cent ans d'activité scientifique”, Elie Fleur, publicado no Bulletin de la Société d'histoire naturelle de la Moselle, 34º caderno, 1935, p. 54.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.