Scratch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scratch
Scratch Logo.svg Scratchcat.svg
Paradigma Orientação a objetos[carece de fontes?], educativo, orientada a eventos
Surgido em 2007
Última versão 2.0 (9 de Maio de 2013)
Criado por Mitchel Resnick
Estilo de tipagem: dinâmica
Compiladores Scratch
Influenciada por Logo, Smalltalk, HyperCard, StarLogo, AgentSheets, Etoys
Licença: Código aberto com componentes proprietários
Página oficial scratch.mit.edu

Scratch é uma linguagem de programação criada em 2003 pelo Media Lab do MIT. [1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Por não exigir o conhecimento prévio de outras linguagens de programação, ela é ideal para pessoas que estão começando a programar e foi desenvolvida para ajudar pessoas acima de 8 anos no aprendizado de conceitos matemáticos e computacionais. Com ela é possível criar histórias animadas, jogos e outros programas interativos.

Scratch é muito mais acessível que outras linguagens de programação, por se utilizar de uma interface gráfica que permite que programas sejam montados como blocos de montar, lembrando o brinquedo Lego. Utiliza uma sintaxe comum a muitas linguagens de programação. E diferente de outras linguagens, não tem nenhum tipo de pontuação obscura.

Cada bloco da linguagem contém um comando em separado, que podem ser agrupados livremente caso se encaixem. E os comandos podem ser modificados através de menus barra de snirks. Scratch se inspirou na forma como os DJs fazem a mixagem de sons para criarem novas músicas. Mas essa linguagem consegue mixar diversos tipos de mídias, como imagens, sons e outros programas.

O ambiente de desenvolvimento pode ser baixado gratuitamente em sua página. Já existem versões para Windows, Mac OS X e Ubuntu. E uma versão está sendo feita para o laptop XO.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. Scratch - Site oficial - MIT, acessado em 25 de julho de 2014.
  2. MultiRio (12/11/2014). Curso Gratuito Scratch MultiRio. Visitado em 12/11/2014.

Referências