Stephen Ireland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stephen Ireland
Stephen Ireland.jpg
Informações pessoais
Nome completo Stephen James Ireland
Data de nasc. 22 de agosto de 1986 (28 anos)
Local de nasc. Cork,  Irlanda
Altura 1,73 m
Destro
Apelido Alfinete
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Aston Villa
Número 7
Posição Meio-campo
Clubes de juventude
19942001
20012005
República da Irlanda Cobh Ramblers
Inglaterra Manchester City
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20052010
2010-
2011-2012
Inglaterra Manchester City
Inglaterra Aston Villa
Inglaterra Newcastle (emp.)
0138 000(16)
0047 0000(1)
0002 0000(0)
Seleção nacional3
2005
20062007
Flag of Ireland.svg Irlanda (sub-21)
Flag of Ireland.svg Irlanda
0001 0000(0)
0006 0000(4)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 25 de abril de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 20 de outubro de 2008.

Stephen James Ireland, mais conhecido como Ireland (Cobh, Cork, 22 de agosto de 1986), é um futebolista irlandês que atua como meio-campo. Atualmente, joga pelo Aston Villa. O jogador é conhecido por apesar de jogar não gostar de futebol, inclusive admitindo isso publicamente .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Manchester City[editar | editar código-fonte]

Ireland começou sua carreira nas categorias de base do Cobh Ramblers, mas com 15 anos de idade foi para as categorias de base do Manchester City da Inglaterra.

Ireland jogou pela primeira vez na equipe principal do Manchester City dia 18 de Setembro de 2005 contra o Bolton ao substituir Joey Barton aos 81 minutos do segundo tempo. No jogo seguinte fez seu primeiro jogo como titular, contra o Doncaster Rovers dia 21 de Setembro de 2005 pela Copa da Liga Inglesa, onze dias depois estreou como titular na Premier League contra o Everton no dia 2 de outubro de 2005 e ganhou o prêmio Man of the match (Homem da partida).[1]

Seleção Irlandesa[editar | editar código-fonte]

Ireland marcou seu primeiro gol como a camisa da seleção irlandesa em 7 de Outubro de 2006, na derrota de 5 x 2 contra Chipre.

No dia 7 de Fevereiro de 2007, Ireland salvou a Irlanda de um empate humilhante contra San Marino, com um gol no último minuto, com o gol salvador a Irlanda ganhou de San Marino por 2 x 1.

Em 24 de março de 2007, ele marcou seu primeiro gol no estádio Croke Park diante da seleção galesa.[2] Este foi seu terceiro gol atuando por sua seleção em apenas quatro partidas. Ele também marcou contra a Eslováquia em Bratislava, em 8 setembro de 2007.

Polêmica[editar | editar código-fonte]

Em Setembro de 2007 Ireland foi o centro das atenções quando mentiu dias antes do jogo contra os Tchecos, ao dizer que sua avó materna tinha falecido informado por uma chamada telefónica de sua namorada.

No entanto, a imprensa descobriu rapidamente que a avó materna de Ireland não estava morta, em que poucos minutos Ireland anunciou que foi sua avó paterna que tinha falecido, a imprensa também descobriu que a avó paterna da Ireland também estava viva. Ireland alterou a história, mais uma vez, dizendo que foi a segunda esposa divorciada de um de seus avós. A mentira foi descoberta rapidamente.[3]

Ireland, eventualmente, pronunciou-se com a verdade, admitir que ele tinha inventado uma razão para abandonar a seleção irlandesa para visitar a sua namorada em Cork. Ireland: "Decidi que devo dizer a verdade e admitir que tinha dito mentiras" disse. "Compreendo agora que foi um enorme erro dizer que um dos meus avós estariam mortos e lamento profundamente".[4]

O treinador (na época) da seleção irlandesa, Staunton foi furioso para Irlanda. O humor do técnico não era ajudado pelo fato de que seleção irlandesa perdeu de 1-0 para a seleção tcheca, que terminou com as suas esperanças na fase de qualificação.

"Jessica (a namorada) me disse que estava se sentindo muito sozinha e me chamou para ir em sua casa. Pensei que talvez iriam me deixar ir para casa mais cedo se eles soubessem que meu avô havia morrido." explicou Ireland.

Ireland não atua pela Seleção Irlandesa desde a confusão, e provavelmente nunca mais será convocado para defender a Irlanda.[carece de fontes?]

Aston Villa[editar | editar código-fonte]

Na temporada 2010-11 da Premier League, Ireland era cobiçado pelo Aston Villa que ofereceu em troca James Milner, mas a transferência só foi realizada quando o Aston Villa exigiu 2 milhões de libras do Manchester City para concordar com a negociação. Em 13 de agosto de 2010, foi relatado que o acordo havia sido feito, e ele estava no centro de treinamento do Aston Villa fazendo exames médicos. O preço final foi a troca de Milner mais 18 milhões de libras.[5]

Newcastle[editar | editar código-fonte]

No último dia da janela de transferências europeia de inverno, 31 de janeiro de 2011, Ireland por empréstimo acertou com o Newcastle United.[6]

Referências

  1. Ireland impresses as City add to Everton woes (em inglês) Irish Independent (3 de outubro de 2005). Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
  2. Trevor Haylett (25 de março de 2007). Ireland's the victor in every sense (em inglês) Sunday Telegraph. Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
  3. Ireland sorry after Republic lie (em inglês) BBC (14 de setembro de 2007). Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
  4. Daniel Taylor (15 de setembro de 2007). Ireland apologises for lies over fate of both grandmothers (em inglês) The Guardian. Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
  5. Manchester City complete signing of Mario Balotelli (em inglês) BBC (13 de agosto de 2010). Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
  6. Ireland joins Newcastle on loan (em inglês) ESPN (31 de janeiro de 2011). Página visitada em 22 de janeiro de 2012.
Bandeira de República da IrlandaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas irlandeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.